Magnética: banda lança novo clipe “Em Mim” que luta em prol do fim da violência contra a mulher no Brasil

Magnetica - atual

Lançado oficialmente no “Dia Mundial da Mulher”, o novo clipe da Magnética, “Em Mim”, busca trazer reflexão para um problema gravíssimo vivido no Brasil e no mundo, a violência contra a mulher.

A banda Magnética que sempre trouxe em suas músicas assuntos que abordam temas sobre problemas crônicos em uma sociedade, expôs na letra de “Em Mim”, todas as mazelas causadas contra a mulher e o quanto isso obtém pouco respaldo da justiça brasileira, que não se esforça para criar leis mais severas e punitivas aos agressores.

Confira o clipe de “Em Mim”:

Em breve será lançado o novo EP “Frankenstein” em todas as plataformas de streaming. A música “Em Mim” estará presente no novo registro e poderá ser consumida no Spotify, Deezer, Itunes e várias outras plataformas.

Formação:
Rafael Musa – (Vocal/Guitarra)
Anderson Pavan – (Baixo)
Marcos Ribeiro – (Bateria)
 
Mais informações:

Magnética: banda apresenta nome e conceito do novo EP

Magnetica - atual

O grupo Magnética lançou no início de 2018 o primeiro trabalho da carreira, o belíssimo disco, “Homo sapiens brasiliensis”, na época a banda tinha uma formação diferente da atual, que por motivos pessoais de alguns integrantes teve que se diluir, perdendo o vocalista que havia gravado o disco logo após o lançamento do mesmo.

O fundador e principal compositor da Magnética, Rafael Musa, não pensou duas vezes e assumiu os vocais do grupo, o mesmo também dividia partes das canções e tem um trabalho paralelo, no qual, ele é o vocalista principal. Tomada essa decisão, a banda, em menos de seis meses, começou a compor novas músicas e vem a público informar o lançamento, ainda para 2018, de um novo trabalho de estúdio, o EP “Frankenstein”, que atualmente está sendo trabalhado no “Under Studio” na cidade de Ribeirão Preto/SP.

“Frankeinstein” terá quatro faixas inéditas e será lançado inicialmente em formato digital, a banda informa que o processo está bem avançado e as músicas ganhando corpo. As músicas já foram gravadas e o processo de masterização está sendo feita pelo renomado produtor Rômulo Ramazini, também guitarrista e vocalista do Necrofobia.

O vocalista e guitarrista, Rafael Musa, explica o que criou para o EP “Frankenstein” e todo sentimento que ele irá carregar: É um álbum que expõe e critica fortemente o comportamento histórico humano em suas diversas ações cotidianas. De cara, Marcas, possível primeira faixa do álbum, retrata o homem como protagonista da própria destruição e responsável por diversas mazelas do mundo. É hora de mudar, antes que seja tarde. Frankenstein expõe a triste natureza humana contextualizada em comportamentos atuais. Sua fraqueza aliada às incertezas do mundo moderno transformam o homem em um ser meticuloso e cheio de interesses pessoais. Locomotivos retrata a violência física e sexual contra mulheres, crianças e adolescente. Traz dados estatísticos alarmantes que expõe está infeliz realidade brasileira. Por fim, a Jornada, cuja parte instrumental é de autoria do ex-membro da banda Elvio Trevizoni, apresenta o problema do homem moderno, escravo das consequências de suas próprias escolhas e, na maioria das vezes, não preparado psicologicamente para elas”.

Ainda não se sabe a data oficial de lançamento, porém, a banda revela que muito em breve estará liberando a arte oficial e o primeiro single para apreciação dos fãs do Rock enérgico e inteligente criado pela Magnética.

Formação:
Rafael Musa – (Guitarra/Vocal)
Kelson Palharini – (Guitarra)
Anderson Pavan – (Baixo)
Marcos Ribeiro – (Bateria)
 
Mais informações:

Magnética: grupo apresenta conceito do novo álbum “Homo sapiens brasiliensis”

Magnetica - 02

O primeiro registro de estúdio da banda “Magnética” está chegando em sua reta final, o aguardado álbum “Homo sapiens brasiliensis” já está finalizado e masterizado, aguardando apenas a prensagem oficial para ter início a distribuição do disco para os fãs, imprensa e produtoras brasileiras.

Algumas músicas de “Homo sapiens brasiliensis” possuem clipe oficial e estão disponíveis no canal oficial do grupo “Magnética” no YouTube. O álbum irá contar com 10 faixas que apresentam uma proposta calcada no Rock and Roll, Hard Rock e Grunge, sendo todas as letras cantadas em português com variados conceitos em cada uma.

A banda Magnética já liberou em seu canal oficial do YouTube, cinco músicas que estarão no disco “Homo sapiens brasiliensis”, quatro delas com vídeo clipe oficial e uma com um Lyric vídeo. O guitarrista e fundador do grupo, “Rafael Musa”, contou sobre o conceito lírico do disco e os assuntos que serão abordados em todas as faixas do novo álbum, confira:

O álbum Homo sapiens brasiliensis inicia-se com a faixa Inflamáveis, música que retrata o conflito do indivíduo com ele mesmo. Este, ao tomar ciência de suas várias faces, inicia um processo de autoconhecimento e, ao longo do álbum, passa por reflexões nas mais diversas experiências vividas”.

 “A faixa Super Aquecendo, segunda do álbum, traz o primeiro comportamento do homem ao tomar ciência de um problema: o ignora. Com sarcasmo e inteligência, porém, metaforiza seu caso com a atual situação climática do mundo, defendida por muitos como algo comum e passageiro. É assim que ele, inicialmente, vê o seu problema”.

No entanto, as faixas seguintes lhe mostram o contrário. Homo sapiens brasiliensis, faixa que dá nome ao LP, retrata a sua revolta política com um problema que está presente e enraizado em nosso país, a corrupção. É uma música inspirada no Hino Nacional Brasileiro que critica a passividade do nosso povo”.

“Na sequência, Crianças e Interstellar trazem a reflexão do homem como escravo da sua condição de existência e sua busca por libertação. Envelhecer não é fácil, traz responsabilidades e é necessária força para enfrentar as barreiras”.

“Em os Magnéticos, oitava faixa do álbum, o homem se dá conta de que é condição da vida a sobrevivência. E, se ao final do processo, lá está ele de pé, ele é um vencedor”.

“Em Natural, suas diferentes faces entram em conflito, preparadas para o desafio final. Viver e morrer faz parte da vida e, para sobreviver, é necessário matar aquilo que nos atormenta, nos desencoraja”.

“Por fim, minha hora celebra sua total libertação. O indivíduo se torna um ser ciente das suas forças e limitações e pronto para enfrentar o que vier pela frente. No entanto, como sempre em todas as batalhas, as lutas deixam Marcas…”

O álbum “Homo sapiens brasiliensis” será lançado no início de 2018, material físico e também digital, com distribuição nas principais plataformas de Streaming do Mundo.

capa-magnc3a9tica

Tracklist
01 – Inflamáveis
02 – Super Aquecendo
03 – Homo sapiens brasiliensis
04 – Céu de Abril
05 – Descãonhecido
06 – Crianças
07 – Interstellar
08 – Os Magnéticos
09 – Natural
10 – Minha Hora
 
Formação:
Elvio Trevizoni – Vocal
Rafael Musa – Guitarra
Kelson Palharini – Guitarra
Anderson Pavan – Baixo
Marcos Ribeiro – Bateria
 
Mais informações:

Magnética: sátira e crítica a atual situação política do país em clipe novo da música “Homo sapiens brasiliensis”, confira

capa-magnc3a9tica.jpg

O momento é de crise política e instabilidade econômica no Brasil, aproveitando essa deixa, a banda Magnética acaba de disponibilizar no novo clipe da música “Homo sapiens brasiliensis”, a música é uma crítica com muita sátira sobre a atual situação do país.

De forma inteligente os músicos da banda utilizando de passagens do Hino Nacional, como estrofes entre uma passagem e outra do clipe, feito em animação e com alto nível de qualidade, o clipe apresenta ao público o escárnio do grupo sobre tudo que vem ocorrendo ano após ano na política brasileira.

A banda Magnética deixa claro que não possuiu nenhuma posição política, mas sim uma revolta contra toda e qualquer corrupção dos engravatados responsáveis em reger as leis e a distribuição per capita do país.

Homo sapiens brasiliensis é também o nome do primeiro álbum da carreira do grupo, mesclando um rock enérgico e cheio de nuances entre o rock, grunge, hard rock, a banda cria uma atmosfera única ao estilo do grupo e irá agradar fãs de estilos diversos.

O álbum está no processo final de prensagem e a previsão de lançamento é para o início do segundo semestre de 2017.

Magnética - Show de estreia do Pavan.jpg

Formação:
Elvio Trevizoni – (Vocal);
Rafael Musa – (Guitarra);
Kelson Palharini – (Guitarra);
Anderson Pavan – (Baixo);
Marcos Ribeiro – (Bateria).
 
Mais informações:

Magnética: banda apresenta novo baixista

thumbnail_Logo Magnetica

A banda Magnética vem se preparando para o lançamento oficial de seu primeiro registro de estúdio, o álbum “Homo sapiens brasiliensis”, já está quase finalizado e os músicos aguardam apenas os ajustes finais para dar início a prensagem do material físico.

Antes de lançar o álbum, a banda vem a público anunciar a entrada de um novo integrante no grupo, o baixista Anderson Pavan, que inclusive já fez seu show de estreia no ultimo dia 15 de abril na cidade de Bebedouro/SP, no evento “Rock Solidário” com apoio da prefeitura da cidade.

O músico assume as linhas de baixo e com toda sua experiência, promete manter a tradição do grupo em executar linhas harmônicas técnicas e com muito peso e groove, características do estilo musical da banda Magnética.

thumbnail_Magnética - Show de estreia do Pavan

Formação atual:
Elvio Trevizoni – Vocal;
Rafael Musa – Guitarra;
Kelson Palharini – Guitarra;
Anderson Pavan – Baixo;
Marcos Ribeiro – Bateria.
 
 
Links relacionados:

Magnética: confira a tracklist oficial do álbum “Homo Sapiens Brasiliensis”

Capa Magnética

A máquina está cada vez mais quente, o Brasil continua com suas corrupções intermináveis, a população já não aguenta mais e os músicos da banda “Magnética” apresentam mais uma novidade do seu novo disco, “Homo Sapiens Brasiliensis”, que não irá poupar a situação do país em letras inteligentes e criticas profusas sobre a corrupção no Brasil.

O álbum “Homo Sapiens Brasiliensis”, já possui algumas músicas divulgadas em forma de clipe, ou apenas áudio, a capa do álbum também já foi revelada pelo grupo em suas redes sociais e agora os músicos apresentam a tracklist oficial do novo álbum.

Trackilist:
01 – Inflamáveis
02 – Super Aquecendo
03 – Homo Sapiens Brasiliensis
04 – Céu de Abril
05 – Descãonhecido
06 – Crianças
07 – Interstellar
08 – Os Magnéticos
09 – Natural
10 – Minha Hora

Com quase todos os trabalhos finalizados, a banda Magnética aguarda apenas os ajustes finais de produção do álbum, para iniciar a prensagem do material físico e assim dar início a distribuição do disco.

As músicas “Super Aquecendo”, “Os Magnéticos” e “Descãonhecido”, já possuem clipes oficiais divulgados no canal oficial do grupo pelo YouTube, enquanto as músicas “Interstellar e “Super Aquecendo”, foram liberados em formato de áudio.

Formação:
Marcos Ribeiro: Bateria
Rafael Musa: Guitarra
Elvio Trevizoni: Vocal
Kelson Palharini – Guitarra
 
Mais informações:

Magnética: banda revela capa do álbum “Homo Sapiens Brasiliensis”, confira

Logo Magnetica

Muito próximos do lançamento oficial do primeiro álbum da carreira, a banda Magnética, apresenta ao público a capa oficial do aguardado disco “Homo Sapiens Brasiliensis”.

O álbum irá abortar músicas enérgicas e com uma proposta calcada no Rock and Roll e algumas nuances de Stoner/Grunge, letras cantadas em português, com temas politizados e criticas sociais, a banda espera com esse disco levar uma visão divertida, mas com seriedade, os problemas encontrados no país.

Capa Magnética.jpg

Algumas músicas já estão disponíveis para audição, sendo que as faixas, Descãonhecido, Super Aquecendo e Os Magnéticos, possuem clipes oficias, com produção em alto nível, outras músicas também foram disponibilizadas como singles na plataforma do YouTube oficial do grupo.

Ainda sem revelar a data oficial de lançamento de “Homo Sapiens Brasiliensis”, o grupo informa que o disco será prensado fisicamente e também terá sua distribuição digital nas principais plataformas de áudio, mesmo sem revelar a data, o grupo deixa pistas que a data está muito próxima.

Confira o clipe da Super Aquecendo:

Confira o clipe de Os Magnéticos:

Formação:
Elvio Trevizoni: Vocal
Rafael Musa: Guitarra
Kelson Palharini – Guitarra
Marcos Ribeiro: Bateria
 
Mais informações: