Dark Avenger: falece Mario Linhares

Mario Linhares

É com imenso pesar que anunciamos a passagem de Mario Linhares, vocalista e líder do Dark Avenger no dia 22/12/2017. A causa da morte foi edema pulmonar decorrente de insuficiência aórtica aguda.

Nascido em 01/06/1972, em Fortaleza, Mario iniciou o Dark Avenger ainda na década de 90, com o lançamento de “Dark Avenger” em 1995, para então chegar ao sucesso com “Tales of Avalon: The Terror”, de 2001.

Mario estava muito ativo desde 2012, com o lançamento do CD “Hellakin Riders”, de sua outra banda, o Harllequin. Em 2013, após um hiato de alguns anos, é lançado “Tales of Avalon: The Lament”, seguido de “Alive in the Dark”, um álbum ao vivo, em 2015.

A banda se encontrava se preparando para shows, visando divulgar “The Beloved Bones: Hell”, de 2017, disco conceitual que figura na lista de muitas revistas e sites como um dos grandes discos do ano.

Ele deixa família e amigos saudosos, pois seu talento era inegável.

Por enquanto, não existem notícias sobre o futuro do Dark Avenger sem seu fundador e líder, e todos, mais uma vez, experimentamos amargo sabor do luto por um de nós: vocalista, professor, marido, pai, amigo…

Parta em paz, Mario, e agradecemos por tantas alegrias…

Anúncios

Gods & Punks: projeta 2018 com novo álbum e turnê

Gods & Punks (foto Victor Mancebo)-4

Quinteto carioca de stoner ressalta 2017 como o melhor ano da banda

Para o quinteto carioca Gods & Punks, 2017 não termina em 31 de dezembro. A energia e a repercussão positiva do primeiro full “Into the Dunes of Doom” motivaram a banda para, sem descanso, iniciar o processo de composição de novas músicas, já certo que mais um disco ganhará vida em 2018. Sobre o balanço deste ano, o sentimento é de satisfação por ter lançado um registro amplamente repercutido nacional e internacionalmente, além de uma mini-turnê de divulgação.

“Into the Dunes of Doom”, oficialmente lançado em outubro deste ano pelos selos Abraxas e Red House (Chile), é o resultado de um longo processo criativo que se iniciou ainda nos primeiros meses de 2017 e que começou a ganhar forma em julho, quando o quinteto foi ao estúdio Mata, em Niteroi (RJ), para gravar as sete músicas do disco. O trabalho minucioso não à toa fez da Gods & Punks, devido ao resultado deste álbum, a precursora do gênero stoner progressivo no Brasil. Faixas como “Dunes of Doom”, “The Encounter” e “Mushroom Cloud” explicam.

O álbum foi inclusive listado com um dos melhores do ano no site nacional Doombringer, referência em stoner/doom. A impactante arte gráfica da capa, com ilustração do artista Cristiano Suarez, também está entre as mais bonitas de 2017, segundo o site chileno La Habitación.

Os shows entre os meses de outubro e novembro – em cidades do Rio de Janeiro e São Paulo – reforçaram a tarefa da Gods & Punks em não desacelerar e mostrar ao vivo o punch e fuzz das novas canções, além de revitalizar algumas músicas do EP de 2016 “Sounds of the Earth”.

“O saldo de 2017 é bastante animador para vislumbrarmos um 2018 ainda mais agitado, com possibilidade de acompanhar turnês de bandas gringas e apresentar músicas que, nesta pré-produção, já podemos dizer que são um passo adiante do “Into the Dunes of Doom”, seja no peso, na psicodelia ou nos andamentos”, revela o vocalista Ale Canhetti.

Gods & Punks – Into the Dunes of Doom
(Abraxas/Red House/Dinamite Rec.)
Ouça aqui: https://onerpm.lnk.to/GodsAndPunks

Gods & Punks - Into the Dunes of Doom capa (Cristiano Suarez)

Track list:
1. Dunes of Doom (05:31)
2. Civilization (06:59)
3. Rise from the Sand (00:54)
4. Signs of Life (03:57)
5. Mushroom Cloud (04:16)
6. Subatomic Wormhole (06:03)
7. The Encounter (14:01)
 
Mais informações:
(19) 99616-2999