Ossos: compre o CD “O Caos em Mim” e ajude o jovem Kauan Machado em sua luta pela vida

Ossos Oficial

Kauan Machado é um jovem garoto que atualmente está com 15 anos e desde seu nascimento sofre com uma doença raríssima. Afligido pela Síndrome da Híper IGM tipo 1, doença que faz com que o corpo não produza nenhuma defesa, tendo como cura somente o transplante de medula, Kauan luta bravamente desde seu primeiro ano de vida quando foi diagnosticado com a doença.

Foi transplantado em agosto/2017, porém não deu certo, após o transplante teve várias complicações, no qual está até hoje no Hospital das Clínicas em tratamento. Devido a essas complicações, só pode ser realizado um novo transplante sendo um doador 100% compatível.

Sem alternativas para a cura, a Médica que acompanha o Kauan desde bebê, optou por fazer um novo tratamento que surgiu para a Imunodeficiência que ainda está em teste. Esse medicamento se chama IMUKIN, é um remédio importado, que custa em média R$ 7.000,00 por mês, por um período ainda indeterminado.

ossos - Kauan

Natural da cidade de Caxias/RS, o jovem Kauan, vem comovendo muitas pessoas com sua luta diária pela vida e a busca incessante de um amanhã sem medo de qualquer doença. Essa luta incessante chamou a atenção dos músicos do Ossos, banda também oriunda de Caxias/RS, que entrou de cabeça na briga pela vida de Kauan.

Os músicos do Ossos estão iniciando uma campanha online para ajudar na arrecadação do valor necessário para que o medicamento de Kauan seja adquirido, para isso, a banda estará disponibilizando à venda de seu mais recente álbum “O Caos Em Mim” e parte do valor arrecadado com as vendas, será revertida ao jovem na luta pelo seu tratamento.

O Ossos estará disponibilizando o CD físico pelo valor de R$15,00 mais o frete. Interessados em adquirir um excelente álbum e com um significado tão nobre, basta entrar em contato com a banda pelo link abaixo:

https://www.facebook.com/ossosodo98/

Veja o vídeo de Kauan Machado explicando sua doença:

Anúncios

Feios Sujos e Malvados: após 02 anos de atraso, banda confirma lançamento do primeiro álbum “Tortura”

Feios Sujos e Malvados 02

O grupo Feios Sujos e Malvados no ano de 2016 gravou e produziu o primeiro álbum da carreira, intitulado de “Tortura”, o disco que seria lançado no mesmo ano, obteve inúmeros problemas alheios aos interesses do grupo e não foi disponibilizado oficialmente em nenhum formato possível.

Alguns poucos amigos e fãs do grupo que é originário de Marabá/PA, obteve o registro em forma digital e enviado diretamente pelos músicos da banda. Porém, agora em 2018, o Feios Sujos e Malvados, começam a retrabalhar o lançamento do álbum “Tortura”, após 02 anos de atraso. O disco que está pronto, será liberado primeiramente em todas as plataformas de Streaming do mundo. Usúarios de Spotify, Deezer, ITunes, Google Play, Amazon, Napster e outras plataformas, terão o disco em sua totalidade para apreciação.

Feios Sujos e Malvados - capa

“Tortura” possui 14 faixas que mesclam Hardcore com Crossover e Thrash Metal por uma das bandas mais importantes do estado do Pará. Em atividade desde 2013, o Feios Sujos e Malvados, esperam com esse disco, apresentar ao mundo toda sua energia e peso nas harmonias, com letras de críticas e apontamento das principais feridas sociais, como desigualdade, alienação, fome, miséria, violência e política.

Dentre os próximos dias será informado oficialmente a data de lançamentos e detalhes jamais revelados sobre o álbum “Tortura”. Os fãs mais ansiosos já podem aguardar que além de “Tortura, foi confirmado que o Feios Sujos e Malvados, já possuem um segundo disco, mas esse só será informado em um futuro muito breve.

Feios Sujos e Malvados é formado por:
Noriel Biscoito – (Vocal)
Geraldo Capilé – (Guitarra)
Mauro Cavera – (Baixo)
Henrique Aranha – (Bateria)
 
Links relacionados:

Ossos: divulgando agenda de shows e novo single em celebração aos 20 anos de carreira

Ossos 2

O ano de 2018 é muito especial para um grupo brasileiro, o Ossos, celebra 20 anos de carreira, várias novidades, em comemoração à essa data, já foram lançadas pelo grupo e muitas outras ainda serão disponibilizadas gradativamente pela banda. Em preparação para o lançamento de seu novo álbum, o grupo já fez 10 apresentações nesse ano e tem outras nove datas confirmadas para o segundo semestre e muitas outras em negociações, que, a qualquer momento podem ser confirmadas pelo grupo.

O primeiro single do novo disco já está disponível para audição completa em todas as plataformas de Streaming do mundo. “Vitrine de Satã” apresenta o crescimento e amadurecimento musical do grupo, que se encontra no melhor momento musical da carreira. A faixa pode ser conferida logo abaixo.

 

As novas datas confirmadas pela banda Ossos terá datas em várias cidades do estado do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O Primeiro show dessa segunda parte da “Tour 20 anos Fazendo Barulho”, será iniciada na capital Porto Alegre. Abaixo você confere todas as datas confirmadas, interessados em levar o Ossos para sua cidade, só entrar em contato com o grupo pelas redes sociais.

Ossos - Cartaz - Tour

05/08 – Metal vs Frio – Porto Alegre/RS
11/08 – Teenage Lobotomy “Ramones” – Caxias do Sul/RS
18/08 – Evil Forest – Estância Velha/RS
14/09 – Motorcycles Aniversário do Zé – Caxias do Sul/RS
06/10 – Caverna Kilmister – Tubarão/RS
07/10 – Florianópolis/SC
13/10 – Casa do Montanha – Passo Fundo/RS
10/11 – Tutanofest – Caxias do Sul/RS
Data à Confirmar – MC Malditos – Porto Alegre/RS
 
Formação:
Pezzi – (Vocal)
Claiton – (Guitarra)
Guga – (Guitarra)
Thrash – (Baixo)
Pedrada – (Bateria)
 
Mais informações:

Krucipha: fecha assessoria com a Roadie Metal, A Voz do Rock

Krucipha - Roadie Metal

Um dos grupos mais representativos e importantes do Thrash/Groove brasileiro, o Krucipha, acaba de fechar uma parceria com a assessoria Roadie Metal. Visando várias novidades para o segundo semestre de 2018, essa união tem como objetivo alavancar ainda mais o nome da banda curitibana Krucipha para o Brasil e o mundo.

O Krucipha está ativo desde 2010 e justamente no ano de sua fundação, lançou o EP de estreia “Preemptive Uproars” que rapidamente caiu nas graças do público de sua cidade natal e região. Mas foi em 2014 que a banda ganhou notoriedade com o lançamento de seu primeiro full “Hindsight Square One” que recebeu inúmeras críticas positivas da imprensa especializada. Um dos principais fatores que evidenciaram a banda, foi a utilização de percussão rítmica na estrutura harmônica do som pesado composto pelo conjunto, criando uma identidade única e brasileiríssima ao som do Krucipha. O disco está disponível logo abaixo para você conferir pelo YouTube na integra:

Em 2017, o Krucipha, ressurge com um novo disco tão pesado e preciso quando seu anterior, “Inhuman Nature” consolida de vez o nome da banda como um dos principais expoentes do estilo no país. Mais maduro, o álbum é uma verdadeira aula de riffs e variações. Ainda focados na divulgação de “Inhuman Nature”, muitas novidades, informações e turnês serão anunciados nos próximos dias. Confira o último trabalho do Krucipha na integra pelo Spotify:

 

Interessados em obter maiores informações sobre o Krucipha, confira abaixo o Press que acaba de ser disponibilizado no site da Roadie Metal com todas as informações e direcionamento as redes sociais de um dos grandes nomes do Thrash/Groove Metal brasileiro.

Roadie Metal Press – Krucipha: 

Ossos: escute agora o primeiro single do novo álbum “Caos em Mim”

Ossos 1

Enquanto o novo álbum do Ossos não é liberado em sua totalidade para os fãs, o grupo, disponibiliza o primeiro single oficial do disco “Caos em Mim” que será lançado em formato físico e digital para os fãs.

A primeira música a ganhar o mundo é a faixa “Vitrine de Satã” que está disponível em todas as plataformas de Streaming e pode ser conferida gratuitamente. O Ossos comemora 20 anos de carreira em 2018 e em sua trajetória, a banda conquistou com muita honra o título de ser um dos nomes mais ativos e importantes do Crossover/Thrash do sul brasileiro.

Confira a nova música “Vitrine de Satã”:
 
Caso você tenha interesse em possuir o encarte completo do single, basta entrar em contato com a banda pelos links abaixo.
 
Ossos é formado por:
Pezzi – (Vocal)
Claiton – (Guitarra)
Guga – (Guitarra)
Thrash – (Baixo)
Pedrada – (Bateria)
 
Mais informações:
 

Black Pantera: banda libera os dois álbuns da carreira para audição completa no YouTube

Black Pantera 06

Um dos principais power trio do país, o Black Pantera, acaba de disponibilizar para os fãs os dois trabalhos de estúdio que a banda lançou entre os anos de 2015 e 2018. O primeiro álbum, autodenominado de Black Pantera, possui 13 músicas que apresentaram a banda ao país e abriu oportunidade de os músicos tocarem por todo e qualquer canto do Brasil, incluindo shows na França ao lado do Afro-Reggae.

Em 2018, o Black Pantera, apresenta aos fãs, aquele que tem tudo para ser um dos melhores discos do ano, “Agressão” com suas 11 faixas, mostra uma banda mais madura, mais certeira e com um disco com uma produção acima de sua anterior. As letras mantêm a proposta de crítica sobre todos os problemas sociais, injustiças, racismo e divisão econômica.

Ambos os discos se encontram disponível no canal oficial da banda no YouTube, agora é possível escutar os dois na integra e sem interrupções. Escolha por qual irá começar nos links abaixo:

Black Pantera – Black Pantera (2015) Full Álbum:

 

Black Pantera – Agressão (2018) Full Álbum:

Formação:
Charles Gama – (Vocal/Guitarra)
Chaene Gama – (Vocal/Baixo)
Rodrigo “Pancho” Augusto – (Bateria)
 
Mais informações:
Spotify: spotify:artist:253xXm9aqTSxODb63PiwHr

 

Bloqueio Mental: fecha parceria com grande empresa de confecções para criação de merchandising

Bloqueio Mental

A banda curitibana Bloqueio Mental se prepara para o lançamento de seu novo álbum de estúdio, intitulado Demente, que será lançado dentro em breve. Incluso nestes preparativos, a banda formada por Fabio Malerba (vocais), Deniz Aurelio (guitarra), Giovanni Navarro (bateria) e Bruno Guedes (baixo) já apronta o novo material de merchandising com a marca e arte visual do novo lançamento.

Para tanto, o Bloqueio Mental anuncia que acaba de fechar parceria com a Blasco Clothing, empresa de confecção sediada Curitiba/PR especializada em estilo Rock e Custom, para a produção de camisetas, bonés e assessórios. Inicialmente a produção e venda será dos bonés, que serão vendidos ao preço de R$59,90 cada um. Maiores detalhes sobre os demais produtos com a marca Bloqueio Mental, bem como a data de início das vendas, serão divulgados brevemente.

Bloqueio merch

O Bloqueio Mental tem um nome respeitado em meio a cena Rock curitibana graças aos seus 18 anos de serviços prestados a mesma, não só pela sua enérgica e agressiva sonoridade Punk/Crossover, mas também pela iniciativa de organizar eventos que movimentam a cena curitibana e de outros municípios. Seu novo álbum de estúdio, Demente, tem previsão de lançamento digital para o segundo semestre de 2018.

bloqueio capa

Formação:
Fabio Malerba – (Vocal)
Deniz Aurelio – (Guitarra)
Bruno Guedes – (Baixo)
Giovanni Navarro – (Bateria)
 
Mais informações:

Black Pantera: sentando o dedo na ferida dos problemas sociais

Black Pantera 04

Um dos pontos fortes do Black Pantera é seu engajamento social, não que a banda atue demarcando ideologia em sua musicalidade, mas sim na exposição de grandes problemas gerados pelo homem. Seja pelos comandantes que estão no poder, como na divisão das esferas de cima para baixo, no qual o estado domina o militar que por sua vez domina o homem que por sua vez desfere suas desigualdades no crime.

Uma das músicas mais importantes do álbum é a faixa “Agressão”, a letra dessa canção consegue retratar o que é o álbum da banda, expressando revolta em uma dura crítica as ameaças sobre as tensões criadas entre os países da Coreia do Norte, Estados Unidos e Irã, que juntos, deixaram o mundo atônito e receoso de um início de uma terceira guerra mundial. O Black Pantera aponta para a ferida e consegue sintetizar que esse problema é muito mais complexo do que se possa parecer, desigualdade financeira, ganância, educação e ignorância, geram o monstro que sucumbe o homem ao seu próprio pesadelo, ou a sua própria destruição.

Confira o clipe de “Prefácio” do Black Pantera:

Recentemente o Black Pantera se apresentou ao lado do Brujeria e na Virada Cultural de São Paulo. O grupo mineiro vem crescendo e se consolidando como um dos nomes mais importantes do Crossover/Hardcore do país. Um novo clipe está sendo trabalhado e muito em breve será lançado oficialmente no canal oficial da banda no YouTube.

Formação:
Charles Gama – (Vocal – Guitarra)
Chaene Gama – (Vocal – Baixo)
Rodrigo “Pancho” Augusto – (Bateria)
 
Mais informações:

The Warriors: clássico filme inspira festival Punk em São Paulo

warriors

No Espaço 555, Warriors Festival reúne 10 bandas da nova e velha geração do Punk, Hardcore e Crossover no dia 21 de julho

Nos últimos instantes da década de 1970, Warriors – Os Selvagens da Noite lotou cinemas e logo causou frenesi como um dos mais eletrizantes filmes de ação do momento, mostrando a realidade violenta das ruas e o engajamento de jovens em gangues para lutar contra o sistema. Não à toa as ideias do filme ganharam notoriedade na ainda incipiente cena Punk Rock brasileira nos anos seguintes e, como uma homenagem e reverência à época, a Agência Sobcontrole criou o Warriors Festival, que acontece dia 21 de julho no Espaço 555, com 10 bandas!

Periferia S.A., Skamoondongos, DFC, Surra, Cosmogonia, Norte Cartel, Direction, Faca Preta, Santa Muerte e Eskröta são as bandas escaladas para a primeira edição do Warriors Fest, cujos ingressos já estão à venda online e, a partir do dia 17/5 também em pontos físicos, sem taxa (mais informações no serviço abaixo).

Assim como a gangue Warriors, protagonista do filme, que se aventurou pelas ruas de Nova Iorque para defender a integridade dos integrantes e escapar de armadilhas dos grupos rivais, as bandas do festival – da nova e velha geração Punk/Hardcore/Crossover – representam a resistência da música de protesto ante modismos e as adversidades em estar na linha de frente do sempre sólido e persistente underground brasileiro.

Periferia S.A. – Jão, guitarrista e membro fundador da banda de Hardcore/Crossover Thrash Ratos de Porão, também canta e toca guitarra no Periferia S.A com antigos integrantes do RDP, Jabá (baixo e vocal) e Dru (bateria). É um ícone nacional do Punk de protesto que nasceu nos anos 80, ficou inativo por 23 anos e, reformulado desde 2014, está firme na proposta de executar um som intenso e agressivo com letras que colocam o dedo na ferida da sociedade e do retrógrado tradicionalismo.

periferia-sa

Skamoondongos – O Warriors Fest recebe a primeira banda paulista de Ska, formada em 1995. Os incontáveis shows dentro da cena Punk e a perseverança para se consolidar levou o Skamoondongos a um incrível contrato com a gravadora Paradoxx, e assim chegaram e conquistaram fama além de um nicho. MTV, paradas de sucesso da rádio 89 são apenas alguns dos veículos por onde circularam constantemente nas décadas passadas. Reativada em 2014 por Axl Rude e Wellington Mello da formação clássica original, a banda é composta também por músicos experientes no cenário nacional, com passagens no Cólera, Radio Ska, Maleducados, Falsones, Nokaos, entre outras.

DFC – Molecada 666, Igreja Quadrada do Triângulo Redondo e O Mal Que Vem par Pior são títulos de músicas e álbuns desta lendária banda do Distrito Federal que permeiam o imaginário de qualquer fã de hardcore/crossover. Desde o início da década de 1990 fazem uma autêntica mistura de D.R.I., Attitude Adjustment, Varukers, Cryptic Slaughter, Dead Kennedys, Agnostic Front, Discharge, R.D.P., com canções cantadas em português repletas de sarcasmo.

Surra – Thrash Punk antifascista, assim se autodeclara o Surra, que desde 2012 é mesmo uma porradaria – das boas. Os paulistas é hoje uma das bandas mais ativas e requisitadas da música pesada, com álbuns elogiadíssimos pela crítica e público: Bico na Cara (2012), Tamo na Merda (2016) e o EP Ainda Somos Culpados (2017). Já dividiu o palco com grandes nomes como Sepultura, Ratos de Porão, Project46, Dead Fish e Claustrofobia e tocou em grandes palcos e festivais, como o Hangar 110, Carioca Club, Oxigênio Fest e Roça’n’Roll.

Surra (credito Estevam Romera)

Cosmogonia – Representante do Riot formada em 1993 em Osasco (SP) só por mulheres, a feminista Cosmogonia faz punk/hardcore agitado e energético. Entre 1998 e 2006 a banda gravou alguns singles e participou de coletâneas. Voltou em 2017 após um hiato de 12 anos com Gabi nos vocais, Maria Esther na guitarra e Dani na bateria, oriundas da formação de 2005 a 2007. Farol no baixo se junta à banda no final do ano passado. Ouça ‘O Sentir que Violenta’, uma música que resume a criatividade e ferocidade das mensagens da banda.

Norte Cartel – O Hardcore rápido e ácido dos cariocas ecoa há mais de 10 anos pelo mundo, oriundo das cinzas da seminal Solstício e cujo norte é sempre as raízes nova-iorquinas eternizadas por Madball, Sick of it All e Warzone. O debut Fiel à Tradição e o segundo álbum, De Volta ao Jogo, são registros que colocam o Norte Cartel no alto escalão do HC nacional que prega respeito, amizade e união.

Direction – Banda nova, velhos conhecidos do Punk/Hardcore no Brasil. O Direction foi formado em 2016 por Thiago de Jesus, André Vieland, Rafael Stringasci e Fausto Oi, que tocam ou tocaram em bandas seminais da cena, como Good Intentions, Inspire, Live By The Fist e Dedication. O time de peso lançou o debut Mesmo Horizonte no mesmo ano em que nasceu, onde apresentam 10 músicas calcadas numa sonoridade old school, com muita melodia.

Faca Preta – O autêntico Street Punk do Faca Preta está em plena crescente e hoje a banda é uma das mais empolgantes da cena. Foi formada em 2013 por experientes músicos do underground nacional e tem, hoje, Marcelo na bateria, que também é baterista do Chuva Negra. Na bagagem, um EP de 2016, com o hit São Paulo, e o single “Vida Dura”, que saiu na coletânea “Para Incomodar Vol.2”, organizada pela Hearts Bleed Blue e Semper Adversus.

Santa Muerte – É latente a influência do Thrash Metal e do Crossover oitentista na música do Santa Muerte, banda formada por três meninas na capital paulista em 2012. O som rápido e cru, popularmente apontado como “direto e reto”, ganha autenticidade pela voz estridente de Marília Massaro, também a guitarrista.

Eskröta – Mais uma representante do Thrash 80 formado apenas por mulheres, o Eskröta aposta em riffs metalizados e na verve Punk. O power-trio está na ativa desde o ano passado e atualmente divulgam o EP “Eticamente Questionável”, masterizado por Prika Amaral (Nervosa) e mixado por Leeo Mesquita (Surra).

Mais informações:
55 (19) 99616-2999 (cel e whatsapp)

 

 

Ladrão: lança EP Demo Cracia pela Monstro Discos nesta sexta, 13

Ladrão

Logo tem material novo do Ladrão na área! O EP Demo Cracia será lançado nesta sexta-feira, 13 de abril, pela Monstro Discos nas principais plataformas de streaming. Ao vivo, o trio de Juiz de Fora – radicado no Rio de Janeiro – divulga as novas músicas na mesma sexta no palco do Ganjah Lapa.

Demo Cracia contém cinco faixas, que de acordo com a banda, dão continuidade ao trabalho que tornou o grupo um dos mais respeitados no atual cenário carioca. O EP foi gravado no Estudio Cantos do Trilho, em Santa Tereza, com mixagem e masterização a cargo de Pedro Garcia (Planet Hemp).

“O EP representa um passo à frente em relação ao potente crossover de Rock, Funk, Groove e Mangue Beat”, destaca o release do Ladrão, formado por Daniel Vitarelli (bateria/vocal), Formigão (baixo) e Farrah Sento Sé (guitarra).

Como de praxe, as letras tratam do cotidiano aloprado em grandes centros urbanos e da conturbada situação sócio-política do país.

Mais informações:
55 (19) 99616-2999 (cel e whatsapp)