Mayaen: grupo moderniza Rock Alternativo com “Down on Me”

 

mayaen - down

Duo experimenta e solta uma música que transita entre o Rock Garage, Stoner e Grunge

O duo Mayaen solta neste início de julho/2019 o single “Down on Me”, que assim como o EP de estreia, “Mudlord”, chega às plataformas de streaming com a chancela da Abraxas Records. Confira: https://sl.onerpm.com/1903136813.

Fábio Mazzeu (guitarra e vocais, Nove Zero Nove) e André Leal (bateria, Stone House on Fire e Carbo) novamente mostram criatividade e técnica, numa sonoridade que transita entre o Rock Garage, Stoner e Rock Alternativo. O single evidencia a experiência de ambos tanto de instrumentistas como de produtores.

“Down On Me” é impactante, e apesar de referências de bandas como Soundgarden ou Fu Manchu, são quase 4 minutos de um Rock único, com um esperto jogo de guitarras e bateria, que dão a sensação de movimento constante – sem bases. O peso explode no refrão e na enxurrada de riffs criados pelo Mayaen.

O single é apenas o primeiro de uma série de lançamentos de novas músicas ao longo do segundo semestre do ano. Álbum completo, mesmo, só em 2020. Já quanto ao próximo single, uma surpresa: terá a participação da Poliana Marques (ex-Duna, Brisa e Chama), vocalista da Polly Terror, cujo EP de estreia (abril/2019), o experimental e sombrio Speciel Fiend, também saiu pela Abraxas.

Mais informações:
Anúncios

Eduardo Pastore: músico lança EP “Wild Crowd” que mistura Rock, Grunge e Funk

pastore Foto EP - alta

Wild Crowd conta com quatro músicas de puro Rock e Grunge, gravadas com muito cuidado e dedicação, com DNA 100% brasiliense.

Eduardo Pastore é compositor e produtor musical brasiliense. Proprietário do New Orleans Studio, já tocou em projetos de gêneros variados, como Grunge, Indie, latin Rock e eletrônica. Em dezembro de 2017, concluiu o Master Certificate of Songwriting and Guitar na Berklee Institute of Music.

Seu primeiro EP, “Wild Crowd”, foi lançado na última sexta-feira (14). Pastore, em parceria com João Vitor (guitarra), Diego Promessas (bateria) e Bruno Amorim (baixo), três amigos e músicos com vasta experiência na cena musical brasiliense, apresentam um repertório autoral com raízes fincadas no Rock, Grunge e Funk.

“Não poderia deixar de agradecer a todas e todos que têm me acompanhado nessa jornada, faz um ano que comecei essa fase e esse EP não teria sentido sem o entusiasmo de vocês.” – afirma Eduardo.

“Wild Crowd” conta com 4 faixas marcadas por guitarras modernas e letras rápidas, que procuram dar voz aos diversos tipos de amor. Nas próximas 4 sextas-feiras serão lançados videoclipes para as cada uma das músicas do EP no canal do Youtube do músico.

O lyric vídeo da música “Wild Crowd”, faixa que dá nome ao EP, já pode ser conferido no link abaixo:

Escute agora “Wild Crowd”:

https://eduardopastore.hearnow.com/

Links relacionados:

 

Radio Front: grupo varia entre peso e leveza em catártico vídeo “Into the Rain”

Radio Front - Into The Rain

Debaixo de uma forte chuva, a banda carioca Radio Front se conecta a algo superior em uma performance catártica. Essa é a premissa do clipe de “Into The Rain”, faixa que dá nome ao disco de estreia, onde caminham entre o Rock Alternativo, o Pós-Grunge e o Metal. O vídeo é dirigido por Gabriel Gomes.

Veja o clipe:

Mesclando influências pessoais como uma rádio a sintonizar frequências diferentes, o trabalho reúne faixas com contornos diversos do Rock Alternativo, do Grunge, do Stoner com momentos que se aproximam de vertentes tão diferentes entre si como o Hardcore e o Metal. A banda, que iniciou a carreira nos subúrbios do Rio de Janeiro, traz um peso nas letras, junto do som.

“Essa é uma música muito forte, com uma letra muito emocional. Ela tem um conceito de que se o céu existe, nossa conexão mais forte com ele é a chuva. É na chuva que sentimos o toque das pessoas que se foram. É definitivamente uma das faixas mais importantes pra mim”, conta Felipe Nova, vocalista da banda.

Além dele, a Radio Front é formada por Marcelo Moreira (baixo), Bruno Moreira (guitarra), Yuri Corrêa (guitarra) e Leonardo Bourseau (bateria). No vídeo, feito pela produtora Screamin, eles buscam uma visão direta dessa conexão através da chuva. Para isso, a banda precisou de criatividade.

“A gravação foi marcada para um final de semana de temporal onde não caiu uma gota do céu. Por isso, construímos uma máquina de chuva artificial feita de encanamento e aspersores de jardim”, explica Marcelo Moreira.

O álbum “Into the Rain” tem produção e mixagem de Luiz Freitag e Jon Marques, da Musark, e está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ouça o álbum: http://bit.ly/RadioFrontIntoTheRain

Radio Front é formado por:
Felipe Nova – (Vocal)
Yuri Correa – (Guitarra)
Bruno Moreira – (Guitara)
Marcelo Moreira – (Baixo)
Leonardo Bouserau – (Bateria)
 
Links relacionados:

 

 

Desert Crows: revelação do Stoner Rock goiano, apresenta seu disco de estreia

desertcrows2019_01

Uma das maiores revelações do Stoner Rock goiano – que já produziu nomes como Black Drawing Chalks, MQN e Hellbenders -, a Desert Crows lança seu disco de estreia. “Age of Despair” traz um Hard Rock repleto de fuzz e com influências de Grunge e Rock n’ Roll. O álbum, preparado desde 2017, chega às plataformas de streaming e em CD pelos selos Monstro Discos e Milo Records, com arte gráfica do fenomenal Cristiano Suarez.

desert_crows_capa

“Age of Despair” foi gravado no Estúdio Resistência e conta com oito faixas de Stoner tradicional, com uma produção moderna, envolvidas por uma avalanche de riffs pesados e viajantes, com batidas certeiras e empolgantes.

Quem conhece o single “Loose Me”, de 2018 (ainda em versão lyric vídeo), sabe o poder de fogo do power trio Vitor Mercez (guitarra e vocal), Raul Martins (baixo) e Pedro Nascimento (bateria). A música, presente em “Age of Despair”, é densa, cadenciada e com uma melodia que gruda na cabeça. Os outros singles previamente lançados, “Even The Devil Cries” e “Skin”, também estão no álbum.

O lema “fuzzy and heavy tones” faz mesmo jus à proposta dos jovens corvos desérticos, que lançam um debut vigoroso, com a promessa de fazer ainda mais barulho quando executado ao vivo nos shows que anunciarão em breve. Altamente indicado para fãs de Kyuss, Stoned Jesus, Sleep e Uncle Acid and the Deadbeats.

Ouça em:
iTunes/Apple Music: https://apple.co/2VBkUXQ
 
Para adquirir o CD acesse: 

Akasha Rock Fest: festival reúne novos nomes da cena independente na Lapa

Codinome Winchester por Sarah Outeiro 3

Codinome Winchester (MS), Little Room, Radio Front e EMET se apresentarão no La Esquina

A edição de abril do Akasha Rock Fest ocupa o La Esquina, na Lapa, no dia 14/04 (domingo) a partir das 17h30. As bandas Codinome Winchester (MS), Little Room, Radio Front e EMET se apresentarão no evento que contará também com exposições, flash tatoo e body piercing. Os ingressos variam entre R$ 10 e R$ 15.

A sul-matogrossense Codinome Winchester é sucesso nas plataformas de música digital com seu Rock Lisérgico e Psicodélico. O repertório do show trará canções do novo álbum “Reunião Entre Céu e Inferno”. A banda é Fillipe Saldanha (voz), Arthur Maximilliano (guitarra e teremim), Guilherme Napa (bateria), Luciano Armstrong (guitarra, backing vocal e sintetizador) e Thiago Souto (baixo).

Formada pelos irmãos Ana Júlia e Gabriel Braga, a banda de Indie Pop e Garage Rock Little Room vai apresentar as faixas do seu homônimo EP de estreia e composições inéditas que formarão um futuro lançamento do grupo.

A Radio Front sobe ao palco com Felipe Nova (voz), Bruno Moreira (guitarra), Yuri Correa (guitarra) e Leonardo Bourseau (bateria) e as canções de vibe Grunge e Stoner. A banda mostra o primeiro disco de inéditas, “Into the Rain”, que mistura diversos elementos do Rock Alternativo noventista. Com um estilo que mescla o Hard Rock e o Grunge, o quinteto carioca EMET (que significa “verdade”, em hebraico) apresenta canções autorais, como o single recém-lançado “Look In Your Eyes”.

Alaska

Serviço:
Akasha Rock Fest
Data: 14/04/2018 (domingo)
Horário: 17h30h
Local: La Esquina
Endereço: Avenida Mem de Sá, 61 – Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$ 10 | R$ 15
Classificação etária: 18 anos (acima de 16, acompanhado de responsável)

Magnética: banda lança novo clipe “Em Mim” que luta em prol do fim da violência contra a mulher no Brasil

Magnetica - atual

Lançado oficialmente no “Dia Mundial da Mulher”, o novo clipe da Magnética, “Em Mim”, busca trazer reflexão para um problema gravíssimo vivido no Brasil e no mundo, a violência contra a mulher.

A banda Magnética que sempre trouxe em suas músicas assuntos que abordam temas sobre problemas crônicos em uma sociedade, expôs na letra de “Em Mim”, todas as mazelas causadas contra a mulher e o quanto isso obtém pouco respaldo da justiça brasileira, que não se esforça para criar leis mais severas e punitivas aos agressores.

Confira o clipe de “Em Mim”:

Em breve será lançado o novo EP “Frankenstein” em todas as plataformas de streaming. A música “Em Mim” estará presente no novo registro e poderá ser consumida no Spotify, Deezer, Itunes e várias outras plataformas.

Formação:
Rafael Musa – (Vocal/Guitarra)
Anderson Pavan – (Baixo)
Marcos Ribeiro – (Bateria)
 
Mais informações:

Blowdrivers: banda promete boas sensações em disco de estreia

blowdrivers_byWarrendePaula_02

A cena Rock de Goiânia segue fervilhando e mais uma banda da novíssima geração dá as caras garantindo boas sensações em seu disco de estréia. Com apenas dois anos, a Blowdrivers lança, via Monstro Discos, o álbum “You Gonna Enjoy the Feelingem” em todas as plataformas digitais. Um trabalho com a pegada do Rock 70, mas também com toques do Alt Country, do Grunge e do Funk Rock dos anos 90.

Formado por Benaglia (vocal), Guilherme Gonçalves (guitarra), Felipe Camargo (baixo) e Renan Neves (bateria) o Blowdrivers começou a gravar as primeiras músicas em 2017, com produção de Dênio e Daniel de Paula, no estúdio Tambor. “You Gonna Enjoy the Feeling” reúne esses primeiros singles e músicas registradas este ano.

thumbnail_blowdrivers_capa

As diferentes nuances do disco podem ser sentidas em faixas como “Locomotive”, um Hard Rock que fala de auto estima e empoderamento e traz o uso de um megafone no refrão; “Time Bomb Wire”, com uma pegada mais Funk e um baixo com Talk Box; “Country Folks”, que brinca com o fato de serem uma banda de Rock na “terra do sertanejo”; e “Wake Up Rosie”uma viagem mais psicodélica, com riffs e vocais Led Zeppelianos e solos de guitarra orientais.

Ao final do álbum, a grande sensação que a Blowdrivers deixa é que o bom e velho Rock and Roll continua pulsante em Goiânia e que, se depender deles, a cidade continuará cada vez mais Rock!

Ouça You Gonna Enjoy the Felling:

Spotify: https://spoti.fi/2RBs1O6

Deezer: http://bit.ly/2zGiyhu

iTunes/Apple Music: https://apple.co/2G0P4R4

Amazon Music: https://amzn.to/2KXVSxs

Google Play: http://bit.ly/2Uh5Nm7