Headhunter D.C.: grupo finaliza versão de “To Tame a Land” para tributo ao Iron Maiden

Headhunterdc

O Headhunter D.C. escolheu uma das músicas menos usuais do Iron Maiden em turnês. No detalhe, Sérgio ‘Baloff’ nas sessões de gravação no Massa Sonora Studio, em Salvador (BA) | Foto: Richard Meyer

Após participar da “Sabbath Brazil Sabbath – The Brazilian Tribute To Black Sabbath” (2018), da Secret Service Records com a canção “Electric Funeral”, o Headhunter D.C. mais uma vez participará de uma coletânea da gravadora. Dessa vez será lançada a “Somewhere in Brazil… The Brazilian Tribute to Iron Maiden”, e a banda baiana apresentará sua versão para “To Tame a Land” do álbum “Piece of Mind” (1983). “Eu já tinha essa versão na cabeça há vários anos, sempre quis gravá-la, então o convite para o tributo ajudou a colocar os planos em prática”, revelou o vocalista Sérgio “Baloff” à Brauna Music Press.

Sérgio também comentou como foi fazer uma versão extrema para uma música tão detalhista. “É uma música supercomplexa e seria um tanto complicado reproduzi-la em nossa afinação, mas como eu já tinha essa versão Death Metal na cabeça, incluindo os arranjos em nosso estilo, tudo correu bem naturalmente em todo o desenvolvimento e concepção da releitura”. Para a parte vocal, Baloff teve que trabalhar mais para se adequar ao instrumental. “Sim, criar uma vocalização gutural pra ela também foi outro aspecto complicado, pois não mexemos em sua estrutura original, todas as melodias do instrumental foram mantidas intactas”, disse.

Fã confesso de Iron Maiden, o vocalista do Headhunter D.C. ficou muito entusiasmado em participar de mais um projeto da Secret Service, sobretudo regravar um de seus hinos preferidos da “Donzela”. “Acabou sendo também uma realização pessoal para mim, pois sou fã dos primeiros álbuns do Maiden e ‘Piece of Mind’ é o melhor deles para mim. Sempre pensei que, se for para um dia gravar uma música dos mestres, que seja logo a melhor ‘lado B’ do mundo (risos), além de que, gostamos de desafios, então por que ser mais uma banda a gravar versões para ‘Aces High’ ou ‘The Trooper’?”, questiona.

A versão do Headhunter D.C. para “To Tame a Land” teve a participação de Fernando Costa do Insaintfication no baixo e foi finalizada em novembro de 2019. A Brauna Music Press teve acesso ao áudio da releitura e constatou que a versão Death Metal que a banda fez prima pela qualidade, respeito e dignidade de fazer tributo a um dos maiores nomes do Heavy Metal mundial. Em breve a Secret Service publicará o dia do lançamento.

Atualmente Headhunter DC é formada por:
Sérgio “Baloff” Borges – Vocal
George Lessa – Guitarra
Tony Assis – Guitarra
Zulbert Buery – Baixo
Daniel Brandão – Bateria
 
Acompanhe a banda pelo streaming:
 
Mais informações:

Ghost Toast: grupo lançou o primeiro videoclipe, “Frankenstein’s”, do seu próximo quarto álbum!

Ghost_Toast-promo_pic-2020_1

A banda experimental de Rock Progressivo húngaro Ghost Toast está prestes a lançar seu quarto álbum de estúdio “Shape Without Form” em 3 de março de 2020 pela Inverse Records.

A banda lançou um videoclipe para o primeiro single “Frankenstein’s”, que pode ser visto abaixo:

O guitarrista  Rózsavölgyi Bence comentou:

Frankenstein’s é principalmente inspirado em trilhas sonoras. A introdução teatral aparentemente diferente para piano e a parte mais pesada e estranha da assinatura do tempo são costuradas no final. Desta vez, queríamos fazer um videoclipe para uma música mais curta, e achamos que é uma peça muito boa para começar a jornada que as outras seis músicas do Shape Without Form oferecerão a você. O videoclipe é sobre monstros. Os que criamos e os que vivemos no mesmo planeta através dos tempos; sejam apenas criações da nossa imaginação ou reais. A lista não está completa, é claro … A história tem milhares de monstros, fato que deve ser pensado. Usamos filmes de terror e documentários antigos para a produção deste vídeo.”

Ouça o single pelo streaming:
Youtube: https://youtu.be/-gh-HXLk_hk
Spotify: https://spoti.fi/2RxA7tx
Deezer: ttps: //www.deezer.com/us/album/126961632
Tidal: https://listen.tidal.com/album/128493922
Apple Music: https://apple.co/38Nktjx

A arte do álbum foi desenvolvida por: Antal Miklós Tod

Tracklist:
01. Frankenstein’s
02. Eclipse
03. Y13
04. Hunt of Life
05. Follow
06. Before Anything Happens
07. W.A.N.T.
 
Ghost Toast é formado por:
Bence Rózsavölgyi – Guitarra
János Stefán – Baixo/FX
János Pusker – Violoncelo/Teclado
László Papp – Bateria
 
Links relacionados:

A Drink To Death: grupo libera primeiro single da carreira, “Behind the Truth”

A Drink To Death - 01

Formado inicialmente no ano de 2015, A Drink To Death, realmente começou sua trajetória na música em 2017. Um dos motivos foi a falta de tempo dos músicos e a dificuldade em encontrar músicos para compor o line do time.

Após os problemas superados, a banda fez várias apresentações em sua cidade natal, Brasília/DF, e fincou seu nome como uma das grandes bandas de Djent/Death Metal do estado. Apesar das várias apresentações, algo estava faltando para que o país e o mundo realmente soubessem quem era A Drink To Death, e isso acaba de acontecer.

O primeiro single oficialmente apresentado pelo grupo, “Behind the Truth”, é oficialmente lançado no canal de YouTube do grupo e apresenta uma banda coesa, pesada, precisa e extremamente agressiva. Confira o single abaixo:

A banda também confirma estar em processo de gravações do primeiro álbum da carreira e muito em breve, irá conceder várias informações acerca desse aguardado trabalho. Outra importante informação revelada, é que, agora A Drink To Death é assessorada pela Roadie Metal.

A Drink To Death é formado por:
Filipe Vasconcelos – Vocal
Erick Lucas – Guitarra
Jeff  Leite – Guitarra
Guilherme Marcos – Baixo
Aquiles – Bateria
 
Mais informações: