Melyra: saindo da escuridão, grupo lança clipe de “Fantasy”

Melyra_Fantasy 02

Um retorno a luz é o que “Fantasy”, novo clipe da Melyra representa. Enquanto no vídeo anterior, My Delirium, a escuridão convidava a sair dos padrões, a mergulhar no delírio, no trabalho atual a ideia é caminhar para a luz e tornar as fantasias em realidade. A música faz parte do disco “Saving You From Reality”, lançado no último ano e considerado um dos melhores de 2018 por sites especializados.

“Nesse clipe a gente conta uma história que foi baseada em como nasceu a música. Depois de um dia longo e estressante no trabalho, quando cheguei em casa, me servi de um copo de uísque para relaxar. A música veio completa logo depois de começar a beber, como se o copo estivesse falando comigo”, relembra Fe Schenker, guitarrista da Melyra.

A partir dessa ideia, as integrantes da banda junto de Gabriel Peres (produção), criaram o conceito do vídeo, o mais elaborado da Melyra, até então. A porta para o mundo imaginário da protagonista é um copo de uísque, e é no mundo de “Fantasy” que a banda dos sonhos torna-se realidade.

“É o primeiro que a Drika Martins (bateria) participa. Fizemos um contraste com o clipe anterior, que é no contra-luz e nesse, saímos do escuro. Também é o nosso primeiro com história, então acredito que é o primeiro passo para fazermos outros clipes mais elaborados”, conta Fe.

Além de Fe e Drika, a banda Melyra é formada por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal) e Verônica Vox (voz). Na estrada desde 2012, a banda conta com o EP “Catch Me If You Can” (2014) e o disco de estreia, “Saving You From Reality”. Desde então, a banda já se apresentou no Circo Voador (RJ), abrindo para os suecos do Arch Enemy, participou do tributo ao cantor Edu Falaschi, e tocou em eventos como Rio Novo Rock, Rio Banda Fest e Roquealize-se, todos no Rio de Janeiro.

O clipe de “Fantasy” foi dirigido, produzido e editado por Gabriel Peres, e contou com Carol Galiani como assistente de produção.

Assista “Fantasy”:

Mais informações:
Anúncios

Melyra: única banda de Metal com mulheres, busca votos para tocar em Portugal

melyra_credito vladimir mello_baixa

Depois de concorrer com mais de 500 competidores, a banda carioca Melyra chegou a semifinal do EDP Live Bands Brasil, que levará o grupo ganhador para tocar no festival NOS Alive, em Portugal. Única banda de metal com formação exclusiva de mulheres, a Melyra lançou no último ano o disco “Saving You From Reality”, considerado pela mídia especializada nacional e internacional um dos melhores de 2018. Agora as instrumentistas buscam o primeiro show na Europa.

Vote na Melyra: https://edplivebands.edp.com/brasil/banda/melyra

Performance enérgica, som pesado e riffs poderosos são as principais características da Melyra, grupo carioca formado em 2012. De lá pra cá a banda já tocou no Circo Voador (RJ), abrindo para os suecos do Arch Enemy; participou do tributo ao cantor Edu Falaschi, conquistando elogios da crítica; além de tocar em eventos conhecidos na capital fluminense, como Rio Novo Rock, Rio Banda Fest e Roquealize-se.

“Ganhar o festival significa muitas coisas para nós! Eu acho que a gente receberia uma confirmação de que estamos indo no caminho certo, de que atingimos a maturidade musical que a gente queria e precisava! Como um reconhecimento pelo nosso trabalho duro e incansável! Além disso, eu também vejo uma possível vitória como uma demonstração de carinho e força da nossa base de fãs, que está muito engajada em nos ajudar nessa empreitada!”, anima-se Fernanda Schenker, guitarrista e backing vocal da Melyra.

A banda é formada também por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz) e Drika Martins (bateria). Juntas, elas acreditam que a vitória seria uma grande vitrine para o trabalho da Melyra.

“Um show na Europa agrega muito pro nosso currículo, ainda mais sendo num grande festival! Isso faz com que a gente alcance outro patamar e consequentemente consiga fechar mais shows no Brasil e na América Latina. Por fim, também vemos a questão da representatividade feminina! Seria animal ter uma banda composta só de mulheres e tocando som pesado como vencedora do festival. Iríamos mostrar do que somos capazes e isso pode inspirar e ajudar muitas outras mulheres a crescer na música. Estamos muito focadas em conseguir dar mais esse passo na nossa carreira e vamos com tudo atrás de mais essa vitória!”, define Fernanda.

Maturidade e peso se refletem nas 10 faixas de “Saving You From Reality”, o disco de estreia da Melyra. O álbum conceitual traz como temática central a  fuga da realidade como forma de escapar dos problemas, ou mesmo de não enlouquecer. Atual e pulsante, o disco mostra que o metal nacional continua firme, forte e necessário.

