Broken & Boned: lyric video para “Fútil” será produzido pela M.S. Motion Design

broken&boned

O ano de 2020 marca o início de uma nova fase para a Broken & Boned, que entrará em estúdio em fevereiro para iniciar as gravações do sucessor do debut “Hypocrisy Hymns” (2018). Para promover o novo full length o quinteto formado por Rômulo Portela (vocal), Carlos Nava (guitarra e vocal), Marcelo “Marshall” Alencar (guitarra), Lúcio de Paula (baixo) e André Cecim (bateria) lançará nas próximas semanas um lyric vídeo para o single inédito “Fútil”, que será produzido por Marcelo Silva da M.S. Motion Design.

Marcelo Silva é um dos videomakers mais requisitados da cena underground, com trabalhos entregues a nomes como Krisiun, Hellish War, Facing Fear, Obscurity Vision e outros. Esta é a segunda vez que Marcelo trabalha para a Broken & Boned, pois é de sua autoria a produção do lyric video de “A Fable”, lançado pela Brauna Music Productions e que é single do primeiro álbum da banda.

Sobre o segundo álbum de estúdio, ainda não há um nome, mas a banda já fechou o lançamento com a MS Metal Records que, inclusive, fará distribuição de “Hypocrisy Hymns” a todo o Brasil neste primeiro semestre. A distribuição do segundo CD ficará por conta da Voice Music.

O lyric vídeo de “A Fable” você confere abaixo:

Aproveite, deixe seu like, confira os outros vídeos do canal e se inscreva.

“Hypocrisy Hymns” está nas plataformas digitais
 
Shows:
+55.85.9.9690.7536
 
Mais informações:
 
Assessoria Brauna Music Press:

Deicide: ícone do Death Metal se apresenta pela primeira vez no Rio de Janeiro

deicide

Clássica e ex-polêmica banda norte-americana toca dia 8 de abril, no Kubrick

O Death Metal atingiu o ápice da criatividade e brutalidade no final da década de 1980 e ao longo dos 90. Foi um período em que bandas do Brasil, Estados Unidos e Europa mostraram ao mundo como a música pesada soa versátil, inteligente e afrontosa. Dentre os grandes nomes desta safra está o Deicide, que está de volta ao Brasil e, enfim, pela primeira vez no Rio de Janeiro. Com produção da Onstage Agência, os reis do Death Metal se apresentam dia 8 de abril de 2020, no Espaço Kubrick.

A estreia no Rio de Janeiro acontece em ótimo momento do Deicide, que traz na bagagem o novo disco, “Overtures of Blasphemy”, o 12º da carreira e que saiu ano passado pela Century Media. É, em suma, um trabalho que carrega a sonoridade clássica da banda, com peso, blast beats, vocalizações guturais extremas e, claro, o inigualável sarcasmo presente nas letras do outrora polêmico vocalista/baixista Glen Benton – vivíssimo para manter o legado do Death Metal sempre altivo.

O sucessor do brutal In The Minds Of Evil, de 2013, foi produzido por Jason Suecof (The Black Dahlia Murder, Trivium) no AudioHammer Studios em Sanford, Flórida, exatamente onde o Deicide foi criado, em 1989, na cidade de Tampa, considerada a meca do Death Metal.

Além de Benton, que é um dos melhores frotmen da música pesada de todos os tempos, o Deicide hoje também conta com Chris Cannella, o novo guitarrista e que toca pela primeira vez junto à banda na América Latina – ele é também um experiente músico da cena Death Metal e requisitado produtor. Completam a banda o outro membro-fundador, o avassalador baterista Steve Asheim, e o guitarrista, Kevin Quirion.

A turnê que passará pelo Rio de Janeiro em 2020 é uma extensão do giro mundial que levou o Deicide a shows lotados pela Europa, além de Estados Unidos e México. Esta nova turnê pela América Latina passará por oito países.

“O Deicide está no seu melhor momento, com sua melhor formação, e estamos tocando melhor do que nunca. Esses shows serão intensos e serão mais longos”, contou Asheim, já na expectativa para tocar no Rio de Janeiro e em todos outros cantos da América Latina em 2020.

Deicide-PostPadrao

Serviço
Deicide pela primeira vez no Rio de Janeiro
Evento: https://www.facebook.com/events/807814179663212/
Data: 8 de abril de 2020
Local: Espaço Kubrick (avenida Mem de Sá, 66, Lapa – RJ)
Classificação etária: 18 anos (Entre 14-17 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos)
Ingresso: R$ 120 (1º lote, meia e promocional) e R$ 130 (2º lote, meia e promocional)
Venda online: bit.ly/DeicideRJ

Ingresso Meia-Entrada| Quem Tem Direito?
Válido para estudantes, doadores de sangue, acompanhantes de cadeirantes, funcionários da rede pública, maiores de 60 anos.

Ingresso Promocional | Quem Tem Direito?
Qualquer pessoa mediante a doação de 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

Ingressos Limitados:
Ponto de venda sem taxa de serviço (apenas para pagamento em dinheiro):
Loja Sheherazade (Subloja 209, Rua Conde de Bonfim, 346 – Tijuca)
Tour: Solid Music Entertainment
Realização: OnStage Agência

Obscurity Vision: confira os lançamentos da horda

OBSCURITYVISION.COM

2019 foi um ano produtivo para a horda de Black/Death Metal catarinense Obscurity Vision. O grupo que consegue gerar peso e melodia de forma extrema, unindo-os a uma produção orgânica, já foi entrevistado pelo maior veículo impresso do Brasil, revista Roadie Crew, para contar seus segredos na ED# 242 (mar/2019).

Visualização da imagem

Esteve também presente em palcos importantes do cenário metal local, como “Laguna Metal Fest”, em Laguna e “Outubro Sombrio”, em Tubarão, o quinteto formado por Rafael Vicente (vocal), Luiz Rodriguez e João Rodriguez (guitarras), Luiz Trentin (bateria) e Thiago Junglaus (baixo) foi convidado a lançar o novo single “Imperivm” (2019) no “River Rock Festival 2019”, em Indaial, um dos maiores eventos de metal do Brasil.

O single que foi lançado como lyric vídeo pela Brauna Music Productions, pode ser visto abaixo, confira:

Outros lançamentos como os videoclipes para “The Deception of Truth” e “Violência”, ambos de 2018, podem ser conferidos no canal da banda, mas o vídeo de “I Can See” que marcou o retorno da horda em 2016, depois de quatro anos inativa, é conferido no canal da Sangue Frio Produções:

Em 2017 o grupo lançou o primeiro full length “Dark Victory Day” composto por “hinos” regravados de sua demo “Obscurity Creation” (2002) mais “cânticos de morte” inéditos. Tanto a demo, que foi relançada em 2016 com inclusão de “I Can See”, como o debut estão à venda no site oficial pelo link: http://obscurityvision.com/index.php/shop , mas se você prefere ouvir a banda pelo streaming é só acessar a sua pista preferida, pois a Obscurity Vision está relacionada em todas as plataformas digitais, como o Spotify:

 

Ouça também em:
 
Para se inscrever no canal da horda no YouTube clique em:
 
Contato para shows:
(85) 9.9690.7536
 
Links relacionados:
 
Mais informações:

Mortal Ways: conheça o projeto com integrantes das bandas War Eternal e Kingdom of Maggots

Mortal

Em 2019, com o intuito de criar um novo projeto, Gustavo Camargo, guitarrista da banda War Eternal (Death Metal de Rio Claro-SP) começou a compor riffs na linha Death Metal. Munido de um bom material, convidou Flávio Diniz (vocalista da banda Kingdom of Maggots, Death Metal de Leme-SP) para participar do projeto. Com o convite prontamente aceito, a dupla se alinhou para criar a identidade da banda. A fim de fugir de temas batidos no metal extremo, além da intenção de não soar como suas bandas já consolidadas, a dupla chega a um consenso e decide abordar em suas letras, histórias envolvendo alienígenas. Baseando-se em filmes, séries, relatos de testemunhas em casos conhecidos, além de uma pitada de ciência, mencionando famosos paradoxos, descobertas de Galileu e fatos sobre Júpiter, por exemplo, em um período de pouco mais de um mês um álbum autoral com oito músicas é finalizado, evidenciando a clara empolgação e comprometimento com o projeto vindo de ambos. Gustavo realiza toda a parte instrumental, gravando as guitarras, baixo e executando também a bateria programada, além de realizar a produção do álbum, mixando e masterizando as faixas. Flávio compõe as letras e grava as vozes do projeto.

Ronaldo Alves (ex-guitarrista da banda Suffer, Death Metal de Araraquara) é convidado para gravar os solos de 4 das músicas e será membro efetivo para o próximo trabalho.

A sonoridade segue uma linha Death Metal pesado, com timbres graves e intensos de guitarra e baixo, alternando momentos cadenciados e velozes em uma boa dose. Composições que devem agradar fãs de Morbid Angel, Hypocrisy, Deicide, etc. Não por acaso, algumas das influências de Gustavo e Flávio.

Mortal Ways batiza a banda, o álbum e uma das faixas presentes no trabalho e pode ser interpretada dentre outras maneiras, como caminhos mortais que poderiam levar a humanidade à destruição em um embate extraterrestre.

Confira o lyric vídeo da faixa “Death From The Sky”, presente no álbum de estreia do grupo e assinado por de Afonso Venâncio:

O full length segue a temática alienígena, ficção científica e um pouco de ciência também.

Mais informações:

 

Violência Moral: grupo encerra o ano com show em Curitiba no domingo (15/12)

violencia moral (foto Bidi Soares)

A banda Violência Moral, de Ribeirão Preto (São Paulo), se apresenta pela primeira vez em Curitiba, no palco do Hangar – A Casa do Ócio. Será a última apresentação da banda em 2019. Acompanham os paulistas as bandas Exylle, Impested e Legacy of Kain, essa, que divulga o álbum Paralelo XI, que vem obtendo boa recepção de público e crítica.

O show com as quatro bandas acontece no Hangar, dia 15 de dezembro, a partir das 16h. Os ingressos antecipados custam R$ 15 e estão disponíveis no site Sympla. No dia do show, os convites custarão 20 reais.

O Hangar – A Casa do Ócio é um espaço cultural diversificado, que recebe shows musicais, workshops, oficinas, palestras e demais atividades visando o desenvolvimento artístico e cultural da cidade. A casa a sua marca vem dos anos 90, e desde aquela época o local é uma referência do Rock e da música ao vivo na cidade.

Visualização da imagem

Serviço:
Data: 15 de dezembro de 2019 (domingo)
Local: Hangar – A Casa do Ócio
Endereço: Al. Dr. Muricy, 1091 – Largo da Ordem
Horário: 16h (abertura da casa)
Ingressos: R$ 15 (antecipado)
 
Link do evento no Facebook:

Infamous Glory: banda lança novo álbum “An Ancient Sect of Darkness”

infamous grory

Banda tem 20 anos de estrada e novo integrante

Infamous Glory está com novidades. A banda de Death Metal volta para a estrada com o lançamento do álbum, “An Ancient Sect of Darkness”, em conjunto com os selos Brutal Grind Records, Cianeto Discos, Loja 255, Hunter Records e Soul Erazer Records. 

O disco, que já está em todas as plataformas digitais, foi gravado, mixado e masterizado por Kexo, no Estúdio Duna, em São Paulo, e com extras de Fernando G. Ianni. A arte da capa é de Ars Moriendee. 

A outra novidade está na formação da banda: os velhos conhecidos Kexo (guitarra), Leandro D. (vocal), G. Piza (bateria) e Dx Schuch (guitarra) recrutaram para o baixo o amigo de longa data, Tonhão.

Glória infame - uma antiga seita das trevas

Confira as faixas de “An Ancient Sect of Darkness”:
01. Intro
02. Abysmal Grief
03. Macabre End
04. Your Life Is Mine To Ruin
05. Pavor Nocturnus
06. Increased Pain
07. When Life Ceases To Be
08. Reborn Through Hate
09. Ancient Sect
10. Sovereign Of Darkness
11. Drowned In Obscurity
12. Outro
 
Contato:
 
Links relacionados:
 
 
Ouça o álbum “Ancient Sect of Darkness” pelo streaming:
 
 
Novo Álbum “Ancient Sect of Darkness” disponível em:
Soul Erazer Records: https://www.soulerazer.com/
 
 
 

Death Chaos: grupo libera single “Gloomy Days” em seu canal de YouTube

Death Chaos - 01

Uma das faixas mais progressivas escritas pelo Death Chaos, “Gloomy Days”, acaba de ser oficialmente liberada para audição completa no canal de YouTube da banda.

Mesclando Death Metal com melodias progressivas, a faixa em seus mais de 7 minutos, é uma excelente ferramenta para você que ainda não conhece a obra desses curitibanos.

Com letras que abordam histórias de seriais killers e filmes de terror, o Death Chaos é uma das principais fontes de força, agressividade e peso do Metal brasileiro. A faixa que acaba de ser disponibilizada, encerra uma etapa importante do grupo. Com essa liberação, todas as faixas do disco, Bring Them to Die, podem ser conferidas individualmente no canal de YouTube da banda.

Escute:

Death Chaos é formado por:
Denir “Deathdealer” – Vocal
Julio Bona – Guitarra
Gabriel Maciel – Guitarra
Edson “Mamute” – Baixo
Ueda – Bateria
 
Mais informações: