Hellrastru: EP de estreia “Blood Eagle” disponibilizado em todas as plataformas digitais

hellrastru 2020 1

A banda HellrastrU de Recife/PE, segue divulgando o seu primeiro EP intitulado “Blood Eagle”, que está disponível em todas as plataformas digitais.

A banda consiste em um power trio, formado por Tiago Xaves (Vocal/Guitarra), Rafael Medeiros (bateria) e Sola (Baixo). Com influências em bandas como Gojira e Mastodon, o grupo busca transmitir uma sonoridade moderna apesar da forma orgânica de produção.

Abordando fortes temáticas como depressão e religião, o EP busca uma reflexão existencialista sobre a sociedade caótica dos dias de hoje.

Tracklist:
01 – Intro… Mass Illusion
02 – Godless
03 – My Assassin Fury
04 – Bird Eyes
 
Ouça o EP “Blood Eagle”:
 
Mais informações:

 

Shandrah: a ressignificação do Metal Alternativo é o que propõe o grupo paulistano em novo videoclipe “I Forgive You”

Shandrah 2020_Low

Música está no tracklist de “Once”, EP de estreia do grupo lançado no ano passado

Formada na capital paulista em 2017, a Shandrah é, para seus integrantes, a ressignificação de uma banda de Rock. O grupo, que é composto por Leonardo Benaci (vocal), Banes Gonçalves (guitarra), Bruno Sessa (guitarra), Felipe Mendes (baixo) e Thiago Almeida (bateria), nasceu para dar vida a uma nova proposta artística depois de uma longa experiência adquirida com grupos anteriores.

O single “Promises”, lançado como videoclipe no início de 2019, foi o primeiro registro da banda e dissertou muito bem sobre a proposta artística do grupo: uma musicalidade repleta de simbolismos que transita entre o Rock e Heavy Metal e trata de temas plurais, geralmente pela perspectiva de relacionamentos humanos. Românticos ou não.

Sucessor de “Promises”, o EP “Once” foi gravado nos estúdios Loud Factory e Orra Meu por Wagner Meirinho e lançado no segundo semestre de 2019. “Once” reúne quatro faixas: “Back Home”, “By My Side”, “Panic Attack” e “I Forgive You”, que acaba de ganhar um videoclipe.

Shandrah_Capa Once

De acordo com o baterista Thiago Almeida, o videoclipe de “I Forgive You” é a pura expressão do termo “faça-você-mesmo”.

“Resolvemos nós mesmos elaborarmos uma ideia e pegar a câmera”, conta o baterista“As filmagens aconteceram na casa da minha sogra onde tenho um pequeno estúdio. Como na banda, além de músicos, temos também três fotógrafos, o trabalho acabou acontecendo com certa facilidade. Tivemos como ponto de partida uma cena de um seriado, e daí em diante colocamos tudo em prática. A produção/edição é, portanto, totalmente nossa, em especial Leo, Bruno e eu, Thiago, que fiquei responsável pela finalização e edição”.

Assim como “Promisses”, “I Forgive You” também faz muito bem o papel de sumarizar a proposta conceitual e estética da Shandrah.

“Nossas músicas geralmente nascem a partir do instrumental, que acabam por guiar o conceito das letras”, conta o vocalista Leonardo Benaci. “Por conseguinte, as letras abordam temas como depressão, fobias e traumas, situações que, por vezes, se agravam pela perspectiva das decepções e rompimentos de relacionamentos pessoais, por isso essa tendência conceitual. Romantizar esses temas não é exatamente o caso, mas sim tentar enxergar a beleza poética que existe em cada consequência que temos que enfrentar”.

Para assistir o videoclipe “I Forgive You”, acesse:

Para ouvir “Once” nas plataformas digitais de música, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2QU8QzG
Deezer: http://bit.ly/36G7fnV
iTunes: https://apple.co/304MHmw
Napster: http://bit.ly/2R4zUg1
Youtube: http://bit.ly/2R0NCAn

Mais Informações:
www.facebook.com/shandrahofficial
www.instagram.com/shandrahofficial
www.soundcloud.com/shandrah

 

Montanee: grupo lança intenso clipe “Weak Like a Needle”

Montanee_Crédito Artur Medina_Rafael Hansen

Faixa integrará o primeiro EP da banda carioca

Após chamar atenção com as intensas “Burning Man” e “Keep Falling”, a banda Montanee entrega mais um gostinho de seu EP de estreia com o single e clipe “Weak Like a Needle”. Ao contrário do que o nome sugere, a faixa entrega a potência do quarteto carioca em uma performance pesada. A canção está disponível para streaming e o clipe já está no canal de YouTube oficial do grupo.

Assista a “Weak Like a Needle”:

Ouça “Weak Like a Needle”:

http://smarturl.it/WeakLikeANeedle

A Montanee traz em seu DNA vertentes do Rock Alternativo com tons de Indie, Stoner e Post-Punk revival. Enquanto os primeiros singles revelados potencializavam essas influências, o novo clipe foca na força da presença de palco dos músicos, com uma câmera nervosa acompanhando cada acorde e batida em movimentos que simulam a energia do público nos shows. Pela primeira vez, a banda foge à estética do preto e branco estabelecido nos vídeos anteriores para se entregar às cores de “Weak Like a Needle”.

“O clipe é um exemplo visual de como é tocar e ouvir essa música, a câmera e o público pulsando junto. ‘Weak Like A Needle’ é, simplesmente, rock n’ roll”, avalia o baterista Teo Kligerman. Além dele, completam a banda Felipe Areias (vocal e guitarra), Raphael Cardoso (baixo) e Pedro Domicio (guitarra).

O grupo retornou recentemente de uma mini turnê americana, onde apresentou versões minimalistas para suas canções com shows pela costa oeste dos EUA. Agora, a Montanee foca em concluir seu primeiro EP, a ser lançado em breve, e outras surpresas para o público.

Assista a “Burning Man”:

Assista a “Keep Falling”:

Ficha técnica vídeo:
Direção e Edição: Felipe Areias
Direção de Fotografia: João Rocha e Artur Medina
Produção: Anna Maués e Felipe Areias
Assistente de Produção: Lucas Cardoso
Tratamento de Cor: Pedro Erthal
 
Música:
Felipe Areias – Voz e Guitarra
Raphael Cardoso – Baixo
Teo Kligerman – Bateria e Voz
Pedro Domicio – Guitarra
Gravado por – Raphael Stolnicki, Alexandre Griva, Pedro Domicio e Diogo Panico
Mixado e Masterizado por – Raphael Stolnicki
 
Mais informações:

Darkhaos: saiba o conceito que está por trás da canção “Shouting at Your Grave”

Darkhaos

“Shouting at Your Grave” foi o primeiro single lançado pela cearense Darkhaos em fevereiro de 2019, promovendo do EP de mesmo nome que será lançado até o final deste semestre.

A música reúne influências dos músicos em um misto de Heavy Metal tradicional, Thrash Metal e Hardcore. A letra composta pelo baixista Eriel Andrade é um relata uma situação sobrenatural, como conta o músico:

“’Shouting at Your grave’ é uma música que narra a história de um cara que é perseguido por um demônio, não adianta o quanto ele corra, o demônio o alcança e o devora, e neste momento sua vida passa diante de seus olhos, ele relembra de todos os seus medos, suas dores, seus sonhos, de todos que amou, o demônio vê as mesmas coisas enquanto o homem dá o último suspiro, então, o ser começa a gritar em cima do túmulo da vítima, pois está livre para levar o caos. É essa a narração que eu vejo, mas de forma geral, é uma representação de poder gritar em liberdade, se libertando de seus medos, escolhendo o rumo da sua história com determinação e dando asas à uma melodia nova que você ainda não conhece em você mesmo, mas que irá surgir”.

Visualização da imagem

O próximo encontro do grupo completado por Macedo “Darkness” (vocal), Erickson Oliveira (guitara), e Kallil van Derick (bateria) com o público está marcado para o dia 22 de dezembro, no Praxedes Bar em Fortaleza, para tocar com as bandas Void Tripper, Hellhoundz e Echoes Of Death.

Confira o videoáudio da música:

Inclua a Darkhaos em sua play list:
E em muitas outras
 
Links relacionados:
 
Shows:
(85) 9 9690.7536
 
Assessoria Brauna Music Press:

NUDZ: grupo faz um convite à curtição no provocador clipe “Time For Recreation”

NUDZ - Time For Recreation 5

Faixa integra o EP de estreia da banda, “The Watcher”

Após chamar atenção com a intensidade do seu EP de estreia, “The Watcher”, lançado no primeiro semestre, a banda NUDZ divulga mais um clipe do álbum. Em “Time For Recreation”, o grupo surge cantando em meio a um ônibus onde os assentos deram lugar à diversão sem limites, um ambiente de liberdade onde as amarras sociais não exercem efeito. O vídeo já está disponível no canal de YouTube oficial da NUDZ.

Assista a “Time For Recreation”:

Enquanto a letra confronta noções de realidade e devaneio, em versos como “Have you ever got so high that you need to put shackles in your mind?” (você já ficou tão louco que precisou colocar algemas na sua mente?), o clipe se desprende de qualquer convenção ao fazer um convite à curtição, onde um estilo de vida fora do convencional é regado a exageros, arrependimentos, agonias, e estados alterados de consciência.

“Queremos representar, com esse lançamento, a diversidade e a resistência, principalmente!  Assim como no título, convidar a um ‘tempo pra recreação’. A vida não está fácil pra ninguém, portanto, é uma forma de sublimar as dificuldades dos tempos políticos e sociais atuais”, reflete o guitarrista Fred Chamone, que também colabora nos backing vocals. Além dele, a banda é formada por Gabriel Lisboa (bateria), Felipe Valente (baixo) e Filipe Dutra (vocal e guitarra).

A locação inusitada é nada menos que um antigo ônibus escolar em estilo americano que faz parte do Jeca-Tatu, museu cultural e bar de estrada no trajeto entre Belo Horizonte e Lavras Novas. No veículo adaptado, o espaço para os bancos vira uma pista de dança e a iluminação de LED azul e colorida dá uma sensação quente e intensa. Tudo para combinar com o instrumental pesado da faixa, que alia guitarras a um clima Stoner, Post-Grunge e Nu Metal que permeia “The Watcher”, primeira amostra autoral da NUDZ.

Foi a partir da entrega emocional e musical feita ao projeto que surgiu a banda, iniciada com jams em estúdio realizadas pelo ex-baterista Aldrin Salles e Chamone em 2017. “Nós fazíamos aquilo despretensiosamente, pensando só em expurgar pra fora do corpo todos os nossos demônios. O som foi ganhando cada vez mais carga sentimental, o que nos fez considerar fazer daquilo uma banda de verdade”, reflete Salles.

Junto do EP, a NUDZ lançou o primeiro clipe, para a música “Occasional Mistake”, dirigido por Bruno Paraguay, da banda Eminence. O vídeo trazia a banda em estúdio simulando a experiência vibrante e de entrega que inspirou o projeto desde o começo.

Ouça “The Watcher”: http://bit.ly/TheWatcherEP

Veja o clipe “Occasional Mistake”:

A NUDZ passou o ano de 2018 solidificando sua formação e criando o EP “The Watcher”. O trabalho foi produzido por Fred Chamone no Studio Independente, lar daquelas sessões primordiais. O álbum está disponível em todas as plataformas de música digital.

Mais informações:

 

Dark New Farm: primeira participação no “Agosto Negro” tem data marcada

Dark New Farm

A Dark New Farm foi anunciada como atração confirmada do 9º Agosto Negro, evento lendário que ocorre anualmente em Laguna-SC. O grupo de Nova Fazenda integra pela primeira vez o cast do festival, que nesta edição conta com trinta bandas escaladas, que tocarão no Clube de Campo entre os dias 2 e 4 de agosto.

No dia 2 de agosto, a Dark New Farm lançará oficialmente seu EP de estreia, com mais detalhes ainda a divulgar, mas será no próprio Agosto Negro a celebração de lançamento do primeiro trabalho em estúdio da banda. O grupo subirá ao palco no domingo, as 12h15. No mesmo dia, o festival contará com as apresentações de Overblack, Threzor, Losna, Silent Empire, Syn TZ, MX e Motorbastards, encerrando a edição 2019 do Agosto Negro.

Informações para aquisição de ingressos podem ser obtidas na página do evento no Facebook, e também entrando em contato com as bandas integrantes. A previsão é de grande público para celebrar a essência do Rock n Roll na cidade litorânea de Santa Catarina.

Mais informações:
https://www.facebook.com/events/532163200641970/

Links Relacionados:
www.facebook.com/DarkNewFarm
www.instagram.com/DarkNewFarm
www.youtube.com/DarkNewFarm

Quilombo: “Itankale” está pronto e disponível, adquira agora!

Quilombo - capa

O trabalho de estreia da banda paulista Quilombo, intitulado “Itankale”, está finalmente disponível em seu formato físico.

O duo anunciou em sua página no Facebook que o EP já pode ser adquirido por apenas R$ 10,00 (+ frete) escrevendo para pandadrums@hotmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/quilombometal. Ouça a faixa “Ancestralidade” aqui: https://soundcloud.com/sangue-frio-produ-es/quilombo-ancestralidade

Lançado pela Poluição Sonora Records, “Itankale” busca em forma de um som pesado e agressivo, busca contar a história do povo africano, que escravizado, foi retirado de sua realidade, seu povo, sua cultura, para vir ao Brasil e ter que se adaptar a uma realidade completamente diferente do que viviam até então.

“Imaginem reis, rainhas e príncipes mudarem de vida da noite para o dia, imaginem povos que tinham como a natureza como sua principal característica ver sua realidade, toda ela, virada ao avesso, um povo, uma etnia toda perseguida, torturada, escravizada, estuprada e perseguida até quase seu extermínio e mesmo assim persistem, sobrevivem e influenciam seus algozes. Como foi à história do africano durante e após o cativeiro e como se encontra sua realidade em pleno século XXI, mas não pela visão que conheces nos livros e a história caucasiana escravocrata e racista que nos enfiaram goela abaixo até a pouco tempo. Hoje os africanos estão escrevendo seu passado, sua história, com a veracidade dos reais fatos, pela ótica de quem apanhou, de quem foi acorrentado e arrancado de seu país, de seu povo, pela ótica de quem foi açoitado, espancado e morto nos troncos e caçados nas matas, simplesmente por serem africanos, eis aqui a nossa visão de toda essa história, agora contada por mão negras…”

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
http://www.facebook.com/quilombometal
http://www.twitter.com/quilombodeath
http://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/QUILOMBO/72