Ossos: grupo releva nome e capa de single inédito que será lançado muito em breve

Ossos - 014

A banda Ossos atualmente se prepara para se apresentar ao lado do Brujeria, dia 17 de novembro em Caxias do Sul/RS. Além dessa apresentação que promete ser histórica na carreira do grupo, uma novidade acaba de ser informada para seus fãs e seguidores.

Após apresentar o título de seu novo álbum, “Contos do Necrotério”, é oficialmente comunicado que dentre os próximos dias, o primeiro single desse novo álbum será liberado para audição completa. A música “Cadáver”, já se encontra finalizada e a banda aguarda apenas alguns detalhes para revelar a data e aonde será disponibilizado o single inédito.

Confira a capa criada para o single de “Cadáver”:

ossos - cadaver

Formação:
Pezzi – Vocal
Tio Craitu – Guitarra
Guga – Guitarra
Grave – Baixo
Will Caveira – Bateria
 
Mais informações:

Bruma: banda soteropolitana de Hard, Folk, Rock lança single inédito

Bruma_11092019_stduio2_4574

A banda Bruma é oriunda da capital baiana, trazendo no seu som as combinações de timbres do Hard Rock, com influências do Blues e bases melódicas do Folk, que fazem uma parede de som repleta de acordes abertos somados a um vocal visceral.

A veia artística do grupo se baseia nas composições de personalidade lírica muito forte. As indagações mundanas que cercam a humanidade, os anseios e receios da vida, os romances e nuances que compõem a nossa história: tudo é visto como música aos olhos da banda e traduzido na verdade crua do Rock.

No final de 2018 lançou seu primeiro EP “Um Pouco Tarde Para Chegar Cedo”, disponível em todas as plataformas de música. Em 2019 a banda participou do Festival Palco do Rock (Salvador), e é nesse embalo que prepara um segundo semestre repleto de parcerias em Salvador e no interior.

Visualização da imagem

Ouça o disco:

 

A Bruma idealizadora e realizadora do “Festival Rock n’ Booze”, projeto que tem como objetivo movimentar a cena baiana e integrar bandas de diferentes cidades. Em 2019 o evento teve sua terceira edição, na cidade de Feira de Santana e a quarta edição em Salvador, no mês de setembro.

Bruma é formado por:
Kiko Albuquerque – Vocal/Baixo
Ciro Sarno – Guitarra/Vocal de Apoio
Enrique Araújo – Guitarra/Vocal de Apoio
Bispo Filho – Bateria
 
Assessoria de imprensa: rockfreeday@gmail.com
 
Mais informações:

Between the Buried and Me: grupo vem pela primeira vez ao Brasil em março de 2020

BTBM_foto

São Paulo, no dia 15/3, recebe o último show da extensa turnê latino-americana com 9 datas; banda norte-americana tocará dois sets numa mesma noite

A banda norte-americana Between the Buried and Me, mundialmente consagrada há duas décadas devido à inusitada mistura de Progressivo com elementos de diversas vertentes do Heavy Metal (do Rock ao Death Metal), além de jazz e até de música eletrônica, enfim anuncia a estreia no Brasil. Com show único dia 15 de março de 2020 em São Paulo, o Fabrique Club receberá a sexteto com sua turnê especial em que executam, numa mesma noite, dois diferentes sets. A realização é da Powerline.

Moderno, pesado, às vezes introspectivo, mas sempre extremamente virtuoso e criativo, o Between the Buried and Me nunca se repete e propõe uma viagem sonora a cada música, por meio de brilhantes e bem encaixados dualismos: da calmaria ao caos, da tensão à redenção, e da vagarosidade a velocidades incríveis – as mudanças rítmicas e compassos são constantes. Tem guitarras distorcidas, melodia, agressividade, mas tem guitarras limpas, dedilhados e sutis, uso constante de teclados, junto a vocais limpos e passagens com guturais.

Apresentar dois diferentes sets numa mesma noite pode soar excêntrico, mas não para uma banda como Between the Buried and Me, que sempre fugiu de padrões e abusou de experimentações e misturas ao longo dos 20 anos de história. Trata-se de uma ótima solução para, numa primeira vez no Brasil, tocar músicas de distintas fases da excepcional e diversificada discografia – são 10 discos de estúdio, três ao vivo e um EP (com 30 minutos de música!). As músicas são tocadas em ordem cronológica.

Conheça Between the Buried & Me:

 

Em entrevista a uma mídia europeia no começo deste ano, sobre a turnê mundial com dois sets, o baixista Dan Briggs explica que optar por uma apresentação mais extensa justamente neste momento da carreira é uma forma da banda explicar a própria evolução ao longo dos anos. “Às vezes, entender a dinâmica do Between the Buried and Me reside em respirar nova música e exalar material antigo”.

O baixista ainda assegura aos fãs que esta é a oportunidade experimentar a imersão sonora da banda: existe uma coesão ímpar na forma como constroem o repertório duplo com músicas de 2002 a 2019, em alusão ao primeiro disco, homônimo, e ao último lançamento “Automata II”, passando pelo conceitual e inspirado “Coma Ecliptic”, o monumental e cultuado “The Great Misdirect” e o intrincado “Alaska”.

Não resta dúvida de que uma apresentação ao vivo do Between the Buried and Me dia 15/3/2020 é, especialmente, para fãs de música complexa e reflexiva, feita por músicos talentosos e minuciosos. Um deleite para fãs de Dillinger Escape Plan, TesseracT, Opeth e Devin Townsend Project.

WhatsApp Image 2019-10-10 at 3.48.34 PM 1

Serviço:
Between the Buried and Me em São Paulo
Evento: https://www.facebook.com/events/1010476025966484/
Data: 15 de março de 2020
Horário: 18 horas (portas)
Local: Fabrique Club (rua Barra Funda, 1071 – Barra Funda, São Paulo/SP)
Ingresso: R$ 110,00 (1º Lote, meia promocional, mediante entrega de 1 quilo de alimento no dia do evento, e estudante)
Venda online: https://pixelticket.com.br/eventos/4500/between-the-buried-me
Venda física: Locomotiva Discos – sem taxa, somente em dinheiro (rua Barão de Itapetininga, 37 – SP/SP)
Classificação etária: 16 anos

Basttardos: lançado o novo álbum “Nós Somos O Bando”

basttardos

O Basttardos lançou, no dia 18 de Outubro de 2019, seu mais recente álbum intitulado “Nós Somos O Bando”. Produzido por Alex Campos – também autor de todas as canções -, o disco foi gravado, mixado e masterizado no estúdio “Fil Buc Productions”, Rio de Janeiro. Quem assina a capa é Aurélio Lara.

O trabalho ainda conta com as Participações Especiais de Breno & Theo Campos, filhos de Alex Campos; além do guitarrista Luciano Granja, conhecido músico no cenário nacional por integrar diversos grupos de sucesso, entre eles, os Engenheiros do Hawaii.

Em Setembro deste ano, foi divulgado como prévia o lyric video do single “Livrai-nos do Mal”, que pode ser visto através deste link:

Sucessor do disco “O Último Expresso”, de 2015, “Nós Somos O Bando” é o terceiro registro de estúdio do “Basttardos”, e faz parte de uma trilogia, iniciada em 2013 pelo debut “Dois Contra O Mundo”. O álbum já está disponível em CD Físico e nas plataformas digitais.

Tracklist:
01 – Nós Somos O Bando
02 – Livrai-nos do Mal Part. Breno & Theo Campos
03 – O Coveiro
04 – Ela é Junkie
05 – Fuck Off!
06 – Silêncio Após A Morte Part. Luciano Granja
07 – Homem do Campo

 

Ouça Nós Somos o Bando via Spotify: 

 

Mais informações:
+55 21 99202-1922 (Whatsapp)

 

Montanee: grupo lança intenso clipe “Weak Like a Needle”

Montanee_Crédito Artur Medina_Rafael Hansen

Faixa integrará o primeiro EP da banda carioca

Após chamar atenção com as intensas “Burning Man” e “Keep Falling”, a banda Montanee entrega mais um gostinho de seu EP de estreia com o single e clipe “Weak Like a Needle”. Ao contrário do que o nome sugere, a faixa entrega a potência do quarteto carioca em uma performance pesada. A canção está disponível para streaming e o clipe já está no canal de YouTube oficial do grupo.

Assista a “Weak Like a Needle”:

Ouça “Weak Like a Needle”:

http://smarturl.it/WeakLikeANeedle

A Montanee traz em seu DNA vertentes do Rock Alternativo com tons de Indie, Stoner e Post-Punk revival. Enquanto os primeiros singles revelados potencializavam essas influências, o novo clipe foca na força da presença de palco dos músicos, com uma câmera nervosa acompanhando cada acorde e batida em movimentos que simulam a energia do público nos shows. Pela primeira vez, a banda foge à estética do preto e branco estabelecido nos vídeos anteriores para se entregar às cores de “Weak Like a Needle”.

“O clipe é um exemplo visual de como é tocar e ouvir essa música, a câmera e o público pulsando junto. ‘Weak Like A Needle’ é, simplesmente, rock n’ roll”, avalia o baterista Teo Kligerman. Além dele, completam a banda Felipe Areias (vocal e guitarra), Raphael Cardoso (baixo) e Pedro Domicio (guitarra).

O grupo retornou recentemente de uma mini turnê americana, onde apresentou versões minimalistas para suas canções com shows pela costa oeste dos EUA. Agora, a Montanee foca em concluir seu primeiro EP, a ser lançado em breve, e outras surpresas para o público.

Assista a “Burning Man”:

Assista a “Keep Falling”:

Ficha técnica vídeo:
Direção e Edição: Felipe Areias
Direção de Fotografia: João Rocha e Artur Medina
Produção: Anna Maués e Felipe Areias
Assistente de Produção: Lucas Cardoso
Tratamento de Cor: Pedro Erthal
 
Música:
Felipe Areias – Voz e Guitarra
Raphael Cardoso – Baixo
Teo Kligerman – Bateria e Voz
Pedro Domicio – Guitarra
Gravado por – Raphael Stolnicki, Alexandre Griva, Pedro Domicio e Diogo Panico
Mixado e Masterizado por – Raphael Stolnicki
 
Mais informações:

Dogma Blue: grupo lança lyric vídeo da faixa “Quietus”

Dogma Blue 10

Após o lançamento de seu primeiro EP “Quietus”, o Dogma Blue, apresenta o lyric vídeo da música que carrega o nome do disco.

A obra visual foi elaborada por Marcelo Silva e Rômulo Dias, dois artistas que estão se destacando por trabalhos incríveis e autênticos. A ideia central do Lyric de “Quietus”, é apresentar ao público, o ambiente da capa do disco, onde os planos de fundo vão se alternando e criando uma atmosfera impactante.

O vídeo acaba de ser liberado no canal do Dogma Blue e você confere acessando o link abaixo:

Formação:
Marcelo Paes – Vocal
Tales Ribeiro – Guitarra
Rodrigo Kolb – Guitarra
Roberto Greboggy – Baixo
André Prevedello – Bateria
 
Mais informações:

Darkhaos: saiba o conceito que está por trás da canção “Shouting at Your Grave”

Darkhaos

“Shouting at Your Grave” foi o primeiro single lançado pela cearense Darkhaos em fevereiro de 2019, promovendo do EP de mesmo nome que será lançado até o final deste semestre.

A música reúne influências dos músicos em um misto de Heavy Metal tradicional, Thrash Metal e Hardcore. A letra composta pelo baixista Eriel Andrade é um relata uma situação sobrenatural, como conta o músico:

“’Shouting at Your grave’ é uma música que narra a história de um cara que é perseguido por um demônio, não adianta o quanto ele corra, o demônio o alcança e o devora, e neste momento sua vida passa diante de seus olhos, ele relembra de todos os seus medos, suas dores, seus sonhos, de todos que amou, o demônio vê as mesmas coisas enquanto o homem dá o último suspiro, então, o ser começa a gritar em cima do túmulo da vítima, pois está livre para levar o caos. É essa a narração que eu vejo, mas de forma geral, é uma representação de poder gritar em liberdade, se libertando de seus medos, escolhendo o rumo da sua história com determinação e dando asas à uma melodia nova que você ainda não conhece em você mesmo, mas que irá surgir”.

Visualização da imagem

O próximo encontro do grupo completado por Macedo “Darkness” (vocal), Erickson Oliveira (guitara), e Kallil van Derick (bateria) com o público está marcado para o dia 22 de dezembro, no Praxedes Bar em Fortaleza, para tocar com as bandas Void Tripper, Hellhoundz e Echoes Of Death.

Confira o videoáudio da música:

Inclua a Darkhaos em sua play list:
E em muitas outras
 
Links relacionados:
 
Shows:
(85) 9 9690.7536
 
Assessoria Brauna Music Press:

Obscurity Vision: confira cobertura do “16º River Rock Festival” pelo portal O Subsolo

obscurity

No feriado de 7 de setembro rolou o segundo dia do “16º River Rock Festival”, que teve como atração internacional a holandesa Legion Of The Damned. Neste dia também tocaram as bandas Apócrifos, Balboa’s Punch, 100 Dogmas, The Undead Manz, Gueppardo, Deny Bonfante, Sinaya, Justabeli, King Bird, Arandu Arakuaa, Serpent Rise, Carcinosi, Raging War, Overblack e Obscurity Vision, horda de Death/Black Metal que, recentemente, lançou o single “Imperivm como lyric video pela Brauna Music Productions.

Veja o que o redator Maykon Kjellin escreveu sobre o quinteto formado por Rafael Vicente (vocal), Luiz e João Rodriguez (guitarras), Luiz Trentin (bateria) e Thiago Junglaus (baixo):

Obscurity Vision é uma banda oriunda de Criciúma, Santa Catarina. Seu maior ponto forte, é a persistência, determinação e afinidade criada pela dupla de guitarristas e irmãos, Luiz Rodriguez e João Rodriguez. Aproveitando o telão disponibilizado para as bandas, a Obsucurity Vision passava trechos do seu lyric que ainda seria lançado, o excelente ‘Imperivm’.

Uma das bandas que mais evolui no cenário extremo do Metal. Sugou todas as críticas nos seus CDs e trouxe em palco, uma horda que absolutamente arrepia e nos deixa perplexos. As mudanças recentes de instrumentistas, fez com que a banda hoje, tenha sua melhor sintonia em palco. Sem falar na brutalidade, ousadia e peso”.

A resenha completa do segundo dia do festival você confere em:

http://bit.ly/2Ja5TIr.

Confira o lyric video do single “Imperivm” em:

http://bit.ly/2oQfuNB

Ouça o grupo no streaming:
E em muitas outras
 
Links relacionados:
Instagram: @obscurityvision
YouTube: Obscurity Vision
 
Mais informações:
 
Shows:
(85) 9.9690.7536

Seu Juvenal: grupo anuncia novo disco “Brincando com Ódio”

Seu Juvenal 2019

Com recursos do edital Funcult, o sucessor do elogiado “Rock Errado” de 2015 começa a ser gravado em Novembro no renomado estúdio Sonastério em Nova Lima/MG

“Brincando com ódio será um disco dos dias de hoje. Essa época onde o amor é menos popular.”É assim que o baterista Renato Zaca define, em linhas gerais, “Brincando com Ódio”, o novo álbum de estúdio do grupo mineiro de Rock errado Seu Juvenal.

“Brincando com Ódio” será sucessor do elogiado “Rock Errado” de 2015 e reunirá oito músicas. Todas as faixas serão gravadas ao vivo, a partir de Novembro, no estúdio Sonastério em Nova Lima/MG, um dos maiores estúdios em qualidade sonora e área construída do Brasil, por onde já passaram artistas renomados como Skank, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Seu Jorge, Criolo, Iza, Gal Costa, entre muitos outros.

“Brincando com Ódio” será financiado com recursos do Funcult, edital de fomento à produção artística e cultural do Fundo Municipal de Cultura de Ouro Preto/MG, do qual o Seu Juvenal foi vencedor.

