Quilombo: “Itankale” – EP (2019)

Quilombo-500px

Quilombo, grupo formado em 2018, na cidade de São Paulo-SP, por Allan Kallid (guitarra e baixo) e Panda Reis (bateria e vocal),  ambos integrantes do grupo de Death Metal Oligarquia.

Lançaram em 2019 o seu primeiro registro, o EP intitulado “Itankale”, que teve boa aceitação tanto do público quanto da mídia especializada, sendo citado em diversas listas entre os melhores do ano. Quilombo traz em “Intakale”, um som visceral, sujo e cru. Um Death Metal que flerta com o Grindcore e tem severas pitadas de Hardcore.

“Death Metal Contra o Racismo”, isso mesmo, “Intankale”, contém 6 faixas cantadas em português, que questionam e contam a história de bravura e luta dos negros africanos escravizados com a veracidade dos fatos, pela visão de quem apanhou, foi acorrentado, tirado do seu povo e de seu país, açoitados, torturados e mortos em senzalas e troncos mundo afora. E que mesmo depois deste passado sombrio ainda lutam por seu lugar na sociedade até os dias atuais.

“Itankale”, não segue uma linha reta e especifica de uma música para a outra, sendo umas mais cadenciadas e arrastadas e outras mais rápidas. Tem letras expressivas e uma sonoridade monstro, que não tem meio termo; é Death Metal lotado de influências Grindcore, cru, bruto, carregado de agressividade e cheio de mudanças de ritmo. Que na minha opinião é um dos pontos fortes de toda obra, o uso evidente de percussões da música afro com elementos tribais é executado com maestria. O EP já começa a envolver pela inovação e concepção da arte de capa, cheia de personalidades negras de diferentes épocas. Introduções belíssimas que nos conduz musicalmente do Blues ao Reggae, completam a obra. Tendo como destaque “Melanina”, que abre o EP, com seu linguajar africano, “Treze Nações”, com seus berimbaus e percussões e “Diáspora” que abre com um puta reggae, que precede os vocais gritados e urrados que alicerçam uma base instrumental e brutal.

Emfim “Itankale” é um registro que certamente arrancará elogios de headbangers e de quem curte metal extremo de qualidade, que peca somente por ser muito curto, deixando aquele gostinho de quero mais… É um registro para constar não só nas coleções de quem curte metal extremo, mas é uma obra pra quem curte, ancestralidade, história e arte.

Ouça o EP “Itankale” nos links abaixo:
YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=q0zv1mGUS7M&feature=emb_title
Bandcamp: https://quilombo.bandcamp.com/album/itankale

Tracklist:
1 – Melanina
2 – Ancestralidade
3 – Treze Nações
4 – Descendentes de Reis
5 – Semideusas
6 – Diáspora D.C

Quilombo é formado por:
Allan Kallid – Guitarra/Baixo
Panda Reis – Bateria/Vocal

Links relacionados:
www.facebook.com/Quilombometal/
www.twitter.com/quilombodeath

4 pensamentos sobre “Quilombo: “Itankale” – EP (2019)

  1. Pingback: QUILOMBO: “é uma obra pra quem curte Metal Extremo, ancestralidade, história e arte” – HeavyMetalToTheWord – Sangue Frio Produções

  2. Pingback: QUILOMBO: “Itankale” ganha positivo destaque na imprensa especializada – Sangue Frio Produções

  3. Pingback: QUILOMBO: “Itankale” ganha positivo destaque na imprensa especializada | RioMetal Press

  4. Pingback: QUILOMBO: “é uma obra pra quem curte, ancestralidade, história e arte” – Heavy Metal To The World – Sangue Frio Produções

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s