Broken & Boned: álbum “Hypocrisy Hymns” é destaque no Blog Heavy Metal Thunder

Broken & Boned

“Metal Mark” Garcia, ou para quem o segue a mais tempo, “Big Daddy” do Metal Samsara. Hoje, Marcão está à frente do conceituado Blog Heavy Metal Thunder do Brasil. Profundo conhecedor de metal em geral, Garcia ainda colabora com outros veículos respeitados, como a revista eletrônica Rock Meeting e o site estrangeiro Metal Temple.

Conhecido por sua franqueza e senso de justiça sólido para o que é bom ou ruim no underground, tanto em matéria de comportamento como na música, o redator fez críticas positivas ao debut da banda paraense Broken & Boned, “Hypocrisy Hymns” (2018). “De Norte a Sul, de Leste a Oeste, o Metal ainda é o estilo mais cultuado no Brasil, uma vez que o mesmo não se encontra estagnado por limites regionais/estaduais. Ele chega a todos os cantos e move imensas quantidades de fãs. Por isso, um país onde o gênero possui tanto “appeal” tem que mostrar boas bandas. E de Marabá (PA) vem o BROKEN & BONED, um quinteto que mostra talento e peso em seu primeiro disco de estúdio, o feroz ‘Hypocrisy Hymns’”, escancara o jornalista no primeiro parágrafo da resenha.

Observador atento, o crítico musical repara detalhes na produção do álbum que, a seu ver, poderia ganhar mais atenção. “Um trabalho desse tipo precisa de uma qualidade sonora de alto nível, que consiga associar a crueza inerente da banda com uma boa noção de definição sonora. O grupo até conseguiu algo muito bom nesse ponto (…) Não está ruim, não é isso, mas sim que poderia ser melhor”, pontua.

Em linhas gerais, “Hypocrisy Hymns”, que arrancou elogios de repórteres de outras mídias como Roadie Metal, Roadie Crew e Whiplash, não poderia também deixar de fisgar o sincero Mark Garcia. “Em termos de composição, “Hypocrisy Hymns” mostra uma banda raçuda e com sangue nos olhos, com músicas cheias de energia e que são capazes de agradar os mais exigentes fãs de Metal extremo”, dispara e conclui, “No mais, o BROKEN & BONED é muito bom, e ‘Hypocrisy Hymns’ tende a esmagar ossos e pescoços sem dó.”

Para conferir a resenha na íntegra, acesse o endereço:

https://heavymthunder.blogspot.com/2018/11/broken-boned-hypocrisy-hymns.html?spref=fb&fbclid=IwAR2AvZVM8Z0T5xlqeu78Es3TjxHyZ53bEhxcgb31tOVGM9rjGpV0SteqNnw&m=1

Confira o álbum “Hypocrisy Hymns” pelo streaming: