Sunroad: “Heatstrokes” novo disco é uma caminhada consciente pelas raízes do Hard e Melodic Rock

Sunroad

Esse é o oitavo disco de estúdio do grupo goiano e será lançado em Abril pela Musik Records no Brasil e pela Roxx Records nos Estados Unidos

Van Halen, Scorpions, Dokken, Def Leppard, Triumph, Led Zeppelin… Essas foram algumas referências musicais do Sunroad para o processo criativo de seu novo álbum, “Heatstrokes”, que será lançado no Brasil no próximo dia 22 de Abril.

O Sunroad é uma banda bem resolvida. Depois de mais de 20 anos de carreira, sete discos lançados e uma identidade musical bem definida, André Adonis (vocal), Mayck Vieira (guitarra), Van Alexandre (baixo) e Fred Mika (bateria) sentem-se absolutamente a vontade para falar sobre suas influências musicais. Afinal, tudo é feito de maneira consciente! O processo criativo do grupo não abre mão da razão para evitar excessos e pastichos, assim como também deixa o coração guiar para que o resultado final seja a representação de uma verdade artística.

Se nos dois últimos trabalhos, “Carved In Time” (2013) e “Wing Seven” (2017), o Sunroad enfatizou-se com mais vigor pelo Hard/Heavy, em “Heatstrokes” a proposta é assumir o Hard e Melodic Rock como um caminho cujo destino final é o AOR.

“Poderíamos dizer que Heatstrokes é um trabalho de transição”, declara o baterista Fred Mika.“Dessa vez buscamos uma sonoridade um pouco mais sofisticada, e isso é resultado da verdade de cada integrante atual da banda. O aspecto melódico teve uma atenção especial nesse novo trabalho. Procuramos dosar menos nas notas, usar bases mais fluídas, justamente para permitir que os refrãos fossem mais valorizados. Aliás, a ideia de muitas músicas do álbum partiram dos refrãos. Desde nosso primeiro álbum tínhamos por objetivo compor músicas com refrãos fortes, e quando digo que Heatstrokes é uma transição, é porque queremos seguir evidenciando cada vez mais isso nos futuros trabalhos. E o AOR acaba sendo a consequência final desse desenvolvimento melódico”.

Sunroad_Heatstrokes_Capa_Low

“Heatstrokes” foi gravado nos estúdios Musik e Drive, ambos em Goiânia/GO, e produzido por Fred Mika e Netto Mello. O álbum vai reunir 10 músicas, todas de autoria de Fred Mika e André Adonis: “Mind The Gap”, “Given And Taken”, “Screaming Ghosts”, “Lick My Lips”, “Unleash Your Heat”, “Heatstrokes”, “Empty Stage”, “Spelbound Age”, “Overwhelmed” e “Dare To Dream”.

Dois Lyric-Videos já estão disponíveis:

Empty Stage:

Lick My Lips:

Além do lançamento nacional dia 22 de Abril, em CD físico e também para as plataformas digitais, “Heatstrokes” também será lançado nos Estados Unidos pela Roxx Records no dia 13 de Abril.

Mais Informações:
Anúncios

Melyra: única banda de Metal com mulheres, busca votos para tocar em Portugal

melyra_credito vladimir mello_baixa

Depois de concorrer com mais de 500 competidores, a banda carioca Melyra chegou a semifinal do EDP Live Bands Brasil, que levará o grupo ganhador para tocar no festival NOS Alive, em Portugal. Única banda de metal com formação exclusiva de mulheres, a Melyra lançou no último ano o disco “Saving You From Reality”, considerado pela mídia especializada nacional e internacional um dos melhores de 2018. Agora as instrumentistas buscam o primeiro show na Europa.

Vote na Melyra: https://edplivebands.edp.com/brasil/banda/melyra

Performance enérgica, som pesado e riffs poderosos são as principais características da Melyra, grupo carioca formado em 2012. De lá pra cá a banda já tocou no Circo Voador (RJ), abrindo para os suecos do Arch Enemy; participou do tributo ao cantor Edu Falaschi, conquistando elogios da crítica; além de tocar em eventos conhecidos na capital fluminense, como Rio Novo Rock, Rio Banda Fest e Roquealize-se.

“Ganhar o festival significa muitas coisas para nós! Eu acho que a gente receberia uma confirmação de que estamos indo no caminho certo, de que atingimos a maturidade musical que a gente queria e precisava! Como um reconhecimento pelo nosso trabalho duro e incansável! Além disso, eu também vejo uma possível vitória como uma demonstração de carinho e força da nossa base de fãs, que está muito engajada em nos ajudar nessa empreitada!”, anima-se Fernanda Schenker, guitarrista e backing vocal da Melyra.

A banda é formada também por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz) e Drika Martins (bateria). Juntas, elas acreditam que a vitória seria uma grande vitrine para o trabalho da Melyra.

“Um show na Europa agrega muito pro nosso currículo, ainda mais sendo num grande festival! Isso faz com que a gente alcance outro patamar e consequentemente consiga fechar mais shows no Brasil e na América Latina. Por fim, também vemos a questão da representatividade feminina! Seria animal ter uma banda composta só de mulheres e tocando som pesado como vencedora do festival. Iríamos mostrar do que somos capazes e isso pode inspirar e ajudar muitas outras mulheres a crescer na música. Estamos muito focadas em conseguir dar mais esse passo na nossa carreira e vamos com tudo atrás de mais essa vitória!”, define Fernanda.

Maturidade e peso se refletem nas 10 faixas de “Saving You From Reality”, o disco de estreia da Melyra. O álbum conceitual traz como temática central a  fuga da realidade como forma de escapar dos problemas, ou mesmo de não enlouquecer. Atual e pulsante, o disco mostra que o metal nacional continua firme, forte e necessário.

O EDP Live Bands está em sua 4ª edição no Brasil e desde então já contabilizou mais de 4.400 bandas inscritas em todo o território brasileiro. A banda ganhadora do EDP Live Bands Brasil além de tocar no NOS Alive, em Portugal, também gravará um master de um disco.

Vote na Melyra: https://edplivebands.edp.com/brasil/banda/melyra

Ouça “Saving You From Reality”:
 

Resistência Underground Distro e Prod: selo anuncia o lançamento e pré-venda do Split “Hellish Alcoholic Attack”.

resistencia

O selo pernambucano especializado em metal extremo underground, Resistência Underground Distro e Prod., está promovendo o lançamento de mais um grande artefato, desta vez o split “Hellish Alcoholic Attack” que une duas pragas de distintos lugares do globo terrestre: Os pernambucanos do Alcohelldrugs, Metal Punk infernal; e o Burial Ground, Speed/Black Metal diretamente da Rússia.

Alcohelldrugs – duo formado nos idos de 2014 em Vitória de Santo Antão, Pernambuco (BR), apresentará 3 faixas autorais, dispondo de um som mais maduro e forte e finalizando com um cover da lenda do Punk Rock GG. Allin (“Bite Your Scum”) gravado no Forno Studio (Beto Zuada). A Burial Ground (RU) é uma One Man Band formada em 2015, e já conta em sua discografia com 16 demos e 2 compilações, nesse split, nos brindam com 4 faixas autorais do mais impuro Speed/Thrash/Black Metal, gravadas em Home Studio. Arte de capa por Matheus “Void”, projeto gráfico por Nuvem Negra.

O split terá uma tiragem limita em apenas 66 CDs numerados á mão, com mídia especial preta, garantindo maior qualidade e durabilidade ao play, que virá num jewel case lacrado, com parte gráfica impressa em couché fosco especial.

Quem tiver interesse de adquirir na pré-venda, que teve seu início dia (03/04) e terá seu término no dia 20/04, o CD custa apenas R$ 15,00 mais envio. Ao adquirirem na pré-venda, ganharão um CD de brinde (escolhido pela equipe do Resistência Underground Distro e Prod.).

Contato: rudpcontato@gmail.com

Links Relacionados:
Resistência Underground Distro e Prod.: www.facebook.com/resistenciaundergrounddistro/
 
Assessoria de Imprensa:

Honra: grupo libera videoclipe de música inédita “Negativo”, assista!!

Honra 02

Em seu melhor momento na carreira, o grupo de Deathcore brasileiro Honra, acaba de apresentar sua mais nova música em um vídeo clipe de tirar o folego.

A música “Negativo” é a primeira composição que apresenta oficialmente a nova formação e a nova recriação harmônica que o Honra promove em sua sonoridade. O single muito em breve estará sendo liberado para audição completa nas principais plataformas de streaming, mas por hora, os fãs do grupo podem ouvir e assistir ao belíssimo clipe de “Negativo” no vídeo abaixo:

As imagens do clipe obtiveram produção dos músicos do Honra e as captações e filmagens ficaram a cargo de Juan Rodrigues que também assina a direção do clipe. O Honra promete ainda para 2019 lançar inúmeras novidades e tudo indica que um novo EP pode estar a caminho ainda para esse ano.

Formação:
Luidi Pussente – (Vocal)
Luan Vianna – (Guitarra)
Juan Rodriguez – (Guitarra)
Renato Bacelar – (Bateria)
Daniel Santos – (Baixo)
 
Mais informações: