Havok: grupo lança “Phantom Force” o primeiro single e videoclipe do próximo álbum “V”

Havok

Os thrashers do Colorado, EUA, Havok, estão começando a campanha para o seu próximo álbum de estúdio intitulado “V”, que será lançado mundialmente em 01 de maio de 2020 pela Century Media Records, hoje com o lançamento de seu primeiro single “Phantom Force”.

O guitarrista Reece Scruggs, comentou sobre a música da seguinte forma:

“Em algum lugar no meio da gravação de“ V ”todos nós nos reunimos e tomamos a decisão de que precisávamos de uma faixa de descascador de rosto. Lembro-me de David dizendo “Reign In Blood tempo”, então inventei algo quase imediatamente e enviei para os caras. Além de alguns detalhes estilísticos sutis, ele permaneceu fiel ao conceito original. “Phantom Force”, como primeiro single, garantirá aos nossos fãs e céticos que não perdemos um passo na produção de Heavy Metal cruel, direto e sem truques”.

O guitarrista e vocalista, David Sanchez, acrescentou o seguinte no que diz respeito a letra da faixa:

“Phantom Force” é sobre as mortes misteriosas que ocorrem durante a paralisia do sono no povo Hmong. Essas pessoas fugiram de sua terra devastada pela guerra e não conseguiram escapar de um destino aterrorizante. O objetivo deste vídeo era representar visualmente o medo e o pânico que as pessoas devem ter sentido pouco antes de sua morte noturna repentina. Assista por sua conta e risco … ”

Assista ao videoclipe de “Phantom Force”, dirigido por K. Hunter Lamar da Digital Myle:

A faixa também foi adicionada à playlist “Thrashers” no Spotify, que apresenta o Havok em sua capa:

 

“V” estará disponível em CD digipak de edição limitada, incluindo um logotipo da Havok na sua primeira prensagem e como LP em vinil 180g com poster A2. Ao lado da versão ilimitada em vinil preto, haverá também outras edições limitadas do lançamento em cores.

Havok - V

Tracklist:
01 – Post-Truth Era
02 – Fear Campaign
03 – Betrayed by Technology
04 – Ritual of the Mind
05 – Interface with the Infinite
06 – Dab Tsog
07 – Phantom Force
08 – Cosmetic Surgery
09 – Panpsychism
10 – Merchants of Death
11 – Don’t Do It
 
Havok é formado por:
David Sanchez – Vocail/Guitarra
Reece Scruggs – Guitarra/Vocais
Brandon Bruce – Baixo/Vocais
Pete Webber – Bateria
 
Links relacionados:

Autoclismo: a loucura, o profano e a ruína econômica e social são o fio condutor de “Page”, primeiro clipe do trio instrumental piauiense.

Autoclismo

O Autoclismo é um trio instrumental formado em Teresina no ano de 2018 por Lucas Barbosa (guitarra), Fernando Castelo Branco (baixo) e Jarrel Santos (bateria), com influência de Rock Alternativo, Hardcore e nuances experimentais. A banda já lançou três registros online, o “Autobootleg” e a “Autojam” (ambos de 2018) e o EP “Apocrita” (2019), com duas faixas gravadas no Orange Estúdio e disponível nos streamings.

A loucura, o profano e a ruína econômica-social são o fio condutor de “Page”, faixa inédita escolhida para o primeiro videoclipe do projeto piauiense. As imagens foram gravadas nas ruínas da sede e capela do antigo sanatório Meduna, onde durante três décadas habitaram loucos e pessoas “socialmente indesejáveis”. Falido e decadente, o sanatório foi vendido a um conglomerado imobiliário para construção de um shopping.

Assista ao videoclipe de “Page” no youtube da banda:

“Page” tem roteiro, produção, edição e colorização de André Leão (@geminiagencia) e foi
gravado em Teresina no final de janeiro de 2020.

“Page” também pode ser ouvida em todos os serviços de streaming!

Autoclismo é formado por:
Lucas Barbosa – Guitarra
Fernando Castelo Branco – Baixo
Jarrel Santos – Bateria
 
Mais informações:

Black Lotus: banda espanhola de Doom Metal lança novo videoclipe!

black_lotus-promopic-2020_1

A banda de Heavy/Doom Metal, Black Lotus, com sede em Barcelona, lança um novo vídeo chamado “Kings”, a faixa de abertura do álbum “Sons of Saturn”, lançado pela Inverse Records. Uma música baseada na submissão da humanidade através do medo e da guerra por diferentes formas de tirania ao longo da história.

Black Lotus continua subindo ao palco enquanto trabalha no novo material para seu segundo álbum, esperamos, ver a luz em breve. Em janeiro passado, eles dividiram o palco com Lord Vicar em sua última apresentação na Espanha.

Assista ao vídeo da música “Kings”:

“Sons of Saturn” está disponível em todas as plataformas digitais:

 

Track list:
01. Kings
02. The Sandstorm
03. The Pyre 
04. Protective Fire
05. Taurobolium
06. Sons of Saturn
07. The Swamp
08. Return to Erebus 
 
Black Lotus é formado por:
Cristian Vil – Baixo/Vocal
Caio Pastore – Guitarra
Hug Ballesta – Bateria/Vocal
 
Links relacionados:

Devangelic: grupo lança seu novo álbum “Ersetu” em maio pela Willowtip Records

devangelic

Os Devangelic estão de volta com seu terceiro álbum, “Ersetu”.

Nomeado após o termo acadiano de “Submundo da Mesopotâmia/Reino dos Mortos”, “Ersetu” é um álbum conceitual baseado no mito de Annunaki “Aqueles que do Céu à Terra Chegaram”. O mito explora a teoria da criação através do DNA alienígena, da escravidão humana e da lenda da grande serpente (The Knower) como emblema de Enki e de dois de seus filhos, Ningishzidda e Marduk.

A banda comenta sobre o álbum: “Nós trabalhamos duro nos últimos dois anos para criar nossas melhores músicas; o novo esforço é certamente o material mais brutal e maduro até hoje. O conceito, música e letra representam um novo capítulo da carreira da banda. e sobre o que o Devangelic seguirá com os futuros lançamentos”.

A banda acaba de lançar o primeiro single do álbum, “Sigils of Fallen Abominations”, confira a faixa agora:

Com 9 faixas de Death Metal de outro mundo, “Ersetu” é uma jornada pela terra antiga da Mesopotâmia, tudo combinado com os elementos mais sombrios da religião e deidades dos sumérios.

Tracklist:
01 – Swarm Of Serpents
02 – Upon The Wrath Of Divinities
03 – Eyes Of Abzu
04 – Subterranean Revelations
05 – Embalmed In Visceral Fluids
06 – Throne Of Larvae
07 – Vomiting The Infected
08 – Sigils Of Fallen Abominations
09 – Cryptic Resurrection

Devangelic é formado por: 
Paolo Chiti – Vocal
Mario Di Giambattista – Guitarra
Alessio Pacifici – Baixo
Marco Coghe – Bateria

Mais informações:

 

 

Bailout: lançado o segundo álbum do grupo “Road to redemption”

boilout

O grupo finlandês Bailout, lançou seu segundo álbum “Road to Redemption” hoje 21 de fevereiro.

A banda existe desde 2010 e eles pensam que seu som está começando a estar onde deveria estar: Rock pesado, cativante, com uma pitada de Rock Progressivo, trompete e metal dos anos 90. Os vários estilos e gostos musicais da banda foram forjados com sucesso para uma expressão musical natural e única.

“Road to Redemption” é uma jornada colorida, como a faixa de abertura “Just a Ride” parece implicar. Ganância, desesperança, nostalgia, afundando nas profundezas da mente, virando a página – o que vem a seguir? O álbum é um marco importante para a banda em termos de expressão musical e composição de músicas. A partir de agora a banda sente que não há limites e tudo é possível. O álbum inicia um novo capítulo na história do Bailout.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre, possível texto que diz "BALUUT ROAD TO REDEMPTION REDEMPTION"

Tracklist:
01 – Just a Ride
02 – Ozymandias
03 – Road to Redemption
04 – Desert of Ecstasy
05 – 1999
06 – A Crack in the Mirror
07 – Into the Light
08 – Accelerated Evolution
09 – Raison D’etre

 

Ouça o álbum “Road to Redemption” pelo streaming:
Spotify: https://spoti.fi/37KVuMT
Apple Music:https://apple.co/32fi3YO
Amazon: https://amzn.to/2ukv6vy
Deezer: https://www.deezer.com/us/album/129378942
Tidal: https://listen.tidal.com/album/129791398

Mais informações:

 

Warshipper: grupo propõe conceito de esterilidade social em novo álbum “Barren…”

Warshipper com Fernanda Lira e o produtor Rafael Augusto Lopes_Low

Previsto para ser lançado em Junho, o terceiro álbum cheio do quarteto contará com a participação especial de Fernanda Lira da banda Nervosa

O conceito de grotesco surgiu na história da arte ainda na Roma antiga durante a Renascença. Porém, talvez, nunca tenha existido outra linguagem capaz de expressar tão bem o conceito de arte grotesca do que o Death Metal. Não obstante, são em tempos sombrios, como o atual, em que o grotesco exerce protagonismo perante o belo. De forma que é chegado, então, o momento do Warshipper assumir-se protagonista nesse movimento de música extrema.

Formado em 2011, o Warshipper nasceu já constituído de muita experiência, afinal, reúne em seu line-up um ex-Bywar, Renan Roveran (guitarra/vocal), e um ex-Zoltar, Rodolfo Nekathor (baixo/vocal), além de outros dois exímios músicos, Rafael Oliveira (guitarra) e Roger Costa (bateria). Até aqui lançaram dois álbuns, “Worshipper of Doom” de 2015, e “Black Sun” de 2018, e um single, “Atheist”, de 2019. Em termos de palcos, já fizeram dezenas de shows expressivos, alguns ao lado de atrações internacionais como Warrel Dane (Nevermore/Sanctuary – RIP), Enthroned, Besatt, entre outros. Ademais, no ano passado, realizaram uma de suas mais importantes empreitadas: uma bem-sucedida turnê europeia que contou com 10 shows em sete países: Alemanha, Bélgica, Holanda, França, Áustria, Eslováquia e República Tcheca.

De volta aos estúdios, o Warshipper prepara agora aquele que pretende ser o seu mais importante álbum até aqui:
“Barren…”, terceiro álbum cheio do quarteto, está sendo gravado no Casanegra Studio em São Paulo/SP sob produção de Rafael Augusto Lopes (Zumbis do Espaço, Living Metal), e vai reunir 11 faixas inéditas: “Barren Black”, “Axiom”, “Respect!”, “Rabbit Hole”, “Embryo”, “Numb – Pleasures of Possession”, “Beneath The Burden”, “Licking The Wounds”, “Anagrams Of Sorrow”, “Compulsive Trip” e “Knowing Just As I (Detachment)”.

De acordo com Renan Roveran, “Barren…” será o primeiro disco conceitual do Warshipper e sugere a definição de esterilidade sob uma perspectiva social.

“O disco retrata, através de leituras distintas, a perspectiva “estéril” dos sujeitos diante de predefinições de padrão de normalidade que são impostas pelas sociedades em suas mais diversas facetas, seja por questões de gênero, raça, orientação sexual, dependência química ou mesmo condição emocional/mental”, explica o músico que complementa: “Ao nos propormos à desconstrução de tais padrões, em diversos níveis, nos depararmos com essa dolorosa realidade: uma visão inóspita quanto à felicidade e sensação de valor. A vida é cruel, traumática, e quanto mais compreensão disso temos, mais negativa é a perspectiva. Estéril, de fato.”

Ainda de acordo com Renan, embora possa ser considerado um disco conceitual, “Barren…” explora o tema com pluralidade, de forma que cada música pode ser resolvida individualmente, mesmo que todas as 11 faixas estejam conectadas pelos aspectos traumáticos de como nossa sociedade propõe-se a funcionar.

“Todas e todos, individualmente, temos nossas dores, traumas e sofremos com o impacto da sociedade em que estamos introduzidos, porém, é impossível não perceber que há determinados grupos que são vítimas
de uma segregação condicional estúpida e que sem dúvida estão mais expostos aos flagelos das imposições de nossos sistemas sociais, políticos e religiosos. E assim como a desconstrução subjetiva, a empatia é uma das principais ferramentas para nos sensibilizarmos com estas causas e vencermos, juntos, os desafios herdados do meio em que fomos criados. É um caminho sem volta, sem fim, mas é apenas a partir do momento em que nos disponibilizamos abertos à luta contra o preconceito, intolerância e diferenças, que teremos a oportunidade de aprender e descobrir mais sobre nós mesmos. Estamos abertos a isso e nossa sincera demonstração dessa atitude é através da arte. Eis aqui mais esse álbum do Warshipper: “Barren…””

Previsto para ser lançado no Brasil em Junho pela gravadora Songs For Satan, “Barren…” contará com a participação especial de Fernanda Lira na faixa “Respect!”. A vocalista da banda Nervosa esteve no Casanegra Studio com a banda no início desse mês de Fevereiro gravando sua colaboração.

Outras informações sobre o álbum, inclusive data de lançamento, serão divulgadas em breve.

Ouça o Warshipper pelo streaming:
Spotify: https://spoti.fi/2uL3y2A
Deezer: http://bit.ly/2SNkJZ8
iTunes: https://apple.co/2SveLgV

Mais Informações:
www.facebook.com/warshipper
www.instagram.com/warshippermetal
www.youtube.com/warshipperband

Sangue de Bode: a morbidez sonora do grupo, em lançamento de disco

Sangue de Bode

Sangue de Bode é uma banda de Metal extremo fundada na região serrana do Rio de Janeiro, no final de 2017, por João (Baixo e Voz), Fontes (Guitarra) e Gabriel (Bateria). Sem rédeas na língua e indo estritamente ao ponto, o trio aborda relatos, angústias, e uma realidade tão crua que até o melhor dos estômagos se esforça para digerir, apresentando uma atmosfera obscura e densa, sem perder a pegada experimental que o Sangue de Bode aborda em seu universo. 
 
Começando 2020 surtado, Sangue de Bode lança seu primeiro álbum. O full conta com 12 faixas bem resolvidas, que tratam desde dias conturbados à críticas sociais e revolta. Sobre traumas pessoais, e problemas de todo mundo. “A sombra que me acompanhava era a mesma do Diabo”, foi o nome dado ao trabalho, que acaba de ser lançado em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e texto

Confira aqui “A sombra que me acompanhava era a mesma do Diabo”:
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

 

Carniçais: grupo anuncia capa, tracklist e data de lançamento de seu debut álbum, intitulado “Portal de Plutonium”.

Carniçais

O trio piauiense de Death Metal Carniçais, criada em 2015 por Maldito/voz e baixo, Misahell/voz e guitarra e Delbar/bateria (ex-membros de bandas como Hommicide, Desgraça Maldita, Medieville, Cerberus Bestial, entre outra), encontra-se na reta final dos preparativos para o lançamento de seu debut álbum sob o título de “Portal de Plutonium”. A banda disponibilizou algumas informações referente ao lançamento do mesmo liberando capa, tracklist e data de lançamento. O álbum terá seu lançamento realizado pela gravadora Songs for Satan de Belo Horizonte-MG, onde possivelmente acontecerão alguns shows em BH e também em regiões próximas.

O disco apresentará oito sons com uma proposta simples e certeira de fazer Death Metal, a proposta lírica que busca abordar vários temas em uma visão própria, criando um submundo de ideologias, ambientes macabros e míticos.

“Portal de Plutônio” foi gravado nos Studios Caverna Produções (Gravação da bateria e guitarras) e Grotesko Home Studio (Gravação das vozes e baixo). Mixagem e masterização: Vadison Maldito e Cláudio Caverna e produção por Carniçais e a previsão de lançamento é para meados de maio.

Convocamos todas as criaturas com fome carniçal para acompanhar a horda faminta!

Track list:
01 – Supremo Morto
02 – Vozes Insanas
03 – Portal de Plutonium
04 – In Praetorium de Ossa
05 – Livro das Sombras
06 – Pacto de Sangue
07 – Passagens Abissais
08 – Sucumbindo a Fé

Line up:
Maldito – Voz e Baixo
Misahell – Voz e Guitarra
Delbar – Bateria

Links relacionados:
www.facebook.com/Carnicais/
www.facebook.com/songsforsatan/
www.songsforsatan.com/aka_funeral/

Assessoria de Imprensa:
www.cangacorockcomunicacoes.com/
www.facebook.com/cangacorockcomunicacoes/

Malkuth: grupo anuncia desligamento do baterista Vetis

MALKUTH_Nota_Oficial

Os pernambucanos do Malkuth estão iniciando 2020 passando por mais uma reformulação em sua formação.

A banda anunciou em suas redes sociais o desligamento do baterista Vetis: “Sua saída foi amigável e o agradecemos imensamente pela colaboração prestada no Malkuth nestes últimos meses. Nos próximos dias, divulgaremos aqui o nome do novo baterista que irá substituí-lo.”

Leia a nota completa aqui:

https://www.facebook.com/MalkuthOfficial/photos/a.169815036540809/1327210760801225/

Siga o Malkuth nas redes sociais e fique por dentro dos próximos anúncios:
Instagram: https://www.instagram.com/malkuth.band/
Facebook: https://www.facebook.com/MalkuthOfficial/

Em paralelo, o guitarrista e vocalista Sir Cernunnus Ashtaroth concedeu recentemente uma entrevista ao site Arrepio Produções, onde falou um pouco mais sobre o início do grupo, discografia, atual trabalho “Voodoo”, formações, planos para uma possível turnê internacional, novo álbum, cenário nacional e muito mais.

Leia a entrevista completa aqui:

 https://www.arrepioproducoes.com.br/entrevistas/?n=67VyDq5Tr8

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/MalkuthOfficial/
https://www.instagram.com/malkuth.band/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/Malkuth/38

Facing Fear e Balística: juntos em Nilópolis/RJ

facing-fear-e-balistica-624x624

O bar Usina do Metal promoverá mais uma noite de som pesado no Rio de Janeiro com as bandas Facing Fear e Balística. Não haverá cobrança de ingresso, apenas contribuição voluntária ao show que está marcado para o dia 14/03 às 20h (sábado). O local do evento apoiado pelo Headbanger Motoclub, Live Rock, Brian Rock, República Rock, Ruídos do Rock, Rock Oculto e Porão Produções fica na Rua Roldão Gonçalves, 1795, Nilópolis/RJ.

Conheça as Bandas:

Facing Fear

Um dos nomes mais conhecidos do metal carioca na atualidade, a Facing Fear foi ovacionada pelo público ainda no primeiro EP “Lutaremos pelo Metal” (2017), de onde saiu o hit “I Wanna Play the Sound”, que foi regravado no álbum “Ana Jansen” (2019), levando o quarteto a uma posição privilegiada na cena nacional. “Hell’s Killer”, “Calling Me” e “We are Facing Fear” são outros destaques do full length lançado pela Classic Metal Records.

Spotify: https://sptfy.com/anajansen

Balística

Ativa há cinco anos, a Balística é formada por membros do Headbanger Motoclub de Nilópolis e executa um repertório variado com grandes nomes do Rock’n’Roll e Heavy Metal, além de canções próprias.

Contato: https://www.facebook.com/balisticarock

Serviço:
Facing Fear e Balística
Data: 14 de março de 2020, 20h (sábado)
Local: Usina do Metal
Endereço: Rua Roldão Gonçalves, 1795, Nilópolis/RJ
Entrada: contribuição voluntária
Apoio: Headbanger Motoclub, Live Rock, Brian Rock, República Rock, Ruídos do Rock, Rock Oculto e Porão Produções
Realização: Bar Usina do Metal