Para o guitarrista Edson Zacca, “Brincando com Ódio” pretende consolidar uma busca sonora que vem desde o primeiro álbum do Seu Juvenal, “Guitarra de Pau Seco” de 2004.

“Optamos por gravar ao vivo em estúdio pois desde nosso primeiro álbum a intenção era produzir um disco que chegasse mais próximo possível da forma como o Seu Juvenal soa ao vivo. E uma grande referência para esse novo trabalho será nossa primeiro demo tape lançada em 1997, “Cyberjecas no Sertão da Farinha Podre”, cujas bases foram gravadas ao vivo em estúdio e que nos soa muito bem até hoje, passados 20 anos. Escolhemos também o Sonastério por ser um estúdio grande, plural em termos de tecnologia analógica, nos possibilitando uma gama de opções. Vamos atrás de uma sonoridade crua, punk, madura e verdadeira, que não se esconde atrás de plug-ins ou afinadores. Brincando com Ódio será um disco que mostrará uma banda real.”

“Brincando com Ódio” será lançado no primeiro semestre de 2020 tanto no formato físico (CD Digipack) como para todas as plataformas digitais de música. A capa será mais uma vez assinada pelo talentosíssimo artista plástico brasileiro Dinho Bento, responsável pela arte da capa do disco anterior “Rock Errado”.

Enquanto o novo álbum não é lançado, assista o videoclipe de “O Pior Cego”, o mais recente single do Seu Juvenal lançado no início do ano.

Além do guitarrista Edson Zacca e do baterista Renato Zaca, o Seu Juvenal também é formado pelo baixista Fabiano Minimim e pelo vocalista Bruno Bastos.

Mais Informações:
www.seujuvenal.com.br
www.facebook.com/seujuvenalmg
www.twitter.com/seujuvenalmg
www.soundcloud.com/seujuvenal
www.youtube.com/seujuvenalmg

 

Enchantya: grupo lança videoclipe da nova música “Downfall to Power”

dowfal

A banda portuguesa de Metal Melódico Enchantya lançou um novo videoclipe para a música “Downfall to Power”. Faixa retirada do seu tão esperado segundo álbum “On Light and Wrath”, lançado em 24 de maio de 2019 pela Inverse Records.

Assista o videoclipe de “Downfall to Power”:

A vocalista Rute Fevereiro fez o seguinte comentário sobre o vídeo:
“Downfall to Power” “é a música perfeita para refletir o conceito do álbum” On Light and Wrath ” de Enchantya. Pensei numa história em que a decepção com o mundo dos contos de fadas se funde com a dicotomia irrealista do bem e do mal. Este vídeo dirigido por Carlos Guimarães, da G Media, contou com a participação de Diana Rosa e Lee AN como atrizes, com o trabalho de maquilhagem da Ana Filipa Ferreira e foi filmado na floresta encantada de Sintra.”

Ouça o álbum “On Light and Wrath” pelo streaming:
Spotify: https://spoti.fi/2WqlNWM
Deezer: https://www.deezer.com/us/album/91589852
Tidal: https://listen.tidal.com/album/106523879
Amazon: https://amzn.to/2VLq9TW
Apple Music: https://apple.co/30CDoKp

O álbum foi gravado, mixado e masterizado por Fernando Matias (Moonspell, Bizarra Locomotiva, We Are The Damned, Sinistro, etc.) nos Pentagon Audio Manufacturers.

Arte da capa por: Phobos Anomaly Design

Enchantya - Sobre a Luz e a Ira

Track List:
01. Turn of The Wheel
02. Last Moon of March
03. The Beginning
04. Poet’s Tears
05. Near Life Experience
06. Alma
07. Downfall to Power
08. Hide Me
09. Deception (Since you Lied)
10. Once Upon a Lie
11. From the Ashes

Enchantya é formado por:
Rute Fevereiro – Vocal
Bruno Santos – Guitarra
Fernando Campos – Guitarra
Fernando Barroso – Baixo
Bruno Guilherme – Bateria
Pedro Antunes – Piano, Teclado e Orquestrações
 
Links relacionados: