Krucipha: confira o lyric vídeo e conceito de “Acceptance”

krucipha

Uma das principais peculiaridades do Krucipha, é apresentar em suas letras uma visão sobre a introspecção humana e como enfrentar os problemas cotidianos e sociais que acabam por afetar diretamente a mente e conduta do ser perante o próximo.

Os álbuns “Hindsight Square One” (2014) e “Inhuman Nature” (2017), possuem ligações em suas letras, conceito, temática e simbolismos. A faixa “Denial”, presente em Hindsight possui em “Inhuman Nature” com a música “Acceptance” uma continuidade que explora o mesmo tema.

Em “Acceptance”, o Krucipha fala sobre a autonegação e auto sabotagem e a superação, mas ao invés de ser em primeira pessoa, a música apresenta uma perspectiva de alguém apontando que não devemos nos render ao medo e à falta de vontade de sermos pessoas melhores dia após dia. Além de explorar o mesmo tema de “Denial”, em “Acceptance”, a banda pegou emprestado alguns riffs da primeira e incluiu em uma atmosfera e estrutura nova e mais pesada.

Para brindar os fãs, o Krucipha liberou em seu canal oficial do YouTube o lyric vídeo da música “Acceptance”, onde você poderá conferir a música e acompanhar a letra em tempo real. Aumente o som e viagem nessa excelente música!

Formação:
Fabiano Guolo – (Voz e Guitarra)
Luis Ferraz – (Guitarra Solo e Voz)
Khaoe Rocha – (Baixo e Voz)
Felipe Nester – (Bateria)
Nicholas Pedroso – (Percussão)
 
Mais informações:
Anúncios

Broken & Boned: álbum “Hypocrisy Hymns” é destaque no Blog Heavy Metal Thunder

Broken & Boned

“Metal Mark” Garcia, ou para quem o segue a mais tempo, “Big Daddy” do Metal Samsara. Hoje, Marcão está à frente do conceituado Blog Heavy Metal Thunder do Brasil. Profundo conhecedor de metal em geral, Garcia ainda colabora com outros veículos respeitados, como a revista eletrônica Rock Meeting e o site estrangeiro Metal Temple.

Conhecido por sua franqueza e senso de justiça sólido para o que é bom ou ruim no underground, tanto em matéria de comportamento como na música, o redator fez críticas positivas ao debut da banda paraense Broken & Boned, “Hypocrisy Hymns” (2018). “De Norte a Sul, de Leste a Oeste, o Metal ainda é o estilo mais cultuado no Brasil, uma vez que o mesmo não se encontra estagnado por limites regionais/estaduais. Ele chega a todos os cantos e move imensas quantidades de fãs. Por isso, um país onde o gênero possui tanto “appeal” tem que mostrar boas bandas. E de Marabá (PA) vem o BROKEN & BONED, um quinteto que mostra talento e peso em seu primeiro disco de estúdio, o feroz ‘Hypocrisy Hymns’”, escancara o jornalista no primeiro parágrafo da resenha.

Observador atento, o crítico musical repara detalhes na produção do álbum que, a seu ver, poderia ganhar mais atenção. “Um trabalho desse tipo precisa de uma qualidade sonora de alto nível, que consiga associar a crueza inerente da banda com uma boa noção de definição sonora. O grupo até conseguiu algo muito bom nesse ponto (…) Não está ruim, não é isso, mas sim que poderia ser melhor”, pontua.

Em linhas gerais, “Hypocrisy Hymns”, que arrancou elogios de repórteres de outras mídias como Roadie Metal, Roadie Crew e Whiplash, não poderia também deixar de fisgar o sincero Mark Garcia. “Em termos de composição, “Hypocrisy Hymns” mostra uma banda raçuda e com sangue nos olhos, com músicas cheias de energia e que são capazes de agradar os mais exigentes fãs de Metal extremo”, dispara e conclui, “No mais, o BROKEN & BONED é muito bom, e ‘Hypocrisy Hymns’ tende a esmagar ossos e pescoços sem dó.”

Para conferir a resenha na íntegra, acesse o endereço:

https://heavymthunder.blogspot.com/2018/11/broken-boned-hypocrisy-hymns.html?spref=fb&fbclid=IwAR2AvZVM8Z0T5xlqeu78Es3TjxHyZ53bEhxcgb31tOVGM9rjGpV0SteqNnw&m=1

Confira o álbum “Hypocrisy Hymns” pelo streaming:

Krucipha: forte nas músicas, forte nos vídeos, entenda

Krucipha 05

Fundada oficialmente no ano de 2010, o Groove/Thrash certeiro do Krucipha, comprova que atualmente o grupo é um dos nomes fortes do estilo no país. Esse fato se deve em muito, ao trabalho sério e dedicado que os músicos da banda carregam consigo, em uma trajetória de pouco mais de 8 anos, o Krucipha lançou um EP e dois full que são aclamados por público e imprensa especializada.

No ano de 2010, o Krucipha estreava com o EP “Preemptive Uproars”, o registro foi rapidamente consumido pelos fãs da banda na cidade de Curitiba. Porém, no ano de 2014, o grupo recebia reconhecimento à nível nacional com o lançamento do aclamado “Hindsight Square One”, o disco foi preterido nas principais listas de melhores do ano, comprovava que um nome de expressão surgia no cenário. O álbum conta com 08 faixas e proporcionou vários shows pelo país, incluindo grandes festivais pelo Brasil.

Através das apresentações que a banda participou após o lançamento de “Hindsight Square One”, o Krucipha aproveitou uma dessas noites inspiradoras sob o palco, para disponibilizar seu primeiro vídeo clipe oficial. A música “Greater Good Parasite” apresenta toda fúria e energia da banda em uma performance ao vivo, impecável.

Confira “Greater Good Parasite” abaixo:

Muita expectativa se criou para o que viria a ser o próximo disco da banda, e acertando em cheio, ainda mais pesado, mais técnico, trabalhado e maduro, o registro “Inhuman Nature” (2017), finca o nome Krucipha como um dos pilares da música pesada no país provindos de Curitiba. O trabalho que ainda está em pleno vigor, proporciona a banda shows pelo Brasil e em alguns países da América do Sul, como o Paraguai.

Com “Inhuman Nature” o Krucipha disponibilizou dois clipes em duas medidas opostas, tudo isso por utilizar metodologias distintas na produção de um para o outro. O primeiro clipe oficial lançado foi “Reason Lost MMXVI”, que possui uma produção impecável, profissional e com um enredo que transmite o conceito da letra para as imagens e toda uma equipe contratada para captar, dirigir e produzir o vídeo. Já o outro clipe, “Victimia”, é uma criação própria do grupo, que se absteve de utilizar recursos financeiros e dirigiu, escreveu, filmou, editou e produziu, todas as imagens do vídeo, provando que mesmo sem grandes verbas, é possível produzir seu próprio material em nível altíssimo de qualidade.

Confira “Reason Lost MMXVI”:

Confira “Victimia”:

Com essas ideias e gana em se manter ativos, o Krucipha vem rapidamente se transformando em um fenômeno da música pesada brasileira por toda sua essência verdadeira e autêntica.

Formação:
Fabiano Guolo – (Vocal/Guitarra)
Luis Ferraz – (Guitarra Solo e Voz)
Khaoe Rocha – (Baixo e Voz)
Felipe Nester – (Bateria)
Nicholas Pedroso – (Percussão)
 
Mais informações:

Rock’Up Festival: evento em Fortaleza reunirá nomes do Metal cearense e paraibano em julho

Rock_Up Festival - fly

Um dos bairros de Fortaleza onde há maior movimentação do underground com realização de eventos é o Conjunto Ceará, localizado no Oeste da cidade. Lá será realizado mais um grande evento que promete entrar de vez para o calendário metálico de Fortaleza, o “Rock’Up Festival”.

O festival chega em 2018 a sua terceira edição, a qual promete ser a maior desde que foi criado. Está escalada como headliner a banda paraibana de Thrash/Death Metal Flamenhell, que vem pela primeira vez a Fortaleza divulgar seu novo trabalho, o álbum Fire Away. Também estão escalados entre as principais atrações a banda de Death/Grind Siege Of Hate (S.O.H.), um dos nomes mais respeitados do país em seu estilo e que também divulga um novo trabalho, o EP Cerco de Ódio, e a veterana Asmodeus, que, fundada em 1984, retornou em 2015 e lançou recentemente seu debut, Parabellum.

As demais atrações ficam por conta da banda de Heavy Metal Heavy Smasher, que volta aos palcos depois de um período afastada por questões pessoais e com novas composições, o Thrash Metal do Viollen, uma das bandas de maior evidência de Fortaleza nos últimos anos, e a banda Violência Sonora, que vem representando a cidade de Pacajus com seu Thrash/Groove Metal.

A 3ª edição do Rock’Up Festival será realizado no dia 07 de julho no Centro Cultural Patativa do Assaré, localizado no polo de lazer do Conjunto Ceará. O fest terá início às 16:00 e a entrada custará somente R$5,00, com bebida, lanches e merchandising no local. O Rock’Up Festival é realizado pelo Eusébio Underground Productions e conta com o apoio da Roadie Metal e do programa Heavy Metal Online.

Serviço:
Rock’ Up Festival 2018

Bandas
: Flamenhell (Paraíba), Siege of Hate (S.O.H.), Asmodeus, Heavy Smasher, Viollen, Violência Sonora
Data: 07 de julho
Horário: 16:00
Local: Centro Cultural Patativa do Assaré. Polo de Lazer do Conjunto Ceará (próx. avenidas Alanis Maria e Min. Albuquerque Lima), Fortaleza/CE
Entrada: R$5,00
Apoio: Heavy Metal Online, Roadie Metal, A Voz do Rock, LP Legado Produções, Estúdio Meddle, Terror Face Productions, Agenda Rock.CE/Brasil e Backstage Rock Bar.
Link do eventohttps://www.facebook.com/events/128367541288712/

Mais informações:

 

 

No Trauma: banda lança um dos melhores clipes do ano, assista agora “Forca”

No Trauma

O grupo No Trauma continua colhendo grandes frutos com o lançamento de “Viva Forte Até Seu Leito de Morte “, o disco que foi considerado por muitos como um dos melhores lançamentos de 2016, proporcionou ao grupo sua primeira tour internacional, sendo mais 40 dias por 04 países diferentes no final de 2017, vários shows pelo país ao lado de nomes como Brujeria e Project 46 e resenhas positivas da grande crítica especializada brasileira.

Para manter essa força criada com seu álbum de estreia, o No Trauma, acaba de disponibilizar ao público um novo vídeo clipe, uma das melhores produções feitas por uma banda nacional. O clipe apresenta uma excelente construção visual e andamento muito bem desenvolto em cada imagem captada. A banda pensando grande, contratou a atriz Eli Ferreira, que recentemente atuou na última novela das 18 horas da rede Globo, “Tempo de Amar”.

Uma das músicas mais fortes de “Viva Forte…”, “Forca”, foi escolhida como a faixa de trabalho e com apenas 02 dias de lançamento já se aproxima das duas mil visualizações no YouTube. Provando toda a força e forte legião de fãs que o grupo possui.

Confira o novo clipe do No Trauma – “Forca”:

Formação:
Hosmany Bandeira – (Vocal)
Tuninho Silva – (Guitarra)
João de Paula – (Baixo)
Marvin Freitas – (Bateria)
 
Mais informações:

Higher: “Lie” agora disponível no game Guitar Flash

Higher 2018

A música faz parte do elogiado disco de estreia autointitulado lançado em 2014

A banda paulista de metal Higher continua trabalhando na pré-produção do seu segundo disco de estúdio. De acordo com o grupo, o álbum já tem título definido – embora os músicos decidam mantê-lo em segredo por enquanto –  e um tema central conectará todas as faixas do trabalho. Mais da metade do álbum já está composta e boa parte do material já foi gravado.

O novo álbum do Higher é aguardado sob grande expectativa, uma vez que o disco de estreia rendeu elogios calorosos da imprensa: “Nove canções perfeitas” (Metal Samsara); “Surpreendente” (Portal Reidjou); “Som único” (Galeria Musical); “Pesado e criativo, difícil de rotular” (A Música Continua A Mesma); “O Higher é uma banda de grande qualidade musical” (Warriors Of The Metal); “Um banquete aos apreciadores do bom Metal” (Rumors Mag); “Indispensável” (Metal Revolution).

O novo disco vai marcar também a estreia em estúdio da nova formação do grupo que agora é composta por Cezar Girardi (vocal), Gustavo Scaranelo (guitarra), Rodrigo Ribeiro (guitarra), Will Costa (baixo) e Pedro Rezende (bateria).

Enquanto o novo trabalho não é lançado, a novidade para os fãs da banda é que a música “Lie” agora está disponível para ser jogada no game Guitar Flash.
Nos mesmos moldes do Guitar Hero, o Guitar Flash também é um game de simulação, onde o objetivo do jogo é acertar as notas que surgem no mesmo ritmo que a música, dando a sensação de estar tocando guitarra. Como condena o nome, a principal diferença do Guitar Flash é que ele é desenvolvido a partir da tecnologia flash, permitindo assim ser jogado através da Internet.

O Guitar Flash está disponível nas versões mobile e PC.

Para jogar o Guitar Flash PC, acesse:

Nova versão: https://guitarflash3.com

Site: http://guitarflash.com

Facebook: https://apps.facebook.com/guitarflash/

Para jogar o Guitar Flash Mobile, acesse:

Link com a Google Play e App Store: http://guitarflash.com/mobile/

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=company.gamesx.guitarflash

App Store: https://itunes.apple.com/br/app/guitar-flash/id1039643229

Mais Informações:
www.higherband.com
www.facebook.com/highermetal
www.soundclound.com/highermetal
www.twitter.com/highermetal
www.youtube.com/highermetalband

Uganga: confirmado como uma das atrações do Abril Pro Rock

Uganga_2016

“Tocar no Abril Pro Rock foi mais uma enorme conquista do Uganga nesse ano que está sendo muito especial pra gente. Ainda mais considerando o quadro deprimente que o país se encontra.”

Não é nada fácil para um músico como Manu “Joker”, autor da frase acima, permanecer por tantos anos no segmento do rock/metal autoral com a mesma vontade e relevância. São tantos desafios! E existem atalhos que muitos não hesitam em tomar! Manu poderia ter escolhido se apoiar no seu passado com o Sarcófago. Ou talvez ter montado uma banda cover? A verdade é que só com o Uganga foram mais de 25 anos, cinco álbuns, um DVD, duas turnês pela Europa e centenas de shows por quase todas as regiões do Brasil. E há certos momentos que são especiais. Receber a ligação da produção do Abril Pro Rock convidando o Uganga para se apresentar na edição desse ano foi um deles. É quando Manu “Joker” olha para o passado e reconhece: “Valeu a pena!”

“Desde a antiga revista Bizz que acompanho a evolução desse que é um dos maiores festivais do Brasil. E agora é a nossa vez de mostrar nosso trabalho nesse palco sagrado. O rock tá em baixa, a modinha impera? Foda-se! É nessas horas que roqueiros de verdade devem arregaçar as mangas e ajudar e reerguer o estilo, como já fizemos em tantas outras vezes. Espero celebrar a música pesada e a liberdade artística com nossos irmãos e irmãs do nordeste no dia 28 de Abril. Estamos na pilha!”

O Uganga se apresenta no Abril Pro Rock em meio às gravações de seu novo disco, “Servus”. Com produção do próprio vocalista Manu “Joker” e de Gustavo Vazquez, o quinto álbum de estúdio do Uganga, sucessor do aclamado “Opressor” (2014), está sendo financiado pelo Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air (W:O:A) e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todas as partes do mundo, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

Realizado desde 1993 em Recife/PE, o Abril Pro Rock é um dos mais tradicionais festivais de música em atividade na América Latina!

Abril Pro Rock_2018_Easy-Resize.com

Neste ano são dois dias de festival, 27 e 28 de Abril. O show do Uganga acontece no segundo dia, sábado, quando também se apresentam Moonspell, Immolation, Heavenless, entre outros.

“O Uganga já estava na nossa lista há alguns anos. Como costumamos falar, bateu na trave algumas vezes, mas agora deu certo! Fora que tinha vários fãs pedindo! Temos certeza que será um grande show.”, afirmou a produção do festival.

Os ingressos para a 26ª edição do Abril Pro Rock vão de R$ 50,00 à R$ 120,00 e estão à venda através do sistema Sympla: https://www.sympla.com.br/abril-pro-rock-2018__251566

Entre outras novidades, o DVD “Manifesto Cerrado”, lançado recentemente em versão digital, já está em processo de prensagem e vai ganhar sua edição física em Abril. Lançado para celebrar os 20 anos de carreira do grupo, “Manifesto Cerrado” reúne um documentário de longa-metragem que conta a história da banda e um show inédito realizado na histórica estação ferroviária Stevenson em Araguari/MG. “Manifesto Cerrado” foi financiado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Araguari/MG e o seu lançamento online, totalmente gratuito, é uma tentativa de ampliar e democratizar o acesso ao material produzido.

Assista online o documentário:

Assista também o show na estação ferroviária Stevenson:

Links relacionados: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.wacken-foundation.com
https://www.facebook.com/festivalabrilprorock/

Krucipha: “Inhuman Nature” está disponível mundialmente em formato digital

krucipha_promopic

Um dos discos mais premiados do ano passado, “Inhuman Nature”, segundo trabalho completo do Krucipha está também disponível em formato digital.

O material está nas principais distribuidoras de música digital do planeta, confira alguns dos links:

Spotify: https://open.spotify.com/album/5FJ19CPiejTjr8eksVsw0p
iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/inhuman-nature/1326427468
Google: https://goo.gl/uUJcNi
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/53603832

A versão física também está disponível. Ela vem em um belíssimo digipack de luxo e pode ser comprada – junto com todo o material oficial da banda – diretamente com o Krucipha por e-mail ou Facebook.

“Inhuman Nature” foi eleito como um dos lançamentos do ano por sites nacionais e internacionais, além do público que votou no disco como um dos melhores do ano passado.

O CD conta com nove faixas e duas bônus totalizando onze canções. O disco foi produzido pela banda. A capa ficou nas mãos do talentoso artista brasileiro Carlos Fides (Evergrey, Almah) e conta com esculturas do artista plástico paranaense Jeferson Cesar, avô do baterista da banda, Felipe Nester. As fotografias das esculturas ficaram a cargo de André Nisgoski.

 
Links relacionados:

 

 

X-Empire: último clipe de “Grief” lançado e ruptura na formação

xempire_frontcover

O X-Empire acabou de lançar seu último clipe chamado “End Of Integrity” e confirma que a formação que gravou o álbum ‘Grief’ se desfez, por motivos de pessoais de cada membro em questão.

O fundador e remanescente do X-Empire, Michel Marcos, comenta sobre as mudanças:

“Perto de realizar o show no Guaru Metal Alliance, tivemos um problema com o baterista que tocaria no dia, nos deixando com pouco tempo para arrumar um substituto à altura, apesar do substituto ter sido arranjado, nem todos dentro da banda estavam contentes com a escolha, e o mais viável foi cancelar a apresentação, isso causou uma animosidade entre os membros, que saíram e pouco tempo depois anunciaram um novo projeto.

“Com a partida de diferentes caminhos na formação, eu tive que refletir sobre o que o X-Empire significava para mim.

“E depois de pedir sugestões de pessoas próximas, eu escolhi seguir em frente e a substituição de todos se deu em duas semanas com novos músicos que estão bom uma vibe boa de tocar e compor, um relacionamento fresco. Isso já dura seis meses e já temos um novo disco, com 10/11 novas músicas inéditas em fase de pré-produção que começou em janeiro de 2018, inclusive adicionando novos elementos nas novas músicas como nos vocais e guitarras.

“Breve a formação nova será apresentada a todos, e conta com músicos do mais alto gabarito! Estamos ansiosos para mostrar o novo X-Empire para vocês!”

Como canto de minerva da formação que registrou o ótimo “Grief”, um novo clipe para a música “End of Integrity” acaba de ser lançado. O trabalho foi produzido por Rogerio Oliveira, Michel Marcos and Raphael Dantas, assista:

Mais novidades sobre a nova formação e novo trabalho do X-Empire serão apresentados em breve.

Contato: contactxempire@gmail.com

Links relacionados:
www.facebook.com/xempireofficial
www.metalmedia.com.br/xempire

Uganga: além do Wacken Foundation, banda ganha mais um prêmio de incentivo à cultura para produção do novo álbum “Servus”

Uganga_2016

No final de Outubro o Uganga viajou até Goiânia para dar início às gravações de seu novo disco, “Servus”. Com produção de Gustavo Vazquez e do vocalista Manu “Joker”, o quinto álbum de estúdio do Uganga, sucessor do aclamado “Opressor” (2014), está sendo parcialmente financiado pelo Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos que apoia projetos de hard rock e heavy metal de todas as partes do mundo. A organização foi idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air (W:O:A), o maior festival de hard rock e heavy metal do planeta, e tem Doro Pesch como uma das curadoras. Entre os doadores está Alice Cooper que fez recentemente uma doação de US$ 10 mil à fundação.

Adicionalmente aos recursos recebidos da fundação alemã, o Uganga também teve projeto aprovado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária. O projeto do grupo foi aprovado no Edital SMC 011/2017 para realização no ano de 2018. Ao todo foram inscritos 316 projetos e aprovados apenas 65, sendo que, na categoria “Música” ao qual o grupo participou, foram apenas seis projetos aprovados, sendo o do Uganga o único no gênero “rock”. Os recursos financeiros recebidos do PMIC serão somados aos que a banda já recebeu do Wacken Foundation para a finalização das gravações e lançamento de “Servus”.

Aliás, depois da primeira etapa das gravações, o Uganga retornou neste mês de Janeiro para o estúdio Rock Lab onde registrou mais uma boa porção de novas músicas para “Servus”. Não obstante, também gravaram uma versão para “Voodoo”, clássico do Black Sabbath, que vai fazer parte do tracklist da “Sabbath Brazil Sabbath”, coletânea ao Black Sabbath com bandas brasileiras a ser lançada pela gravadora Secret Service Records da Inglaterra.

Fotos e vídeos das gravações têm sido publicados nas mídias sociais do Uganga. Novas informações sobre capa e tracklist de “Servus”, além de novas sessões de gravações, serão divulgadas em breve.

Entre outras novidades, o DVD “Manifesto Cerrado”, lançado recentemente em versão digital, já está em processo de prensagem e vai ganhar sua edição física em Março. Lançado para celebrar os 20 anos de carreira do grupo, “Manifesto Cerrado” reúne um documentário de longa-metragem que conta a história da banda e um show inédito realizado na histórica estação ferroviária Stevenson em Araguari/MG. “Manifesto Cerrado” foi financiado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Araguari/MG e o seu lançamento online, totalmente gratuito, é uma tentativa de ampliar e democratizar o acesso ao material produzido.

Assista online o documentário: https://youtu.be/FLgcH9dN-OQ
Assista também o show na estação ferroviária Stevenson: https://youtu.be/vMtQBqmoNrM