Veio Rock: videoclipe oficial de “Instante” é comovente e emocionante, assista

Veio ROck - 06

O artista Vagner Luiz, conhecido como Veio Rock, vem trabalhando pesado nas gravações das músicas que farão parte de seu primeiro álbum de estúdio. Duas músicas desse trabalho já se encontram disponíveis nas principais plataformas digitais, são elas “O Vilão” e “Instante”.

Se aproveitando de um talento incrível, o projeto Veio Rock aborda em suas letras temas pessoais, introspectivos e até mesmo divertidos, tudo que um bom e velho Rock and Roll possuí. Os arranjos caminham sobre linhas tradicionais e clássicas do Rock, Blues, Southern e até mesmo Country, comprovando o talento de transitar em vários estilos diferentes do artista Vagner.

O primeiro clipe oficial do Veio Rock foi lançado recentemente no canal oficial do artista no YouTube. A música “Instante” apresenta o músico e compositor Vagner Luiz, em ação através de imagens muito bem captadas e elaboradas em uma perspectiva sobre o “Velho Oeste”.

Confira:

Siga o trabalho do Veio Rock pelos links abaixo:
Facebook: https://www.facebook.com/vagnerveiorock/
Instagram: https://www.instagram.com/veiorock_oficial/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCfb-9-3Wb6bQ8QjUBzKYsBQ

Barril De Pólvora: banda se apresenta no “Camping Rock 2019”, em Araçaí/MG

Barril de Polvora

O maior festival de música independente de Minas Gerais, “Camping Rock”, comemora vinte anos de criação em 2019 e, para esta edição, o evento levará à Estância Veredas, em Araçaí/MG, dezenove bandas distribuídas nos dias 20, 21, 22 e 23 de junho.

Harmonia, Interatividade e Rock’n’Roll. Camping & Rock é um festival brasileiro de Rock’ n Roll que acontece anualmente no estado de Minas Gerais, desde 1998. Tem duração de quatro dias, geralmente coincidindo com o feriado. O evento surgiu tímido, um embrião que, aos longos dos anos, tomou forma e conquistou um público fiel, que transformou o Camping Rock numa referência de festival de Rock no mato no Brasil. Música e Natureza O festival atrai pessoas de várias regiões do estado de Minas Gerais e do Brasil, de todas as idades e tribos diferentes no cenário do Rock, de forma harmônica, no qual todos têm como objetivo curtir muito som junto à natureza e, consequentemente, ‘se isolar’ um pouco da urbanização e da rotina”, diz publicação na página do evento no Facebook.

Entre as bandas confirmadas, a Barril De Pólvora tocará no primeiro dia do festival, com um set list que promove o álbum “Barril de Pólvora”, lançado em 2018. A banda ficou conhecida no Brasil e países vizinhos pelos estilos Blues Bock e Heavy Metal das oito faixas do CD. Formado por músicos veteranos de Belo Horizonte/MG, o grupo já está em processo de composição do novo álbum que deverá sair no próximo ano, ou antes, dependendo da agenda de shows que a cada instante recebe novas datas.

A ordem do cast do “Camping Rock 2019”está dividida da seguinte forma:
 
Dia 20/06
Blues Horizonte Band/MG
Metalzone/MG
Pesta/MG
Barril De Pólvora/MG
Uai Heep/MG
 
Dia 21/06
Ablusadas/MG
Exorddium/MG
Calix/MG
Mantra/MG
Apple Sin/MG
More Beer/MG
 
Dia 22/06
Parafernália/DF
Alexandre Araújo Prog/Blues/MG
By the Pound/MG
Blind Horse/RJ
Wild Leather/MG
Bullet Train/MG
 
Dia 23/06
Lançamento Banda Rock Progressivo Autoral/MG
Honky Tonk/MG
 
O ingresso para o festival já está em seu segundo lote e é válido para os quatro dias de programação. A entrada que custa R$ 180,00 pode ser comprada através de depósito bancário ou pela plataforma do PagueSeguro em até dezoito parcelas. As orientações e informações estão no site: www.ahoradodinossauro.com.br.
 
Serviço:
Camping Rock 2019
Bandas: Ablusadas – Alexandre Araújo Prog/Blues – Apple Sin – Barril de Pólvora – Blind Horse – Blues Horizonte Band – Bullet Train – By the Pound – Cálix – Exorddium – In Rock – Honky Tonk – Mantra – Metalzone – More Beer – Parafernália – Pesta – Uai Heep – Wild Leather
Data: 20,21,22 e 23 de junho, 8h00 (abertura dos portões)
Local: Estância Veredas, Estrada de Araçaí para Sete Lagoas, km 2,5 – Araçaí/MG
Entrada: R$ 180, 00 (segundo lote)
Realização: Programa A Hora do Dinossauro

Madre Cassino: “Offroad” é um clipe para os fãs de Rock and Roll e carrões

Madre Cassino 01

Quando surgiu para o mundo, a banda Madre Cassino, não imaginava o quanto seu trabalho repercutiria no país. Muito desse reconhecimento veio logo após o lançamento do primeiro EP e intitulado de “Offroad” (2012).

O registro com suas cinco faixas foi um verdadeiro estouro, apresentando uma sonoridade bem trabalhado e um conjunto de criação bem elaborado, o EP é uma efervescente mistura de Rock com Blues, Hard Rock e Classic Rock.

Após o lançamento de “Offroad”, a banda obteve várias portas abertas e nesse tempo, vem se apresentando com frequência em festivais, pubs, casas de eventos e shows de menores proporções, tudo a convite de produtores do interior de São Paulo.

Em 2015, a Madre Cassino apresentava aos fãs o primeiro vídeo oficial da carreira, era disponibilizado no YouTube do grupo o clipe da música “Offroad”. Com imagens muito bem captadas e um enredo que prende a atenção do telespectador, o vídeo é um excelente cartão de apresentação para quem ainda não conhece o trabalho e sonoridade da Madre Cassino. Confira:

Formação:
Micali – (Vocal)
Robles – (Guitarra)
Jhe Bouvie – (Baixo)
Roko Souza – (Bateria)
 
Mais informações:

Origens: lança “Adaptação”, um álbum de muitas texturas

Origens - 2018-04-13 at 13.39.59

Parte dois da trilogia iniciada ano passado está nas plataformas de streaming pela Abraxas Records

Chega às principais plataformas de streaming nesta sexta-feira o álbum “Adaptação”, segunda parte da ousada e alucinante trilogia do projeto Origens, idealizado pelo alagoano Alessandro Aru.  Ouça as cinco faixas aqui: https://ONErpm.lnk.to/Origens.

Carregado de diversas texturas de Hard Rock, Rock Progressivo e a psicodelia, além de claras referências à música brasileira, Adaptação direciona à sonoridade ao cotidiano, tanto nas harmonias como nas letras.

Assim como na primeira parte da trilogia, Alessandro convocou um time de peso do novo rock brasileiro para gravar Adaptação: Daniel Gontijo, Daniel Queiroz, Dinho Zampier, Fernando Coelho, Fred Hollanda, Hélio Pisca, Jeff Joseph, João Paulo, Leonardo Luiz, Nardel Guedes, Ney Guedes, Pedro Salvador, Phillipe Hollanda, Railton Sarmento, Renan Carvalho, Ricardo Lopes, Rogério Cavalcante e Ronaldo Rodrigues contribuíram de forma inspirada com suas interpretações e arranjos.

Acesse o site da Abraxas e fique por dentro das novidades de todas as bandas nacionais e internacionais do cast, além de ter acesso aos produtos à venda na loja virtual: www.abraxas.fm

Mais informações:
55 (19) 99616-2999 (cel e whatsapp)

McGee & the Lost Hope: abre financiamento coletivo para turnê nos EUA

McGee & the Lost Hope (crédito - Lorena Santiago)-2

Recompensas incluem de camiseta e CD até jantar com show acústico

Após a ótima repercussão do single “Magick Beings”, lançado pela Abraxas Records nas plataformas digitais, a McGee & the Lost Hope acaba de ser convidada para lançar o novo EP numa turnê pela Costa Oeste dos Estados Unidos. O giro passará por 13 cidades, como Portland, São Francisco, Las Vegas, Los Angeles, Denver e Seattle.

No entanto, para conseguir os recursos necessários à viagem, a banda da vocalista Mauren McGee e do guitarrista Bernd Barbosa criaram um   financiamento coletivo via Embolacha, com o objetivo de arrecadar R$ 20 mil em 50 dias. Acesse em http://www.embolacha.com.br/mcgee-the-lost-hope-west-coast-magic-tour.

O crowdfunding oferece diferentes opções de colaboração, com valores que variam de R$ 10 a R$ 600. As recompensas também dependem do aporte financeiro e vão desde postais autografados, camisetas, bonés, CD até jantar especial com show acústico na sua casa e artes – plásticas e visuais – produzidas pela própria Mauren.

“Precisaremos do apoio de todos que nos acompanham nessa jornada. Temos uma meta bastante ousada para cobrir os nossos gastos numa turnê internacional – e temos recompensas excelentes para quem estiver disposto a embarcar nessa jornada conosco!”, avisa a McGee & the Lost Hope.

A responsável pela turnê da McGee & the Lost Hope nos EUA é a produtora norte-americana  Distinction Music Management, de Seattle.

mcgee tour

Links relacionados:

 

Medusa Trio: álbum “Medusa Trio 10 Anos!” é lançado cheio de participações especiais

Medusa Trio (Foto Deca Pertrini) (2)

Robertinho do Recife, Sergio Hinds, Mozart Mello, Fernando Cardoso, Willie de Oliveira e André Cristóvam participam do novo trabalho do trio

Em 2017, o grupo instrumental Medusa Trio completa 10 anos de sua formação e, para comemorar este feito, está lançando um CD com vários convidados, que participarão, também, dos shows de lançamento deste. A formação atual é composta por: Milton Medusa, guitarra, Luis Pagoto, bateria, e Fernando Tavares, baixo.

O Trio do guitarrista santista Milton Medusa foi formado em 2007, em Santos, já se apresentou no Programa do Jô, na Rede Globo de Televisão, e acompanhou diversos artistas, como Frejat, Wander Taffo, Serguei, Percy Weiss, Willie de Oliveira, Kid Vinil, Mozart Mello, entre outros. Tem um CD lançado, em 2009, pela gravadora Som Original, com 3 músicas próprias no estilo Blues Rock, e já se apresentou nas unidades do SESC Santos, Bertioga, Presidente Prudente e Birigui, além de eventos realizados pelas prefeituras da Baixada Santista e São Paulo. Em 2014, foi destaque do 3º Santos Jazz Festival.

Seus integrantes são reconhecidos professores de música  e constantemente realizam workshops, além de terem matérias publicadas nos meios especializados. Em 2016 passaram a se dedicar à pré-produção de seu CD completo, que foi gravado entre abril e agosto deste ano e contou com a presença de vários convidados consagrados, que têm relação com a trajetória do Medusa Trio. O CD foi produzido no estúdio Purosom, em São Paulo, que possui os mais modernos equipamentos de gravação, assim como instrumentos e amplificadores de ponta  para registrarem com precisão a performance dos músicos.

Medusa Trio Capa

A arte gráfica foi desenvolvida por Michel Camporeze, que já fez trabalhos para bandas como Dr. Sin e Patrulha do Espaço. O álbum apresenta dez composições próprias, tendo na faixa “Blues do Medusa”  um bônus, lançada no CD anterior. Tendo como base inicialmente o estilo blues rock, as composições mais antigas, como “O Blues do Rock” e “Sábado de Sol”, seguem esta linha. Nas mais recentes e que foram compostas nos últimos 3 anos, como “Ondas Rolando no Mar” e “Libertadora”, outros estilos que influenciam o Trio estão presentes, como o Rock Progressivo, Hard Rock, Fusion, Clube da Esquina, Instrumental em geral, além da música brasileira feita por guitarristas brasileiros.

O cantor Willie de Oliveira (ex-Rádio Táxi e Tutti-Frutti), com quem o Medusa Trio se apresenta há vários anos,  participou na música “Ganhar e Perder”(Mílton Medusa), um autêntico Hard Rock brasileiro. Já o tecladista Fernando Cardoso (Violeta de Outono e Som Nosso de Cada Dia), especialista em órgão Hammond, participou nas faixas “Libertadora”, “Ganhar e Perder” e “6 Cordas & Muitas Alegrias”. Para celebrar a parceria, amizade e conexão com renomados guitarristas, Milton Medusa compôs a música “6 Cordas & Muitas Alegrias”, que contou com a participação de Sérgio Hinds (O Terço), Robertinho de Recife, Mozart Mello (Terreno Baldio e o maior professor de guitarra do Brasil) e André Christóvam, pioneiro bluesman brasileiro, que reside na Escócia, atualmente. Para a participação de cada um destes guitarristas, foi composta uma parte de acordo com seus estilos e, ao final, todos solam alternadamente num clima de jam total!

Links relacionados:

McGee & the Lost Hope: flerta com o occult rock em novo single

mcgee (1)

Magick Beings” tem a participação de Alex Veley, tecladista do Nando Reis

A vocalista Mauren McGee e o guitarrista B.B estão de volta com o novo single “Magick Beings”, gravado ao vivo – com a banda completa, Vitor Vieira (batera) e Matheus Vinicius (baixo) – no estúdio Juke Box (Rio de Janeiro) durante a turnê “Sensitive Woman Tour”, ainda na primeira metade deste ano. A música está disponível para streaming em plataformas online por meio da parceria da Abraxas Records com a Dinamite Records e a Tropical Fuzz Fever. Ouça aqui: https://onerpm.lnk.to/McGeeFtTheLostHope.

“Magick Beings” aproxima a McGee& the Lost Hope do occult rock, mas sem perder a aura psicodélica bluseira que caracteriza a banda. A faixa também conta com uma participação especial de peso: o tecladista Alex Veley, que há mais de 10 anos faz parte da banda de Nando Reis (ex-Titãs). Veley, assim como Mauren, é natural de Seattle (Estados Unidos).

Além do novo single, a banda promete novas músicas para 2018, embora ainda sem planos concretos para um álbum cheio. Sobre “Magick Beings”, B.B. comenta que trazer novas referências à McGee & the Lost Hope foi um “caminho natural” e é ainda uma composição bastante atrelada à experiências pessoais da vocalista Mauren. Tem elementos de blues, como sempre, e a letra segue uma temática mais ocultista e elemental, refletindo nossas práticas e experiências pessoais”, conta. “Criamos a trilha sonora para encorajar as pessoas a desenvolverem suas próprias experiências místicas”, finaliza o guitarrista.

Mais informações:
(19) 99616-2999