Mad Chicken: grupo cristaliza o Stoner Grunge entre inéditas e regravações

Quinteto mineiro lança registro de 11 faixas, o segundo pela Abraxas

A banda de Stoner Grunge Mad Chicken, de Arcos (Minas Gerais), lança pela Abraxas Records o segundo disco, “Homemade Demo Tape, Vol. II”. São 11 faixas, entre inéditas, versões alternativas de músicas de registros passados e um cover.

“Homemade Demo Tape – Vol. II” apresenta as novas “Medíocre” e “Awake”, que deixam explícito a verve noventista da Mad Chicken, com muitos riffs, melodias e sujeira nos timbres, tudo em doses exatas.

A banda, formada por Filipe Xavier (vocal), André Salviano (baixo), Daniel Santos (guitarra), Michel Custódio (guitarra) e Pedro Paim (bateria), também regravou oito faixas dos dois primeiros trabalhos, “Limestoner” (2017) e “Homemade Demo Tape” (2016). O cover de ‘Silver Water’, da River Act (Iguatama-MG), completa o disco.

Ouça “Homemade Demo Tape – Vol. II”, nas principais plataformas de streaming:
https://album.link/4bmvFHpBsPfmn

O álbum foi produzido pela Mad Chicken e gravado em home estúdio durante a pandemia, entre março e junho de 2020. A arte da capa foi produzida por Gustavo Henrique Gonçalves (Gatilho Mental).

“Homemade Demo Tape – Vol. II”, tem ainda participações especiais: Débora Rezende nos sintetizadores e Carlos Eduardo Lucas, com vocais, em “All I Know Is What I See”.

Saiba mais sobre a Mad Chicken nas redes sociais:
https://linktr.ee/MadChicken.

Hiënaz: banda lança videoclipe de “Selva Sideral”, faixa do disco “Ulular”

Banda paulistana de Stoner Rock aborda ansiedade urbana

Enquanto a pandemia da covid-19 mantém as bandas longe de shows e mesmo de estúdios, o melhor caminho é lançar material que já estava no gatilho. É o caso da Stoner Rock Hiënaz, que disponibiliza o videoclipe da música “Selva Sideral”, gravado e produzido antes da quarentena.

“Selva Sideral” é uma música de “Ulular”, o disco de estreia da Hiënaz, lançado de forma independente em 2019. É uma canção dinâmica, que mescla pontualmente as diversas referências da banda, que vão do Stoner ao Grunge e Rock Alternativo.

Assista ao videoclipe de “Selva Sideral”:

A letra é pertinente ao momento: aborda sobre ansiedade urbana, que no videoclipe é trabalhada em estruturas subjetivas, com cenas da banda ora tocando, ora contracenando com atores. O roteiro e direção do clipe é assinado pela banda junto a Victor Gorgatti e Victor Cutrale, da Domínio Media Craft.

“Foi uma experiência muito legal. A música conta uma história que não é exatamente linear e foi um desafio imenso filmar este roteiro de uma maneira que ficasse bom visualmente e ornasse com a atmosfera da música”, conta o guitarrista Pedro Kerr.

O clipe acompanha a jornada de uma pessoa em uma noite pela cidade. Ela passa por diversas situações e, não raramente, se sente angustiada com tudo o que acontece à sua volta – sejam momentos e locais da cidade, seja com pessoas à sua volta e seja com as próprias visões e projeções que ela faz na própria cabeça. “Uma jornada de altos e baixos, e a personagem sente essa montanha russa de emoções”, explica Kerr.

Paralelo ao clipe, da Hiënaz apresenta o novo baixista, Felipe Dhelomme, O músico (e também luthier), de 20 anos, tocava na banda de Heavy Metal Cachalote.

Ulular
O registro de estreia da Hiënaz contém 10 faixas cantadas em português, que condensam peso, groove, riffs marcantes e melodias com um punch bastante peculiar. 

Ouça “Ulular” pelo Spotify:

Ulular é conceitual. Retrata a jornada da juventude e sugere formas do adolescente encarar as responsabilidades da vida adulta, explorando temas como paranoia, estresse, libertação, em uma ordem cronológica pensada pela própria banda.

Musicalmente, as referências são Black Sabbath, Alice in Chains, Kyuss, Corrosion of Conformity, Stoned Jesus, Mastodon e Soundgarden, que buscam a verve stoner e do rock noventista.

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/hienazz
Instagram: www.instagram.com/_hienaz
Bandcamp: hienaz.bandcamp.com

Speaker Destroyer Machine: grupo exalta anos 90 em “Mitomaniac”

mito

A safra musical da década de 1990, para o quarteto carioca Speaker Destroyer Machine, apresentou bandas de sonoridades marcantes e autênticas o bastante para, até hoje, serem consideradas referências. A diversidade daquele período é a fonte de inspiração para a Máquina Destruidora de Auto Falantes, cujo single de estreia, “Mitomaniac”, condensa aquela característica aura, com peso, riffs e sujeira.

“Mitomaniac foi gravada por Marcelo Perrone e mixada/masterizada pelo renomado Jorge Guerreiro no Dead Bird Estúdio em Nova Friburgo. Musicalmente, é uma homenagem às bandas dos anos 90 que influenciam a SxDxMx, como Helmet, Melvins, Snapcase e Godflesh.

É uma música lamacenta, com a peculiar sujeira do Rock noventista, algo entre o Grunge e o Stoner, com nuances de Noise e de Metal, mais pitadas de experimentalismo. “Procuramos nesse som imprimir toda nossa ideia enquanto banda através de um som minimalista, primal, com um riff marcante que se repete do início ao fim”, conta a banda.

Ouça “Mitomaniac” pelo Spotify:

 

A Speaker Destroyer Machine é de Nova Friburgo e “Mitomaniac” é o cartão de visitas de um trabalho que Chumiga (vocal, Perrone (guitarra), Mugiba (baixo) e Helinho (bateria) começaram, a propósito, nos ano 90. São pessoas que de fato vivenciaram aquele período tão importante para o Rock, no que diz respeito à quebra de paradigmas, regras harmônicas e, ainda, bastante ligado à contracultura.

A letra trata da patologia conhecida como Mitomania, a qual o indivíduo não consegue dizer a verdade em nenhuma situação do cotidiano e isso acaba tornando um sofrimento extremo tanto interno/pessoal como para os que convivem com o mitomaníaco. “Lidamos com várias pessoas com essa doença ao redor, no dia a dia e a letra é uma forma de alerta e também de um basta”, explica a SxDxMx.

O single é a prévia de um EP – de quatro músicas – que a Speaker Destroyer Machine soltará em breve (já com a pré-produção concluída). Será lançamento no streaming, em formato físico e em 7 polegadas. Outro plano emergencial do quarteto carioca é, ao término da pandemia, voltar aos palcos e tocar o máximo possível pelo Brasil.

Links relacionados:
Canal do SxDxMx: youtube.com/SDM
Dead Bird Estúdio: www.youtube.com/estudioDeadBird

Radical Karma: grupo lança single “Em Colapso”

Radical_Karma_foto

Música é a prévia do novo EP, “Sintomas”, que chega ao streaming no dia 29 de maio

Viver em 2020, ao menos para gerações de pais e filhos, tem uma carga emocional cujo peso e responsabilidade não tem sido fácil de carregar. A música, então, é uma daquelas válvulas de escape que sugere o abraço, a palavra amiga e pede o sorriso no rosto. É disso que se trata “Em Colapso”, o novo single do quarteto paulistano de Rock Alternativo Radical Karma, que, no fundo, sugere: não entre em colapso! A música, disponível no streaming pela Flecha Discos e OneRpm, pode ser conferida aqui: https://ONErpm.lnk.to/EmColapso.

“Em Colapso” é última faixa do EP “Sintomas”, o sucessor do elogiadíssimo registro de estreia do Radical Karma, “Entre o Fim e o Começo” (2019). O novo EP terá novamente quatro músicas e chega às plataformas online no dia 29 de maio, também mais uma vez com arte gráfica da artista Camila Rosa.

O single reforça a verve noventista tão adorada pelos experientes e conhecidos integrantes do Radical Karma, Gabriel Zander, Fausto Oi, Mateus Brandão e Fernando Martins. A produção é de Phil Fargnoli.

Tem riffs e levadas que remetem ao Grunge, Emo e Indie Rock dos anos 90, sonoridades que os músicos da Radical Karma ouvem até hoje e os inspiram para criar, mas claro, com a personalidade de cada integrante. “Em Colapso” deixa isso evidente e, apenas como referência, é uma música que agradará em cheio fãs de Dashboard Confessional, Seaweed e Basement.

A letra, escrita por Zander, dialoga com a inusitada e complexa realidade mundial. Surgiu numa reunião de banda, de uma conversa sobre ansiedade, cobranças, sobrecarga no dia a dia, culpas. “A música é um ombro amigo, uma forma de incentivar as pessoas a contar com quem está próximo, a não desistir; enxergar o problema e falar sobre isso para tanto se ajudar e ser ajudado”, ele conta.

Radical Karma é formado por:
Gabriel Zander – Vocal
Mateus Brandão – Guitarra
Fausto Oi – Baixo
Fernando Martins – Bateria
 
Mais informações:

 

Roadie Metal: completa seis anos de existência dia 10 de maio e anuncia lançamento de duas coletâneas para data comemorativa só com artistas assessorados pelo veículo

Roadie Metal 06 anos

O mês de maio é um dos mais importantes para o veículo de comunicação da Roadie Metal. Os motivos são vários, mas o mais importante a se ressaltar, é que, no dia 10 deste mês se completa 06 anos de existência do que hoje, é um dos maiores veículos de comunicação de música pesada do Brasil.

E mais uma vez, a Roadie Metal, quer celebrar essa data conjuntamente aos seus mais de 130 mil seguidores do Facebook e 13 mil seguidores do Instagram, oferecendo um presente para todos aqueles que sempre acessam nossos conteúdos e nos prestigiam com seu tempo, dedicação e interesse em nossos materiais escritos diariamente com carinho, fidelidade e dedicação ao nosso leitor.

Capa!! Years Heavy

O que a Roadie Metal tem a lhe oferecer no dia 10 de maio, é o lançamento de duas coletâneas em todas as plataformas digitais, que irá envolver todos os atuais clientes assessorados por nós. Ao todo cuidamos da comunicação de mais de 70 artistas brasileiros, sendo do Metal e Rock, com afinco e muita dedicação, consolidando a marca da empresa, como uma das mais importantes do ramo de assessoria do meio underground.

Então prepare-se, domingo, 10 de maio, as coletânea Roadie Metal – Six Years Heavy e Roadie Metal – Six Years Death, estarão totalmente disponibilizadas à você, nosso seguidor, para acessar e escutar grandes obras feitas por excelentes músicos do país. O material será disponibilizado no Spotify, Deezer, Apple Music, Music Amazon, Google Play, Napster, Tidal e várias outras plataformas.

Roadie Metal - Six Years Death

A coletânea Roadie Metal – Six Years Death, irá envolver 35 bandas com estilos variados, mas com essência calcada em gêneros mais extremos. Os fãs de Death, Black, Thrash, Hardcore, Crossover, Metalcore, Nu Metal, Pagan Metal, terão a chance de conhecer obras inéditas e clássicos de grandes artistas.

Já a coletânea, Roadie Metal – Six Years Heavy, envolve os artistas mais tradicionais, ou seja, se você é adepto de linhas de Heavy Metal, Stoner, Rock and Roll, Industrial, Classic Rock, Hard Rock, Grunge, Agressive Metal, essa será a compilação certa para tu conhecer 36 bandas incríveis.

Ainda essa semana iremos divulgar a tracklist oficial de cada uma das compilações. Fique ligado em nossas redes sociais e salve a data, 10 de maio de 2020, 06 anos de Roadie Metal e duas compilações peso pesadas de nossos clientes assessorados!

Mais informações:
Roadie Metal Assessoria: http://roadie-metal.com/press

Explain Away: grupo lança disco maduro e com melodia impactante

explay

Banda lança material via Electric Funeral Records

Trio formado em 2014, mistura Punk, Grunge e Alternativo dos anos 90 com uma pegada própria e visceral. Letras realistas e reflexivas sobre as consequências do nada fácil cotidiano das grandes cidades e saúde mental, com um instrumental agressivo que correspondem aos temas tratados.
 
A banda acaba de lançar o disco de estúdio intitulado, “Collective Loneliness” em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records. Contendo 9 faixas que demonstram isso do começo ao fim, e apresentações potentes e altas, resgatam o espírito do bom e velho underground independente com uma equação diferenciada de boas referências em cada acorde.
 
O álbum “Collective Loneliness”, apresenta um amadurecimento da banda e busca trazer questionamentos e reflexões sobre as consequências que a vida conturbada da cidade nos traz.  As metáforas carregam mensagens sobre ansiedade, pânico, desilusão, perda, estereótipos venenosos e uma soma de fatores urbanos que resultam em questionamentos sobre autoestima, sociedade e saúde mental. 

explay.al waypng

A primeira faixa do álbum, de nome homólogo da banda, já introduz à temática proposta seja na música ou na composição. Faixas como “Lack e End of the Line”, captam bem como a banda consegue mesclar todos os estilos que os influenciaram. Já “Empty Colors”, evidencia o melhor de cada componente da banda numa melodia impactante.
 
Confira “Collective Loneliness”:
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

Explain Away: grupo fecha com selo e anuncia lançamento de disco

Explain Away

Power-trio acaba de assinar com a Electric Funeral Records

Trio formado em 2014, mistura Punk, Grunge e Alternativo dos anos 90 com uma pegada própria e visceral. Letras realistas e reflexivas sobre as consequências do nada fácil cotidiano das grandes cidades e saúde mental, com um instrumental agressivo que correspondem aos temas tratados.
 
A banda lança o disco de estúdio intitulado, “Collective Loneliness”, com 9 faixas que demonstram isso do começo ao fim, e apresentações potentes e altas, resgatam o espírito do bom e velho underground independente com uma equação diferenciada de boas referências em cada acorde.
 
O lançamento do disco está previsto para o dia 6 de abril em todas as plataformas digitais via Electric Funeral Records.
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

Concrete Monkey: grupo assina com selo e anuncia data de lançamento de disco

Concrete Monkey

Power-trio irá distribuir material via Electric Funeral Records

A banda composta por Vinícius Rodrigues (bateria), Henrique Stella (baixo, vocal) e Felipe Falci, acaba de anunciar o lançamento de seu full album no fim do mês de março.

O álbum, que leva o nome do single “High in Blue”, lançado em setembro do ano passado, edifica um marco de passagem para uma fase mais profunda e psicodélica da banda, com levadas mais pesadas e técnicas, que buscam uma forte introspecção e questionamento do lifestyle contemporâneo. O álbum mergulha em diversos estilos e subgêneros, transitando pelos movimentos dos anos 90, mas permeando no Progressivo e lisérgico Rock dos anos 70.
 
Composto por 11 faixas, sendo 7 músicas e 4 transições/interlúdios, o trabalho foi captado, editado e mixado no Studio Papiris, em São Paulo, tendo sido produzido pela própria banda e pelo Engenheiro de Som Caio Monfort, que foi o responsável também por todo o trabalho técnico, a masterização no entanto, ficou por conta da Absolute Master, tida como referência em todo território nacional.
 
O novo material será lançado dia 27 de março em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

 

Explain Away: grupo celebra o amor em single e fortalece a causa animal em clipe

explain

Marcando a nova fase do power-trio, o Explain Away lança o single e clipe da faixa “Cause We”, mostrando um caminho de composição, melodia e reflexão diferentes da intensidade e distorções do último material lançado, o disco “Collective Loneliness”.
 
A faixa trata de uma fraternal ao sentimento de estar lá para quem é importante e quem se importa reciprocamente, independente das condições mais adversas que a vida arma pelo caminho, especialmente em dias difíceis como os que temos vivido ultimamente. Um triunfo do amor incondicional sobre a desesperança.
 
A banda assina a co-produção do single, juntamente com Billy Comodoro na gravação, mixagem e masterização.   

O videoclipe da banda foi gravado em parceria com a ONG Aliança com a Vida, onde o grupo foca na adoção de animais, que são a fonte mais pura de amor incondicional que existe. O objetivo da peça audiovisual é mostrar não só o amor ao próximo, mas também com intuito de fortalecer a causa animal, trazendo relevância para esta causa e ajudar a ONG da melhor maneira possível.

Assista ao videoclipe de “Cause We”:

Confira “Cause We” pelo Spotify: 

https://spoti.fi/3cXR3C8

O grupo que foi formado em 2014, mistura Punk, Grunge e Alternativo dos anos 90 com uma pegada própria e visceral. Letras realistas e reflexivas sobre as consequências do nada fácil cotidiano das grandes cidades e saúde mental, com um instrumental agressivo que correspondem aos temas tratados. Lançaram seu primeiro trabalho de estúdio no final de 2017, intitulado “Collective Loneliness”, com 9 faixas que demonstram isso do começo ao fim, e apresentações potentes e altas, resgatam o espírito do bom e velho underground independente com uma equação diferenciada de boas referências em cada acorde. 
 
Explain Away é formado por:
Eduardo Sabaté – Vocal/Guitarra
Antonio Cattuzzo – Voz/Baixo
André Prates – Bateria
 
Mais informações:

 

 

2Crazy: duo assina com selo e anuncia lançamento de EP com inéditas

2play - IMG_20190513_153025_787 (1)

Duo sergipano lança material inédito

O duo formado em Aracaju por Yhuri (baixo e vocal) e Rodrigo (bateria), apresentam diversas influências que vão desde o Rock Clássico, ao Metal, Punk e Grunge.

A banda se prepara para lançar seu segundo EP “The War Inside”, no dia 25 de março em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

Diariamente notícias, vídeos e fotos são veiculadas na mídia tradicional e na rede mundial de computadores, mostrando uma guerra no campo político e social, diante dos nossos olhos. Essa guerra exterior adentra em nosso ser e nos joga em uma épica batalha interna com nós mesmos.

O novo trabalho tem uma abordagem mais introspectiva, onde as letras e todo o conceito do EP, tratam da luta interior do ser humano. Contendo 3 faixas; “You Lose”, “Dangerous Game” e “Kill the False Power”, o 2Crazy libera tudo que está guardado e que nos consume por dentro.

Links relacionados:
Phone: +55 21 996292220