O EDP Live Bands está em sua 4ª edição no Brasil e desde então já contabilizou mais de 4.400 bandas inscritas em todo o território brasileiro. A banda ganhadora do EDP Live Bands Brasil além de tocar no NOS Alive, em Portugal, também gravará um master de um disco.

Vote na Melyra: https://edplivebands.edp.com/brasil/banda/melyra

Ouça “Saving You From Reality”:
 

Melyra: banda lança clipe para a faixa “My Delirium”

melyra_credito vladimir mello_baixa

“Venha para o meu delírio”, ordena a primeira faixa do disco de estreia da banda Melyra. Seguindo a temática de fuga da realidade, o clipe de “My Delirium” mostra um mundo em que a luz e a escuridão se complementam, em uma valsa sem fim. A faixa de trabalho faz parte do álbum “Saving You From Reality”, já disponível nas principais plataformas de streaming.

“No refrão nós convidamos às pessoas a entrarem no nosso mundo e descobrirem se o delírio lhes convém. Brincamos com várias nuances de luz no clipe para instigar o espectador. Essa ideia nós desenvolvemos junto com o diretor, e foi concebida para mostrar o nosso delírio, para mostrar o outro lado da normalidade. O claro, com luz de frente é o usual; o escuro, no contra-luz, é o nosso delírio. Se bem explorado, o delírio pode ser interessante”, analisa FeSchenker, guitarrista e backing vocal.

Primeiro clipe do recém-lançado disco “Saving You From Reality”, o vídeo traz um conceito audiovisual diferenciado em relação aos anteriores, valorizando outras linguagens. A Melyra é formada por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz), Drika Martins (bateria), além de Fe.

Primeiro clipe do recém-lançado disco “Saving You From Reality”, o vídeo traz um conceito audiovisual diferenciado em relação aos anteriores, valorizando outras linguagens. A Melyra é formada por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz), Drika Martins (bateria), além de Fe.

O vídeo contou com a participação da baterista Cynthia Tsai e foi dirigido e produzido por Gabriel Peres, também participaram Bruno Fernandes e Vladmir Mello, como apoio técnico.

Assista “My Delirium”:

Ouça “Saving You From Reality”
 
Mais informações:
Site Oficial: http://www.melyra.com/

Melyra: banda convida para uma fuga da realidade em disco de estreia

Melyra 2018

Maturidade e peso se refletem nas 10 faixas de “Saving You From Reality”, o disco de estreia da Melyra. O álbum conceitual traz como temática central a  fuga da realidade como forma de escapar dos problemas, ou mesmo de não enlouquecer. Atual e pulsante, o disco mostra que o Metal nacional continua firme, forte e necessário.

“É um grande passo e uma grande conquista. Estamos felizes por conseguirmos expressar esses sentimentos em música! Esse álbum contém muitas das nossas questões e muitas das nossas respostas, que andam lado a lado. Sentimos que com ele estamos prontas para alçar voos mais longos e crescer como banda”, explica Fe Schenker, guitarrista e backing vocal.

Além de Fe, a Melyra é formada por Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz) e Drika Martins (bateria). O grupo carioca ficou conhecido no cenário do Metal nacional após abrir o show do Arch Enemy, no Circo Voador (RJ) e participar do disco em tributo aos 25 anos de carreira de Edu Falaschi, ex-vocalista do Angra. No currículo elas também trazem o EP “Catch Me If You Can” (2014) e os singles “Run and Burn” e “Dead Light”.

A fuga da realidade abordada no disco não foi premeditada. Após o processo de composição, durante a fase de seleção das músicas é que a temática surgiu.

“Em estúdio, nós costumamos sentar juntas pra ‘montar’ a música como achamos que ela deve soar, sempre com a colaboração de todas. Depois partimos pros arranjos com todos os instrumentos e linha vocal. Normalmente começamos pelos riffs de guitarra, mas não é uma regra. A “Poison of Myself” começou da letra”, exemplifica Fe.

Gestado durante dois anos, o álbum de estreia reflete as emoções e pensamentos das integrantes da banda.

“Assim como todo mundo, travamos nossas lutas diárias em busca da melhor resposta que poderíamos dar para nós mesmas e para o mundo. Porém, alguns dias precisamos fugir da realidade. São uns dias que a gente precisa se desligar de tudo pra poder sobreviver até a noite seguinte”, define Fe.

O álbum “Saving You From Reality” foi produzido, gravado, mixado e masterizado por Celo Oliveira, do estúdio Kolera. As composições para bateria são de Ana de Ferreira. A capa foi criada por Carlos Fides (Evergrey, Noturnal, Almah, Edu Falaschi), enquanto o encarte é de Daniel Accioly e as fotos de Gabriel Peres.

Ouça “Saving You From Reality”
 
Mais informações: