Fusileer: em entrevista, banda libera novas informações sobre vindouro álbum

Fusileer 3.jpg

A banda paranaense de Thrash Metal Fusileer concedeu uma entrevista para o site Extreme Aggression onde liberou informações importantes sobre seu vindouro álbum.

Em um bate papo abrangente, o baixista e vocalista Chrystian Oliveira revelou, não só como anda o processo de gravação, mas também o título do debut álbum, confira:

“A respeito do novo álbum, surgiu a ideia a um ano atrás, mas tudo tem que ser bem planejado, nada com muita pressa e esse ano entramos em estúdio novamente bem mais experientes em questão técnica e musical, mais do que ninguém somos os que mais queremos ver o resultado final. Como falei um passo de cada vez. O que podemos adiantar que vai ficar “fodastico” ainda em processo de gravação nossas expectativas já estão sendo superadas, estamos contando com o excelente trabalho do nosso brother Alessandro (Space K Stúdio) que está conosco desde a pré-produção do álbum, então tudo está sendo executado com o máximo cuidado e profissionalismo para que o resultado final seja o melhor possível. As letras são compostas de vários fatores algumas falam de guerras passadas acontecimentos que ficaram marcados, aos que lutaram para ter sua honra, outras são críticas ao fanatismo extremo do ser humano em diversos fatores, religião, ideologias, crenças em geral e também as letras feitas em português como tem uma no EP “War Triumph” com o título “Extermínio” e nesse novo álbum “Extreme Torture” a faixa “Corrupção” são diretamente escritas ao caos que vive o Brasil atualmente.” – Completa o músico.

O grupo também falou sobre seu atual EP, “War Triumph”, e sua distribuição digital, início do grupo, métodos de composição e muito mais. Leia a entrevista completa aqui: http://blogextremeaggression.blogspot.com.br/2017/08/entrevista-fusileer-thrash-metal.html

“Extreme Torture” será o primeiro full length do Fusileer, produzido por Alessandro Küster o trabalho segue sendo gravado no Space K Stúdio, já a arte gráfica, vem sendo desenvolvida pela Fug Design e em breve será divulgada pela banda.

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/Fusileer/
http://fusileer.wixsite.com/fusileer
http://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/Fusileer/42

 

Human: confira todo o conceito criado para a música “Sad Modern Worlds” que teve inspiração em documentário do francês Jean-François Brient

Human - Band

Com conceitos inteligentes e que buscam abranger conteúdos de importância cultural e social, a banda Human, continua sua saga de informar individualmente, a ideia por trás de cada letra das faixas que fazem parte do álbum “Sad Modern World”.

Após apresentar ao público toda a história por trás das músicas “Checkmate” e “Beyond Good and Evil”, é a vez da faixa que dá nome ao disco, “Sad Modern World”, ter toda sua complexa ideia revelada aos fãs da banda e do estilo Heavy Metal tradicional.

“Sad Modern World” foi inspirada no documentário “Da servidão moderna”, documentário criado pelo francês Jean-François Brient, e faz uma crítica ao “mundo moderno” no qual vivemos, no qual as pessoas, enquanto buscam desesperadamente se adequarem aos padrões, não têm mais tempo para o que realmente importa, tornando-se verdadeiros “fantoches” do sistema.

Human -Sad Modern World.jpg

O texto original que foi a referência do grupo e do músico Níass, ao criar “Sad Modern World” cita de forma empírica a realidade como um fator unilateral, aonde apenas a escravidão involuntária é reconhecida pelo sistema, confira o texto original abaixo:

“A servidão moderna é uma escravidão voluntária, consentida pela multidão de escravos que se arrastam pela face da terra. Eles mesmos compram as mercadorias que os escravizam cada vez mais. Eles mesmos procuram um trabalho cada vez mais alienante que lhes é dado, se demonstram estar suficientemente domados. Eles mesmos escolhem os mestres a quem deverão servir. Para que esta tragédia absurda possa ter lugar, foi necessário tirar desta classe a consciência de sua exploração e de sua alienação. Aí está a estranha modernidade da nossa época”.

                                                                                                                              Jean-François Brient

A música pode ser conferida no YouTube , caso queira assistir ao documentário de Jean-François Brient, deixaremos o link abaixo da música da banda Human.

Human – Sad Modern World

Assista ao documentário “ Da servidão moderna”

Mais informações: