Sunroad: libera a lyric-vídeo da faixa “Destiny Shadows”

novo-album-sunroad-jpeg

O álbum “Wings Seven”, sétimo trabalho de estúdio da banda Sunroad, já está pronto, a banda aguarda apenas a finalização da prensagem do disco, enquanto isso não ocorre, os músicos liberam a lyric-vídeo da faixa de abertura do álbum “Destiny Shadows”.

O álbum apresenta ao público a estreia do vocalista André Adonis, que com sua voz rasgada, cria uma nova atmosfera na proposta musical do grupo, ao lado de Fred Mika (Bateria) e Netto Mello (Guitarra), a banda renasce com mais peso e pendendo mais para a linha Heavy/Hard.

Confira a Lyric-Vídeo de “Destiny Shadows”:

Mais informações:

Khrophus: banda concede primeira entrevista com a nova formação, confira!

khrophus

A clássica banda catarinense Khrophus foi destaque no site The Metal World onde concedeu uma entrevista superinteressante para o mesmo.

No bate papo conduzido por Aline Pavan, Carlos Fernandes, baterista do grupo, falou sobre diversos assuntos, dentre eles o atual momento da banda e seus projetos, história, método de composição, influências, cena catarinense no Heavy Metal e também sobre o mais novo frontman, Hugo Deigman, confira:

Conhecemos Hugo de longa data, desde 2010 ano que ele produziu o show do Khrophus em Timóteo/MG. E mantivemos contato desde então, a escolha dele na verdade foi por acaso, ele viu o ‘post’ no Facebook que fizemos a procura de um frontman, então ele nos escreveu dizendo: ‘a vaga é minha, to indo para Floripa’, aí respondemos na hora: ‘venha porra, bora fazer barulho então’ mais ou menos por aí se deu a conversa (risos).” – Carlos Fernandes.

Leia a entrevista completa aqui: https://mwmetalworld.wordpress.com/2017/03/10/entrevista-khrophus-death-metal-sao-josesc/

O Khrophus  também falou sobre a atual turnê, “Spreading Tha Madness Tour”, que já se estende desde o lançamento do último trabalho, intitulado “Eyes Of Madness”, lançado em 2013. Para levar a atual turnê, com nova formação, para sua cidade é muito fácil, basta escrever para contato@sanguefrioproducoes.com ou khrophus@hotmail.com para obter todas as informações.

Confira as datas de 2016/2017 da atual turnê: https://goo.gl/ZA1Wv8
Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:

Mugo: músicos da banda revelam as ideias que fazem parte do conceito do disco “Race of Disorder”

Mugo (1)

Após anunciar de forma oficial o lançamento do novo álbum para 2017, os músicos da banda Mugo, começam a proferir as ideias e expectativas sobre o novo disco “Race of Disorder”.

Ainda sem revelar maiores informações técnicas sobre o disco, os músicos comentam sobre o sentimento que querem levar até os fãs, que já acompanham os trabalhos da banda, sendo que a mesma teve sua história iniciada em 2009 e já possui dois álbuns na carreira, “Go to the Next Floor” lançado em 2009 e “The Overwhelming End” lançado em 2012.

O vocalista e fundador do grupo, Pedro Cipriano, expressa o que o disco representa: “Liricamente esse disco representa bem como a ganância e a desordem tomaram conta do nosso país, em inglês e português a verdade é dita sem dó. Musicalmente esse disco traz as influências dos 4 integrantes para o som, o resultado não poderia ser diferente de intenso, tenso e brutal! 10 anos de história e o corre não para!”

Único músico remanescente da formação que gravou “Overwhelming”, o baixista Faslen de Freitas, foi direto em seu comentário sobre o novo álbum: “Será um disco avassalador, criamos uma inovação dentro do Metal, um disco maduro que irá apresentar um novo conceito ao estilo que nos propomos.”

Esse disco é o primeiro que conta com os músicos Guilherme Leal (Guitarra) e Weyner Henrique (Bateria), todos com uma carreira de reconhecimento nacional em seus antigos projetos, e que agora se dedicam totalmente ao novo disco da banda.

Assumindo as guitarras, Guilherme Leal, carrega a responsabilidade de manter o peso dos riffs, característica inconfundível que fora criada pela Mugo, o músico revela sua perspectiva em levar sua marca ao álbum “Race of Desorder”. “Músicas grandes. Músicas densas e honestas. Conceito inteligente e verdadeiro. E o mais importante pra um guitarrista: riff pra caralho!”

O coração da banda, aquele que faz o motor bater acelerado, Weyner Henrique, revela o carinho e cuidados especiais nesse novo álbum: “Esse disco tem um gosto especial por ser o primeiro com a nova formação, desde o hiato que duraram cinco anos. O Disco foi feito na raça, com sangue e alma. Pra quem gosta de metal, é um petardo!”

Aos poucos à obra prima vai tomando corpo, aos poucos detalhes são revelados e a expectativa aumentada. A banda Mugo retorna com força e inovação, tudo aliado a uma condição já criada ainda em 2009, personalidade e autenticidade, coisas que só a Mugo é capaz de reproduzir e manter com sobriedade.

Mugo - Capa

Mais informações: