Claustrofobia: Rafael Yamada (ex-Project46) é o novo baixista da banda

Claustro - nova formação

Após viver uma estabilidade de 23 anos em sua formação base, o Claustrofobia, recentemente informou que o músico e baixista Daniel Bonfogo estava se desligando da banda por motivos pessoais. Rapidamente os irmãos Marcus D’Angelo e Caio D’Angelo entraram em contato com um baixista experiente e que já esteve a frente de outra banda importante do cenário nacional. O músico Rafael Yamada (ex- Project46) é apresentado como novo baixista do Claustrofobia. Com um vasto conhecimento sobre seu instrumento, o baixista, já se apresentou nos principais festivais do país e fez tours internacionais, apresentações marcantes como no Rock in Rio, Monsters of Rock, Maquinaria Fest (Chile) e alguns shows pelos Estados Unidos, quando integrava o Project46, fazem parte de seu curriculum como músico. Abaixo os músicos do Claustrofobia revelam detalhes de como foi o processo de integração de Rafael no Claustrofobia, os primeiros contatos e os objetivos de vindoura e nova parceria.

Em nome do Claustrofobia, os irmãos Marcus (Vocal/Guitarra) e Caio D’Angelo (Bateria) explicam como foi a chegada de Rafael ao grupo:

Consideramos para ambos uma sorte, misturado com merecimento, tanto a banda quanto o Rafael estavam no momento certo e na hora certa, a banda precisando de um baixista competente e o Rafael sentindo falta da estrada e em busca de novos objetivos dentro da música pesada.  Sabíamos que ele era um baixista headbanger de alto nível e talentoso, pois assistimos suas performances em alguns shows que fizemos juntos no passado. Entramos em contato com ele explicando toda a situação, visto que a banda não tem como parar no meio de um turbilhão de acontecimentos e compromissos e ele reagiu com positividade, enfim nos encontramos e musicalmente superou as expectativas.

Combinamos uma parada bem pé no chão e juntos vamos ao ataque. A conversa e os ensaios foram muito bons e vimos que seria possível manter o legado e continuar fortemente com todos objetivos do Claustrofobia.  Sabemos que uma mudança assim é sempre uma incógnita para os fãs, mas convidamos a todos para nossa turnê Paulista em julho para conferirem com os próprios olhos e ouvidos a banda em ação.

Nós vivemos de som e quaisquer dúvidas ou respostas serão dadas em cima do palco, essa é nossa motivação e os fãs nosso combustível. Nós três amamos o que fazemos, estamos confiantes e com “sangue no olho” para mostrar que a máquina não para e continua mais forte, pesada e agressiva do que nunca. Agradecemos aos fãs e aos nossos endorses pela confiança que nos fortalece e prometemos que não irão se decepcionar!

Por sua vez, Rafael Yamada, diz como rolou o contato e surpresa em ser convidado para integrar um dos gigantes do Metal nacional, o Claustrofobia:

“Eu estava trabalhando e comecei a conversar com Marcão por Instagram, pela quantidade de perguntas eu saquei que tinha algo grande acontecendo.

Depois de um telefonema de uma hora e meia e muitos novos desafios sendo “jogados na mesa” saquei o que estava rolando e me joguei de cabeça no projeto.

O Claustro é uma banda que eu sou fã desde adolescente, foi uma honra enorme para mim e uma grande responsabilidade assumir os baixos da banda.

Eu tenho um respeito muito grande pelo Daniel, ele toca muito e canta bastante nas músicas.  Fiquei chocado e empolgado ao mesmo tempo, e fico feliz que tudo tenha ocorrido da melhor forma para todos. Foi me dada uma oportunidade da qual não podia negar.

Agora seremos um trio, algo que a banda já experimentou na última turnê e deu muito certo. Tenho certeza de que agora, com a energia renovada, vamos apresentar o mesmo claustro de sempre, cantando a verdade da banda, só que agora com o vigor de mais um louco que pula nesses palcos do mundo.

Bora ver a gente nesse tour de julho! Estou aqui para somar, ajudar, fazer rolar, banguear, pular e arregaçar”.

Além dessa turnê de Julho onde a banda junta forças ao grande Woslom, mais datas serão anunciadas em breve e quem quiser ver o claustrofobia nos palcos entra em contato com Bruno pelo e-mail contato@claustrofobia.com.br

Formação:
Marcus D’Angelo – (Vocal/Guitarra)
Rafael Yamada – (Baixo)
Caio D’Angelo – (Bateria)
 
Links relacionados:
Anúncios

Hellish War: faz show de abertura para o Armored Saint em São Paulo neste domingo

Hellish War Low 1

O Hellish War volta a se apresentar na capital paulista neste domingo dia 03 de Junho e a ocasião não poderia ser melhor: o grupo foi convidado para fazer o show de abertura para o Armored Saint!

Os shows acontecem a partir das 18h no Fabrique Club (Rua Barra Funda, 1075 – Próximo ao Terminal da Barra Funda e Clash Club) e os ingressos vão de R$ 100,00 a R$ 200,00 e estão à venda na Die Hard e Lady Snake na Galeria do Rock em São Paulo e também através da Ticket Brasil: https://ticketbrasil.com.br/show/5731-armoredsaint-saopaulo-sp/

Essa será a primeira e única apresentação do Armored Saint no Brasil. Formada em 1982 em Los Angeles/Califórnia, o Armored Saint é contemporâneo a nomes do primeiro escalão do metal norte-americano como Metallica, Slayer e Anthrax, tendo, inclusive, como vocalista, John Bush, que fez história no Anthrax e foi considerado para entrar no Metallica. O primeiro álbum do Armored Saint, “March Of The Saint”  de 1984, é considerado um dos maiores clássicos do Heavy Metal mundial, assim como o segundo, “Delirious Nomad”, lançado 1985. “Raising Fear”, de 1987, completa uma trilogia avassaladora.

A formação atual do Armored Saint traz além de Bush nos vocais, Joey Vera (baixo, e também integrante do Fates Warning), Phil Sandoval (guitarra), Jeff Duncan (guitarra) e Gonzo Sandoval (bateria). No repertório, clássicos dos três primeiros discos e também canções do álbum de 2015, “Win Hands Down”.

O convite para o Hellish War fazer o show de abertura para o Armored Saint surgiu a partir da produção do evento, a Abigail Records, considerando a relevância artística e cultural do Hellish War, numa demonstração exemplar de respeito e responsabilidade com a música autoral pesada brasileira.

“A escolha pela Hellish War acabou por ser bem natural”, declarou o produtor do show, Lucas Romão da Abigail Records. “Além de eu curtir a banda e acompanhá-los desde a época do “Defender of Metal”, o Hellish War é sem dúvida alguma uma das principais bandas dentro do seu estilo, o que casa perfeitamente nesta grande celebração ao heavy metal que teremos no dia 3 de Junho com o Armored Saint”.

Armored Saint_Hellish War

Sobre o Hellish War:
Há mais de 20 anos o Hellish War vem mantendo a tradição de se fazer Heavy Metal à maneira clássica. Novas bandas e novas tendências desapareceram tão rapidamente quanto surgiram, ao passo que o Hellish War, em meio à efemeridade do metal moderno, segue mantendo viva uma tradição.
 
“Defender Of Metal”, o disco de estreia lançado em 2001, é considerado um clássico do estilo no Brasil e na Europa, onde o grupo já excursionou duas vezes. “Heroes Of Tomorrow”, de 2008, trouxe a banda para níveis superiores em termos de técnica e musicalidade, ao passo que a imprensa destacou as características “europeias” do som do Hellish War: “Heroes Of Tomorrow é um trabalho que muitas bandas europeias gostariam de ter lançado.” (Metal Temple – Grécia). Depois de “Live In Germany”, eleito pelo site Heavy Metal Brasil como um dos “melhores discos ao vivo do Heavy Metal brasileiro de todos os tempos”, “Keep It Hellish” abriu um novo ciclo na carreira da banda ao marcar a estreia do novo vocalista Bil Martins.
 
Além de Bil Martins, o Hellish War também é formado pelos guitarristas Vulcano e Daniel Job, o baixista JR e o baterista Daniel Person.
 
Serviço:
Abigail Records apresenta:
Armored Saint – Pela primeira vez e em apresentação exclusiva no Brasil! Abertura: Hellish War
Data: 03/06/18 – Domingo
Local: Fabrique Club (Rua Barra Funda, 1075 – Próximo ao Terminal da Barra Funda e Clash Club)
Abertura da casa: 18h | Hellish War: 19h | Armored Saint: 20h
Ingressos:
Pista Meia (Lote 1): R$100
Pista Promocional (Lote 1): R$110
Pista Inteira (Lote 1): R$200
Pontos de venda sem taxa:
Galeria do Rock (Av. São João, 439 – Centro – São Paulo):
-Loja Die Hard Records: 2º Andar, Loja 313
-Loja Lady Snake: 1º Andar, Loja 213
Imprensa: lpmetalpress@gmail.com
Produção: Abigail Records
 
Mais Informações: