“Skate And Destroy”: programa – Web Radio – Skate Metal Old.

 

Skate and Destroy 1

Um programa descontraído, falando sobre o mundo do Skate nacional, eventos, campeonatos, entrevistas com quem entende do esporte, tratando sobre o Heavy Metal em todos os seus seguimentos, com eventos, shows, entrevistas com Bandas Brazukas. Apresentação Alexandre Alemão um revivel dos anos 80 , 46 anos de metal, apoiado por pessoas que vivem o metal.

O programa Skate And Destroy iniciou se com uma brincadeira de podcast em um pista da extinta Caloi no município de Guaratinguetá, São Paluo, onde foi tomando a proporção de hoje.

Sua percussora é a web radio Skate Metal Old com programas de todos os gêneros underground.

Skate And Destroy vai ao ar ao vivo as quartas feiras das 19 as 20 h simultaneamente em três webradios Radio Patotas Rock, Radio Baixada Santista e pela Skate Metal Old a qual depois continua sua transmissão até as 22h.

Nos sábados começa as 14 h nas três webradios novamente Radio Patotas Rock, Radio Baixada Santista e Skate Metal Old até as 16 e 30 simultaneamente.

Com seu jargão muito esculachado convido a todos para curtir nosso programa: Skate na veia e Metal na oreia!!!!!

Mais informações:

 

Anúncios

Abril Pro Rock: divulga line-up completo da edição 2018 em Recife

Abril Pro Rock_2018_Easy-Resize.com

O Abril Pro Rock divulga o seu line-up completo da sua 26ª edição, que continua apostando na força do Rock. O evento realizado pela Astronave Iniciativas Culturais acontece nos dias 27 e 28 de abril de 2018, no Baile Perfumado, e dá espaço para as mais diversas tendências do gênero, trazendo para a programação todo o peso das guitarras. Os ingressos para os dois dias de festival estão disponíveis para compra online através do link: http://www.sympla.com.br/abrilprorock2018 e nas lojas Passadisco e Disco de Ouro. O primeiro lote dos ingressos, válido até o dia 26 de março, custa R$ 50 (meia entrada), R$ 60 (ingresso social + 1 kg de alimento) e R$ 100 (inteira). No segundo lote, os valores passam para R$ 60 (meia entrada), R$ 70 (ingresso social + 1 kg de alimento) e R$ 120 (inteira).

Com a curadoria de Paulo André Moraes, Guilherme Moura e Alcides Burn, o festival tem confirmado em sua programação as participações da lenda do Rock Richie Ramone (EUA), e das bandas Asomvel (ING), Supersuckers (EUA), 70mg (PE), Plugins (PE) e Mad Monkees (CE). No sábado, dia tradicionalmente dedicado ao Metal, estão confirmadas as presenças das bandas Moonspell (Portugal), Immolation (EUA), Noturnall (SP), Uganga (MG) Armored Down (SP), Heavenless (RN), Hanagorik (PE), Matakabra (PE), Autopse (AL) e Decomposed God (PE).

O Abril Pro Rock é um dos festivais independentes mais relevantes do País por sempre reunir jovens artistas e bandas novas ao lado de clássicos nacionais e internacionais; e expoentes de uma nova música produzida no Brasil; a exemplo de Johnny Hooker, Barbara Eugênia, Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Felipe Cordeiro, Karina Buhr, Daniel Groove, Almério e muitos outros.

Nos últimos anos, além dos dois dias de shows, o Festival apresenta uma ampla programação paralela, a exemplo da Mostra Pôster Arte Design na sua sétima edição, que neste ano vai ocupar o Centro Cultural dos Correios.

Serviço:
Evento: Festival Abril pro Rock 2018
Data: 27 e 28 de abril de 2018
Local: Baile Perfumado –
Endereço: Rua Carlos Gomes, 390, Prado, Recife-PE
Ingressos: 1º lote (até 26 de março)
R$ 50 (meia-entrada)
R$ 60 + 1 kg de alimento não-perecível (entrada social)
R$ 100 (inteira)
Segundo lote (a partir de 27 de março)
R$ 60 (meia-entrada)
R$ 70 + 1 kg de alimento não perecível (entrada social)
R$ 120 (inteira)
 
Entrada mediante apresentação de documento oficial com foto (carteira de trabalho, RG ou passaporte). Menores de 18 somente com autorização por escrito dos pais/ responsáveis.
 
Ingressos à venda nas lojas Passadisco, Disco de Ouro e no site http://www.sympla.com.br/abrilprorock2018
 
Mais informações:

 

The Gard: experiência musical onde o Rock Clássico e o contemporâneo convergem

The Gard_Low

“Madhouse”, álbum de estreia do power trio paulista, será lançado em Abril e vai reunir oito faixas

Formada em 2010 por Allan Oliveira (guitarra), Beck Norder (vocal) e Lucas Mandelo (bateria), a The Gard desde o princípio teve como objetivo a música autoral, embora tenham ganhado bastante relevância na região metropolitana de Campinas, de onde é originária, com seu show “Tributo ao Led Zeppelin”. Em meio ao setlist das músicas do Led, a The Gard sempre apresentou suas composições próprias. Com o tempo o interesse do público pelas canções autorais foi crescendo e o espaço para elas, no setlist, aumentando.

“Madhouse”, disco de estreia da The Gard, foi então uma consequência natural. Em oito faixas, o power trio paulista transcende suas referências musicais ao oferecer ao público uma experiência musical onde o rock clássico e o contemporâneo convergem, como numa coalização sonora que disponibiliza-se para o futuro, para o desconhecido.

Produzido pelos próprios músicos em parceria com André Diniz do Estúdio 260 de Indaiatuba/SP, “Madhouse” reúne as faixas “Play Of Gods”, “Music Box”, “The Gard Song”, “Back To Rock”, “Kaiser Of The Sea”, “Madhouse” e “Panem at Circenses”. E como não poderia deixar de ser, além das sete composições autorais, “Madhouse” também vai trazer um novo arranjo para “Immigrant Song” do Led Zeppelin, a banda que, para o The Gard, sempre representou a terra de neve e gelo de onde eles vêm com seu barco rumo às novas terras desconhecidas.

The Gard_Madhouse_Capa

“O álbum Madhouse é mais que uma compilação de nossas primeiras composições”, declara o vocalista Beck Norder. “São músicas que começaram a serem compostas em 2006 e gravadas a partir de 2011. Foram anos amadurecendo e trabalhando na produção dessas composições até que atingissem um ponto satisfatório para a banda. Madhouse trata da loucura, da insanidade da nossa sociedade atual, traz também um aspecto de fantasia com lendas e mitos nórdicos. Musicalmente nos deixamos experimentar toda uma versatilidade de vertentes do rock, do hard e blues rock (Play of Gods, Panem et Circenses e Back to rock), flertando com classic e folk metal (Madhouse, Kaiser of the sea e The Gard Song), a um rock mais moderno (Music Box). Exploramos alguns instrumentos pouco usuais no rock, e que enriqueceram os arranjos como o bandolim (The Gard Song) e o glockenspiel (Music Box).”

“Madhouse” vai ser lançado nas plataformas digitais e também em formato físico em Cd no dia 26 de Abril. Antes, no dia 12, o The Gard lança o videoclipe do primeiro single do álbum. A música escolhida eles preferem manter em segredo por enquanto.

Outras novidades sobre o grupo e o álbum de estreia serão divulgados em breve.

Links relacionados: