Pulso de Marte: grupo assina com selo e anuncia lançamento de EP

Pulso de Marte (9)

Banda lança material inédito via Electric Funeral Records

2014 foi o ano em que Nathália Rebouças e Leticia Monteiro uniram-se em nome da música e se tornaram a linha de frente deste projeto, que chamaram de Pulso de Marte. Dos sonhos de Nathália Rebouças para o mundo real, a Pulso de Marte procura ter uma música com muita personalidade misturando Indie, Pop Rock, MPB, Hardcore até a música alternativa.

A banda esteve em diversos palcos importantes da cena de fortaleza, como na Órbita Bar e Centro Cultural Banco no Nordeste. Participou de Festivais importantes como Maloca Dragão, Feira da Música e ganhou o primeiro lugar no Festival de Música da Juventude em 2017.

Em 2019 a dupla estava construindo o ano de 2020 dentro do laboratório de Música do Porto Iracema das Artes, com a tutoria de Raquel Virginia (As Bahias e a Cozinha Mineira), a primeira mulher trans indicada ao Grammy Latino. O resultado disso é o lançamento de “Marte é Mulher” o mais novo EP da banda que será lançado em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records dia 13 de março.

Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

 

Threesome: ganhe kit com camiseta, CD, chaveiro e palheta do grupo

Threesome 2018_Low.jpg

Formada em 2012 em Campinas/SP, a Threesome é um quinteto de música autoral esteticamente influenciada pelo rock dos anos 60 e 70 e com referências de outros segmentos como o blues, jazz e o indie.

Inerentemente maliciosas, as letras das músicas do Threesome discorrem geralmente sobre as relações humanas pela perspectiva de experiências sexuais, monogâmicas ou não. Mais do que contar histórias clichês, a Threesome quer provocar, romper barreiras impostas pelo preconceito e por setores opressores da sociedade, promovendo a livre reflexão sobre um dos temas centrais dos estudos de Sigmund Freud.

“Get Naked” é o título do álbum de estreia do Threesome lançado em 2014. O disco reúne 11 faixas e está integralmente disponível online através das principais rádios e aplicativos.

Três anos após o lançamento do debute, Juh e Fred Leidl, Bruno Manfrinato, Bob Rocha e Henrique Matos decidiram colocar o álbum sob nova perspectiva, motivados pelo desligamento do antigo vocalista e por novas possibilidades no processo de produção.

O resultado foi o EP “Keep On Naked” que traz regravações de duas músicas do disco de estreia, “Every Real Woman” – agora “ERW” – e “Why Are You So Angry?” – rebatizada como “Sweet Anger” -, além de uma faixa inédita chamada “My Eyes”.

Threesome_Keep On Naked

Se “Get Naked” foi concebido a partir de uma estética artesanal, para “Keep On Naked” o Threesome buscou um caminho absolutamente inverso. Captação, mixagem e masterização levam a assinatura de ninguém menos que Maurício Cajueiro, renomado produtor brasileiro que já trabalhou com alguns dos nomes mais relevantes do mundo como Linkin Park, Steve Vai, Glenn Hughes, Gene Simmons, Stephen Stills, entre outros. Todo o processo aconteceu no estúdio Cajueiro em Campinas e a banda gravou as músicas ao vivo direto na fita de rolo.

“Keep On Naked” já está disponível para audição streaming e download nas principais plataformas digitais:

Spotify: https://goo.gl/YC686B
Deezer: https://goo.gl/oB8T16
Amazon: https://goo.gl/uNstNR
iTunes: https://goo.gl/7Facpo
Google Play: https://goo.gl/4iPEUG

Dois vídeos também já foram produzidos para o EP:
Lyric-Video de “Sweet Anger”: https://youtu.be/yYhqr_ZI464
Videoclipe de “My Eyes”: https://youtu.be/tF0uV5godLA

E para quem não abre mão do CD físico, há uma chance de ganhar uma cópia do EP “Keep On Naked”, assim como também uma camiseta e um chaveiro porta-palhetas do Threesome.

Basta participar do desafio “Yes I Know It” acessando o endereço https://goo.gl/VHPBc3 e responder a pergunta: “Qual música do novo EP da Threesome está a letra: A Place To Jump / A Way To Slide?”.

Threesome_Desafio Yes I Know It

O sorteio acontecerá no próximo dia 23 de Março. Para mais detalhes, basta ler o regulamento do desafio.

Links relacionados:
www.3somerock.com
www.facebook.com/3some
www.youtube.com/threesomerock
www.twitter.com/ThreesomeRock
www.instagram.com/threesomerock
www.soundcloud.com/threesomerock

 

Sexo, Pincéis e Rock ‘N’ Roll: banda Threesome promove encontro entre música e artes plásticas com um toque de erotismo

Juh Leidl_Feel II.jpg

Formada em 2012 em Campinas/SP, a Threesome é um quinteto de música autoral e original, esteticamente influenciada pelo rock dos anos 60 e 70 e com referencias agregadas de outros segmentos como o blues, acid jazz e o indie.

Inerentemente maliciosas, as letras  das músicas do Threesome narram experiências amorosas e sexuais, monogâmicas ou não. Mais do que contar histórias clichês, a Threesome quer provocar, romper barreiras impostas pelo preconceito e por setores opressores da sociedade, promovendo a livre reflexão sobre um dos temas centrais dos estudos de Sigmund Freud.

Juh Leidl, vocalista do grupo, também é artista plástica, o que acaba por influenciar diretamente o trabalho do Threesome. Seja no aspecto musical em si ou no desenvolvimento do trabalho visual da banda, que quase sempre levam a assinatura da cantora.

Juh Leidl.jpg

Aos 14 anos Juh Leidl conquistou a primeira medalha de ouro em uma exposição na Childen’s Art Gallery em Zánka, Hungria. Estudou Belas Artes da Universidade Estadual de Campinas UNICAMP, onde se formou com especialização em pintura.

Durante os processos criativos de Juh Leidl, segundo ela própria, música e pintura coexistem de forma caleidoscópica.

“Sempre fui apaixonada por música e sempre desenhei e pintei ouvindo música”, conta Juh Leidl. “Para mim é impossível pintar sem ouvir música. Ela é tão intrínseca ao processo que tenho que escolher a dedo o que vou ouvir dependendo do trabalho que estou fazendo, da energia que quero passar na tela. Já perdi a conta de quantas vezes coloquei um álbum e em determinado momento tive que parar de pintar e trocar a música porque a vibração que começou a rolar não estava alinhada com o trabalho. Ou então deixei uma música em particular tocando repetidas vezes até terminar um determinado ponto do quadro. Já quando estou cantando ou compondo eu penso em cores, em quente, frio, em calma, em raiva, o que a música quer dizer, logo que cor ela tem? Que nuances posso dar a melodia quase como quem pinta só que com o som! Quando estou no palco penso em layouts e composições de imagem. O que o público está vendo? Que estrutura estamos mostrando se eu ficar pra cá, e porque não levar o olhar agora para lá? Imagem e som são como eu respiro.”

Entre os trabalhos de Juh, destacam-se algumas obras como “Feel II” e “Free”.

“Ambos apresentam essa linguagem mais erótica, mas enquanto “Feel II” é quase que uma entrega romântica, “Free” é mais solta. “Feel II” traz as linhas escritas em hebraico que, se traduzidas, dizem: ‘Oh, meu coração é seu, meu corpo é seu, e toda a minha alma, meus olhos te vendo, meus lábios beijando os seus’. “Free” foi um exercício de desbloqueio, fazer o que viesse a mente, aí acabaram saindo as imagens de várias formas de amor.  Os trabalhos têm em comum a atmosfera mais pastel”, explicou a artista.

Juh Leidl_Free.jpg

“Get Naked” é o título do álbum de estreia do Threesome lançado em 2014. O disco reúne 11 faixas e está integralmente disponível online através das principais rádios e apps como iTunes, Spotify e Google Play. No canal oficial da banda no Soundcloud também é possível ouvir “Get Naked” na íntegra: https://soundcloud.com/threesomerock/sets/get-naked 

O Threesome está atualmente em estúdio gravando um EP inédito a ser lançado ainda no primeiro semestre de 2017. Juh Leidl certamente assinará a arte da capa.

Além de Juh, o Threesome também é formado por Fred Leidl (guitarra/piano/vocal), Bruno Manfrinato (guitarra), Bob Rocha (baixo) e Henrique Matos (bateria).

Links relacionados:

 

Lavage: banda é confirmada em coletânea cearense de Hardcore

thumbnail_Promos (6).jpg

Ainda desfrutando dos resultados do bem recebido “Zombie Walk”, a banda Lavage foi confirmada na coletânea “Hardcore Ceará”. O álbum está em fase final de produção e é uma realização financiada pelos próprios grupos envolvidos.

Ao todo, o CD reunirá 24 faixas de doze bandas locais, e a Lavage entrará com as canções “Viver No Brasil” e “Desintegração Da Morte”, ambas listadas no full-length de 2016.

A ilustração da coletânea foi desenvolvida pelo desenhista Carlos Henrique Guabiras, o mesmo artista que criou a capa de “Zombie Walk”, cujo os traços e cores apontam para muitas semelhanças.

HC.jpg

Após o lançamento da compilação, que tem previsão para o primeiro semestre de 2017, os participantes deverão fazer shows no propósito de divulgar esse material e seus trabalhos. “É sempre bom participar desse tipo de iniciativa que ajuda a integrar e fortalecer a cena underground, conferindo maior visibilidade à produção das bandas”, disse Bruno Andrade (vocalista).

A Lavage abre caminho pelo underground com sua música satírica, ácida e realista. Promovendo seu sexto álbum, “Zombie Walk”, seguem uma receita fomentada no Punk Rock, Rockabilly e Indie. Além dos compromissos marcados na agenda, mais datas estão abertas a novos shows pelo Brasil.

Contato: (85) 3295.5524 / 98602.1716
 
Links relacionados: