Red Light DC: grupo mete o pé na porta com novo single “Fly Away”

Red Light DC - Credito de Marcia Oliveira (2)

O primeiro single da nova fase da Red Light DC é “Fly Away”. Com mais peso nos vocais e na guitarra, a música nasceu da vontade de extravasar. As influências de Alice in Chains e Soundgarden são latentes na música que sucede o álbum “Love, Alcohol And Other Drugs” (2018), com produção de Celo Oliveira.

“Esse novo trabalho traz influências mais pesadas, liberando toda energia, como uma aula de luta após um dia estressante”, define Renalvo Junior, guitarrista da Red Light DC. Enquanto a música busca a libertação, o lyric vídeo evoca a tensão e a dor da depressão.

Red Light DC - Fly Away.JPG

Ouça o single “Fly Away” no streaming: https://song.link/s/3jarXjcLs3k4M7EGNoOiFy

“A depressão é uma doença que atinge uma grande quantidade de pessoas. E os motivos podem ser estresse, relacionamentos destrutivos, pressão relacionadas ao dia a dia ou algum trauma. A depressão é algo tenso e cinzento. Na banda temos pessoas próximas com depressão, casos que já chegaram ao suicídio, e queríamos falar sobre esse assunto”, lamenta Ricardo Bruno, baixista.

Assista o lyric video “Fly Away”:

Para desestressar, para curtir, para pensar. O Rock da Red Light DC é sem rótulos, sem seguir nenhuma vertente.  Duas guitarras, uma bateria, um baixo e uma voz potente. Assim foi criada a Red Light DC, banda paulista que traz no currículo o disco “Love, Alcohol And Other Drugs” (2018). O trabalho de estreia também contou com o single “Scream”, lançado como lyric video e o videoclipe do single “Burn”.

“A Red Light DC traz canções que retratam o mundo visto pelo amor e pelo ódio, pelas ressacas e por pessoas que vivem na margem das grandes cidades”, explica Regis Lima, guitarrista.

A Red Light DC é formada por Ton Araujo (voz) e Alex Oliveira (bateria), além de Renalvo, Regis e Ricardo. A ficha técnica do single “Fly Away”, traz Jean Michel Designations Artwork (capa); Regis Lima (produção, mixagem e masterização); e Maria Catia (lyric video).

Mais informações:

Anúncios

Outubro Sombrio: festival reúne bandas de Death e Black Metal em Santa Catarina

outubro

No dia 19 de outubro (sábado) às 19h00, está marcado para acontecer no Caverna Kilmister, em Tubarão/SC, o evento “Outubro Sombrio com as bandas locais Obscurity Vision (Black/Death Metal), Posthumous (Death/Black Metal), Malice Garden (Black Metal), Lord Amoth (Black Metal) e Somberland (Black Metal).

O local fica na Rua José Alberto Nunes, 1242, e é cobrado ingresso antecipado de R$ 10,00. Pessoas interessadas deverão enviar mensagem para o Whatsapp (48) 99954.3346 e garantir sua entrada com nome na lista. Na portaria o ingresso será R$ 15,00.

Serviço:
Outubro Sombrio
Bandas: Obscurity Vision, Posthumous, Somberland, Malice Garden e Lord Amoth
Data: 19 de outubro de 2019, 19h00
Local: Caverna Kilmister, Rua José Alberto Nunes, 1242, Tubarão/SC
Ingresso: R$ 10,00 (antecipado), R$ 15, 00 (portaria)
Contato: (48) 99954.3346