Melanie Klain: banda anuncia grandes parcerias com empresas do mercado musical

Melanie

A Melanie Klain acaba de firmar parceria com três empresas que atuam no mercado musical. Recentemente a banda anunciou o início de parceria com a Agência OM para os serviços de Assessoria de Imprensa, Booking e Gestão de Carreira e agora traz mais novidades.

As novas parcerias são com as empresas Malagoli Captadores, Dream Job Luthieria e Dooh Design. Empresas que atuam em três pontos importantes para agregar qualidade e otimização de recursos para o bom funcionamento operacional mensal da banda.

A Malagoli, principal parceria, é uma empresa brasileira especializada no desenvolvimento e fabricação de captadores e é a principal empresa de captadores da América do Sul. O processo de fabricação é artesanal e os principais componentes ( imã e fio de cobre ) vem exatamente dos mesmos fornecedores de empresas como Gibson, Fender, Seymour Duncan, Di Marzio, Van Zandt, etc.

Erico Malagoli falou sobre esta parceria:

“O artista quando usa o produto porque gosta (e não porque foi pago, prática infelizmente comum em nosso meio), se torna uma referência. Em alguns casos, a marca, o produto e o artista tornam-se uma “logo”, um “slogan “, de tão associados. Procure alguns guitarristas em sua mente e você lembrará de algumas marcas. Nesses casos, é algo interessante para a marca, e também para o artista, que se beneficiam mutuamente da exposição”.

Para a banda esta nova parceria representa um salto de qualidade e profissionalismo que já é fruto do novo processo de evolução técnica e qualidade iniciado recentemente pela banda visando lançamentos futuros, onde a banda busca trazer mudanças significativas e perceptíveis nas apresentações ao vivo e nos trabalhos de estúdio.

Conheça mais sobre a Melanie Klain:

Iniciada em 2007 e tomando forma ao longo dos anos a Melanie Klain lançou seu primeiro disco intitulado de “Análise do Caos” no dia mundial do Rock, 13/07/2016. O álbum foi considerado um dos melhores do ano.

Confira o vídeo clipe de “Lavagem Cerebral”:

Melanie Klain é formado por:
Duzinho Alves – (Vocal)
Chapolin Strikinila – (Guitarra/Backing Vocal)
Violla – (Guitarra solo)
Pedro Bertti – (Bateria)
 
Links relacionados:

 

Verthebral: assista agora ao “making-of” das gravações da bateria

VERTHEBRAL_Lo_ResPB

A todo vapor na produção do novo álbum, os paraguaios do Verthebral seguem divulgando mais vídeos com os “making-ofs” das gravações do mesmo.

Desta vez a banda trouxe um pouco mais de como foi o trabalho de bateria, onde o músico Denis Viveros mostrou, em 2min e 25seg, toda a brutalidade deste novo full length, assista:

 

Capa, nome e data de lançamento serão divulgadas em breve, aguarde.

Ouça “Regeneration” aqui:

Encontre Verthebral nas principais plataformas de streaming:

Spotify: https://open.spotify.com/album/5xUNOG1PyPBRpfPD2t7Wla
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/55602092
iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/regeneration/1339263631
Napster: https://us.napster.com/artist/verthebral/album/regeneration-297578130
Claro Música: https://www.claromusica.com/artist/1324535

Saiba como adquirir “Regeneration” em sua versão física aqui: https://sanguefrioproducoes.com/n/1796

Para resenhar ou entrevistar o grupo escreva para contato@sanguefrioproducoes.com e solicite o press kit.

Produtores interessados em levar um dos principais nomes do Death Metal paraguaio da atualidade para seu evento, escreva para verthebralband@gmail.com e solicite todas as informações.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/VerthebralOfficial/
https://www.youtube.com/channel/UCSqbSWMQ9a6zvD96d9ReXVQ
https://soundcloud.com/verthebraldeathmetal/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/VERTHEBRAL/66

Héia: assista aos vídeos da banda pela “Maldicón De La Serpiente Bolivia Tour 2019”

HEIA_Lo_Res_Tour

Entre os últimos dias 08 e 16 de março, a Héia esteve em solo boliviano onde levou sua turnê “Maldicón De La Serpiente Bolivia Tour 2019”, com 6 apresentações.

A banda mostrou um pouco mais dos seus atuais trabalhos em shows destruidores, que já são possíveis de serem conferidos em diversos vídeos disponibilizados em seu canal oficial do YouTube, assista:

Héia – “Magia Negra” (Live in La Paz – Bolívia):

Héia – “Onde as Trevas Predominam” (Live in Sucre – Bolívia): 

Héia – “Elizabetham Devil” – Cover Mystifier (Live in Huanuni – Bolívia): 

Em outras notícias, é possível encontrar os principais trabalhos do grupo dentre os principais serviços de streaming e download, confira:

Spotify: https://open.spotify.com/artist/0SthWuLWBsOZ2dY5Srjblq
Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/13439979
iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/h%C3%A9ia/1301367296
Claro música: https://www.claromusica.com/artist/2499419
Amazon Music: https://music.amazon.com/artists/B077BVRQTJ?tab=CATALOG
Tidal: https://listen.tidal.com/artist/9272805
Yandex Music: https://music.yandex.com/artist/5446564
Amazon: https://amzn.to/2usehen
Google Play: http://bit.ly/2Wrd2bE

Contato para shows: misticodesign@hotmail.com

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/hordaheiaoficial/
https://www.youtube.com/user/hordaheia
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/Héia/55

TAURUS: banda revela detalhes sobre novo álbum

Tauruis - Novo Álbum

A lendária Taurus, fundada em 1985 traz novidades para os fãs. A banda acaba de revelar que está trabalhando em seu novo álbum e já tem algumas definições sobre este próximo lançamento.

Claudio Bezz, guitarrista da banda e que será o produtor do novo álbum, falou um pouco sobre o próximo trabalho:

“Serei o produtor do novo disco (já fiz isso no Fissura) e agora estamos no processo de pré produção que envolve a construção, edição e testes das novas músicas no sentido do sound design. Temos cerca de 20 músicas novas que foram compostas nos últimos dois anos e que estão no processo de triagem pela banda. Dessas 20 músicas já temos 6 escolhidas e posso dizer que estão animais, sob todos os pontos de vista, mas ainda há muito trabalho a ser feito. Deveremos gravar no mesmo estúdio, “Corredor 5” no Rio de Janeiro, onde foi gravado o Fissura. Um super estúdio em que trabalho há quase 20 anos como músico, arranjador, instrumentista e compositor. Provavelmente o técnico será o Gabriel Martau, que trabalhou conosco no Fissura e no tributo ao Stress. Estamos preparando um “ao vivo à vera”, tocando algumas de nossas músicas antigas como nos shows, mas dentro do estúdio, só para dar um esquenta e queremos convidar alguns fãs da banda para assistir à gravação, o que nos deixou muito empolgados, pois isso pode virar um EP em breve. Aguardemos pois Abril promete”
 
Saiba Mais sobre o Taurus:
Taurus iniciada em 1985 por Otávio Augusto (vocal), Cláudio Bezz (guitarras), Jean (baixo), e Sérgio Bezz (bateria) lançou “Signo de Taurus”, (1986), em 1988, foi lançado o segundo disco, “Trapped in Lies” e em 1989 foi o lançamento do terceiro álbum do Taurus “Pornography”. Em 2007, após o relançamento de seus álbuns em versões remasterizadas em CD, a banda anunciou a volta aos palcos. Um reinício com o pé direito fazendo a abertura do show da banda de Thrash Metal Testament, no Canecão, no Rio de Janeiro onde a banda fez uma turnê nacional. Em 2010 a banda lança seu novo disco com material inédito. Primeiro álbum da nova fase e quarto da carreira, “Fissura” com um “Thrash Metal totalmente vintage, valvulado e quente…” afirmaram os membros da banda. Em 2016 completou 30 anos comemorando com o lançamento do primeiro DVD/CD da banda. “Ao Vivo 30 Anos”, em formato digipack. Retrata a história das várias fases, registradas em show completo em São Paulo, além de bônus de gravações inéditas. Lançado pela Urubuz Records, que também reeditou em vinil o primeiro álbum Signo de Taurus, de 1986 com isso a banda esteve na estrada desde então até o momento onde decidiu recentemente preparar um novo álbum.
 
Contato para Shows:
Tel/Whats: +55 24 99296-6639 (Rio de Janeiro)
Tel/Whats: +55 11 93067-6175 (São Paulo)
 
Taurus é formado por:
Otávio Augusto (Vocal)
Cláudio Bezz (Guitarra)
Felipe Melo (Baixo)
Sérgio Bezz (Bateria).
 
Mais informações:
 
Links relacionados:

Ruína: banda disponibiliza EP “Autofagia” no YouTube

Ruína 1

A banda pernambucana Ruína segue trabalhando firme na divulgação de seu primeiro material oficial o EP intitulado de “Autofagia”, que vem tendo uma boa repercussão e possibilitando a realização de diversas apresentações tanto local, como nos estados vizinhos. Recentemente, o grupo fez primeira parte da mini tour “Autofagia” pelo Nordeste, participou do “Hellssaca 2019” e no ultimo dia 16 se apresentou no “Death Descends Fest” em Recife/PE.

Na busca da intensificação na divulgação do EP “Autofagia”, a banda disponibilizou o disco completo através de seu perfil no Youtube, para ouvir basta acessar o link a seguir:

O disco foi produzido por Mathias Severien (Desalma) no Estúdio Pólvora em Recife/PE. Arte de capa idealizada por Lucas Guedes, e lançado pelo selo Súbita Records.

Confira um trecho da ótima resenha do EP “Autofagia” feita pelo site Rumors Mag:

“O experimentalismo é tão interessante que horas você acha que está ouvindo HC e de repente Doom Metal, é algo como uma mistura de The Dillinger Escape Plan (início de carreira) e alguma banda Black/Death Metal sueca daquelas com o som bem cru e rasgado”. – (confira a resenha completa: https://bit.ly/2TTKPMZ).

Ouça o EP “Autofagia” na íntegra:
 
Formação:
Zé Carlos (Vocal)
Lucas Guedes (Guitarra)
Mateus Ramgund (Baixo)
Rodrigo Santos (Bateria)
 
 
Links Relacionados:
 
Assessoria de Imprensa:

Anguere: grupo lança vídeo oficial da musica “Chacina”

anguere

Estreamos nosso vídeo oficial da musica “Chacina” para encerrarmos os trabalhos com essa faixa que foi disponibilizada em nosso canal do Youtube e lançado pela gravadora Machine Man Records (EUA).

Como anunciado anteriormente, “Chacina” é a previa do nosso novo trabalho que vem por ai, estamos a todo vapor e prometemos muitas novidades ao decorrer desse ano de 2019.

Para baixar a faixa “Chacina” gratuitamente, vá para: https://machinemanrecords.com/dl e digite o código: yfl2-4qp6

É com prazer que anunciamos esse novo vídeo oficial  para todos os amigos, fãs e aqueles que nos acompanham nas mídias e redes sociais.

“Chacina” foi produzida pela banda, montamos o cenário e contratamos mais uma vez nosso amigo Otavio Silva, para as filmagens e edição do vídeo.

Assista o videoclipe de “Chacina”:

Vídeo Oficial “Chacina” por Otávio Silvia. 
Filmagem e Edição por Otávio Silvia. 
Cenário por Anguere 
Produzido por Anguere
 
Musica: “Chacina”
Mixed, Mastered: Lucas Neves / Piu Meÿer
Estúdio Vintake: 
 
Anguere é formado por:
Thiago Soares – (Vocal)
Cleber Roccon – (Guitarra)
Adriano R. Prado – (Bateria)
 
Links relacionados:

Revolução: em meio a gravações do novo disco, grupo lança cover de clássico do Oasis

MINIATURA OASIS

Nos últimos meses a banda Revolução lançou algumas músicas novas, como Fake News e Guerra Civil, Guerra Imbecil. Nas últimas semanas o grupo oficializou através de seu vocalista, Johnny Kiff, pelo instagram, que em breve lançará um novo disco, ainda sem nome e data de lançamento. Para matar a ansiedade do público o grupo vem lançando covers acústicos em seu canal do youtube. O hit da vez é a clássica “Live Forever” da banda britânica Oasis. Veja abaixo:

“Esses covers que estamos lançando é uma forma de manter contato com o público. Nem sempre o resultado agrada os fãs das bandas que estamos homenageando, mas faz parte. Quanto ao novo disco estamos empolgados e temos 3 canções que prometem muito, mas não posso revelar muitos detalhes por enquanto”, conta Johnny Kiff. O grupo gravou versões de músicas de bandas como Creedence, U2, Arcade Fire e Bob Dylan.

A Revolução é um grupo de Belo Horizonte e é conhecida por seu engajamento. A banda já tem 3 discos gravados, um EP e um DVD ao vivo. O disco como os últimos é produzido no estúdio Casa Radar, também na capital de Minas Gerais.

Links relacionados:
Contato 31 98930-3515

Uganga: divulgada data e detalhes do lançamento do novo disco “Servus”

Uganga_2018_Wacken Foundation

Produzido com recursos da fundação alemã “Wacken Foundation” e da “PMIC” Uberlândia, “Servus” será lançado no próximo dia 29 de Março durante evento para jornalistas e convidados no “Espaço Som” em São Paulo

O Uganga é um dos grupos mais expressivos e relevantes do Rock pesado brasileiro. Acumula mais de 25 anos de carreira, lançou quatros álbuns de estúdio e um disco ao vivo gravado na Alemanha. Já realizou shows por quase todas as regiões do Brasil, participou dos mais importantes festivais e fez duas turnês europeias que juntas somam 28 shows em 13 países.

Boa parte dessas produções do Uganga, sejam projetos de gravação ou circulação (turnês), têm recebido incentivo através de políticas públicas de cultura, comprovando a relevância do trabalho da banda, seja em seu sentido artístico/subjetivo ou sócio-cultural.

“Servus”, o quinto álbum de estúdio do grupo mineiro, não foge à regra. O disco foi financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air – o maior festival de Heavy Metal do planeta – e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todas as partes do globo, tendo nomes como o de Alice Cooper entre os doadores, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

“A parceria com o Wacken Foundation foi mais uma vitória da banda e equipe à custa de muito suor, estrada, planejamento e amor à camisa” – declarou o vocalista Manu Joker. “Trata-se do maior festival do planeta! Por sermos uma banda latino-americana tocando em um país como o Brasil e todas as suas dificuldades, essa ajuda financeira torna-se ainda mais bem-vinda. Mas só de ter o logo do Wacken no trabalho já nos deixou honrados. Se pessoas ligadas ao Wacken se interessaram por nós, então nosso trabalho está valendo a pena”.

“Servus” definitivamente vale a pena! O quinto disco de estúdio do Uganga foi gravado no estúdio Rock Lab em Goiânia/GO onde a banda registrou seu álbum anterior, o aclamado “Opressor”. Gustavo Vazquez e o próprio vocalista Manu Joker assinam a produção desse trabalho que significa a coalisão da identidade sonora que o grupo lapidou nos álbuns “Vol. 3” e “Opressor” com o aspecto mais experimental dos dois primeiros trabalhos, “Atitude Lótus” e “Na Trilha do Homem de Bem”.

“Se com os dois álbuns anteriores definimos a nossa sonoridade, Servus é um olhar adiante, para o futuro”, afirma Manu. “Mas também consigo ver elementos de todos os nossos outros discos nas novas músicas. Em Servus a banda se arriscou por caminhos onde ainda não foi. Não se trata de estudar o mercado ou seguir tendência. Música é algo muito sagrado para perder tempo com isso. Há mais de duas décadas fazemos peso e groove pois amamos esses dois mundos. Navegar por caminhos aparentemente distintos como o som extremo ou algo diametralmente oposto, nunca nos assustou.” 

“Servus” será lançado no próximo dia 29 de Março em formato CD-Digipack e também distribuído para todas as principais plataformas digitais. Um evento fechado apenas para imprensa e convidados será realizado no mesmo dia no “Espaço Som” em São Paulo. Manu Joker, Thiago Soraggi, Christian Franco, Lucas “Carcaça”, Raphael “Ras” Franco e Marco Henriques apresentarão um pocket-show exclusivo com músicas de “Servus” e outras novidades.

“Servus” reúne 13 faixas: “Anno Domini” (Intro), “Servus”, “Medo”, “O Abismo”, “Dawn”, “Imerso”, “7 Dedos”, “Couro Cru”, “Hienas”, “Lobotomia”, “Fim de Festa”, “E.L.A.” e “Depois de Hoje…”.
O desenho da capa de “Servus” foi desenvolvido pelo artista pernambucano Wendell Araújo que já trabalhou com outras bandas de destaque como Ratos de Porão e Cólera.

Assista o videoclipe da faixa título no Youtube:

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Mad Monkees: grupo protesta no EP “Guerra”

Mad-Monkees

Banda do Ceará formada por experientes músicos do cena roqueira nacional lança o primeiro material pela Abraxas

A banda cearense Mad Monkees estreia na Abraxas Records com o EP “Guerra”, já disponível nas plataformas de streaming. São três faixas de um roque repleto de riffs e batidas fortes, com referências de Stoner e Hard Rock.

Confira: https://onerpm.com/al/1958038119.

mad - Capa_EP_Guerra

Produzido por Klaus Sena, o EP composto por Felipe Cazaux (guitarra/voz), Renan Maia (baixo), Capoo Polacco (guitarra) e PH Barcellos (bateria) sucede o autointitulado disco de estreia, então produzido pelo lendário Carlos Eduardo Miranda e pelo renomado Rodrigo Sanches. Teve, neste meio tempo, o single Are You Going Mad?, com a participação de Cris Botarelli (Far From Alaska), e teve ótima recepção do público da banda.

Sete foi o primeiro single de Guerra. Lançada perto das eleições, a música – a única em português – traz uma crítica aos privilégios dos políticos brasileiros. “O single faz uma analogia entre os pecados capitais e as regalias dos políticos e os seus direitos adquiridos, enquanto o povo perde direitos trabalhistas e vive na lama”, explica o vocalista e guitarrista Felipe Cazaux.

Mad Monkees é formado por:
Felipe Cazaux – (Guitarra/Vocal)
Capoo Polacco – (Guitarra)
Hamilton de Castro – (Baixo)
PH Barcellos – (Bateria)
 
Mais informações:

 

Black Lung: as cinzas e a fênix do The Flying Eyes

 

Black_Lung_formacao

Power trio norte-americano lança Ancients na América do Sul com exclusividade pela Abraxas Records

Banda nova, velhos amigos. O Black Lung é Elias Schutzman na bateria e Adam Bufano na guitarra, músicos da agora extinta The Flying Eyes, aqui junto ao vocalista e multi-instrumentista Dave Cavalier. “Ancients”, o terceiro disco do power trio de Maryland (Baltimore, nos Estados Unidos) chega à América do Sul nas plataformas de streamings pela Abraxas Records. Ouça aqui: https://onerpm.lnk.to/vVETa.

black lun - capa_bl

“Ancients” soa como uma continuação pesada e com mais riffs do que no derradeiro álbum do The Flying Eyes, “Burning the Season” (lançado no Brasil em 2017 pela Abraxas em formato digital e em CD digipack). Aqui, o Stoner/Doom encontra o Rock Blues setentista em oito composições de melodias cativantes.

Uma curiosidade do Black Lung é que se trata de uma banda sem baixo. São duas guitarras e o punch das músicas é preenchido com diversos efeitos de pedais e cargas extras de peso, mas claro, tudo possível devido à criatividade acima da média dos músicos.

O Black Lung existe desde 2014. O disco de estreia homônimo foi eleito “o melhor disco de estreia” de uma banda de Baltimore e levou o trio ao famoso festival alemão Rockpalast Crossroads. Já o segundo álbum, See The Enemy, foi produzido em 2016 por J. Robbins (The Sword, Clutch) e igualmente impulsionou uma extensa turnê europeia, desta vez ao lado de ícones da cena stoner, como Graveyard, Dead Meadow e All Them Witches.

Links relacionados:

Bandcamp: https://blacklungbaltimore.bandcamp.com/