Amurians: banda apresenta novo logotipo desenvolvido pela Fug Design

Amurians

A banda de Heavy Metal paulista Amurians acaba de apresentar seu novo logotipo produzido pela Fug Design.

Visando apresentar um pouco mais sobre a temática do grupo feminino, quem tem como base lírica histórias indígenas brasileiras, o trabalho feito pelo artista Thiago Boller de forma manual e posteriormente finalizada digitalmente, traz as raízes – representando um elo com as florestas – adornados por sapos de pedra, simbolizando as joias das guerreiras amazonas, confira:

Confira outros projetos elaborados pela Fug Design: http://fugdesign.com/projetos/

A Amurians foi formada no início de novembro de 2017, quando Mariza (bateria) e Larissa (guitarra) se reuniram com a ideia de formar uma banda de Heavy Metal totalmente feminina e cantada em português, a banda também conta com baixista Karina e a vocalista Jane.

O nome do grupo e o contexto indígena foram retirados por Mariza de um livro sobre a Amazônia, do jornalista Márcio Souza, em que há um capítulo dedicado às Índias Guerreiras, conhecidas como as Amazonas brasileiras.

A Amurians já está trabalhando em um material “promo” com previsão de lançamento para este segundo semestre de 2018. Ouça a faixa “Deusa da Morte”:

Contato para shows: 
 
Contato FUG: 
 
Contato para assessoria de imprensa e divulgação:  
 
Links relacionados:

 

Bret Hoffmann: ex-vocalista do Malevolent Creation, morre aos 51 anos

 

bret hoffmann
O ex-vocalista da Malevolent Creation e Fire For Effect, morreu aos 51 anos, após uma grande batalha contra o câncer de cólon no estágio 4. A notícia foi revelada por sua esposa, Kimberly Karan Hoffmann, em sua pagina no Facebook:
 
“Hoje é o dia mais triste da minha vida. Acabei de perder minha alma gêmea, o amor da minha vida. Meu melhor amigo morreu. Eu vou te amar para sempre, RIP meu amor”
 
Bret, lutava pela vida desde abril deste ano, quando foi diagnosticado com um câncer de cólon. Houve até uma campanha de crowdfunding para ajudá-lo a levantar fundos para o tratamento e despesas médicas, mas infelizmente ele não conseguiu se manter vivo.
 
Bret, participou dos três primeiros lançamentos da Malevolent Creation até sua saída depois do álbum “Stillborn” de 1993. Retornando cinco anos depois participou do “The Fine Art Of Murder” e “Envenomed” antes de sair novamente e ser substituído por Kyle Symons. Ele se junta ao Malevolent Creation em 2006 e participa dos três últimos álbuns do grupo, “Doomsday X” de 2007, “Invidious Dominion” de 2010 e “Dead Man’s Path” de 2015. Dois anos atrás ele deixou o grupo mais uma vez sendo substituído por Lee Wollenschlaeger.
 
Recentemente o músico esteve envolvido no projeto Fire For Effect junto com o guitarrista e compositor Gio Geraca (Malevolent Creation, Ashes Of Ares), o baixista Tony Choy (Pestilence) e o baterista Mike Smith (Suffocation). Smith foi posteriormente substituído por Derek Roddy (Hate Eternal, Nile e Malevolent Creation).