Bruma: banda soteropolitana de Hard, Folk, Rock lança single inédito

Bruma_11092019_stduio2_4574

A banda Bruma é oriunda da capital baiana, trazendo no seu som as combinações de timbres do Hard Rock, com influências do Blues e bases melódicas do Folk, que fazem uma parede de som repleta de acordes abertos somados a um vocal visceral.

A veia artística do grupo se baseia nas composições de personalidade lírica muito forte. As indagações mundanas que cercam a humanidade, os anseios e receios da vida, os romances e nuances que compõem a nossa história: tudo é visto como música aos olhos da banda e traduzido na verdade crua do Rock.

No final de 2018 lançou seu primeiro EP “Um Pouco Tarde Para Chegar Cedo”, disponível em todas as plataformas de música. Em 2019 a banda participou do Festival Palco do Rock (Salvador), e é nesse embalo que prepara um segundo semestre repleto de parcerias em Salvador e no interior.

Visualização da imagem

Ouça o disco:

 

A Bruma idealizadora e realizadora do “Festival Rock n’ Booze”, projeto que tem como objetivo movimentar a cena baiana e integrar bandas de diferentes cidades. Em 2019 o evento teve sua terceira edição, na cidade de Feira de Santana e a quarta edição em Salvador, no mês de setembro.

Bruma é formado por:
Kiko Albuquerque – Vocal/Baixo
Ciro Sarno – Guitarra/Vocal de Apoio
Enrique Araújo – Guitarra/Vocal de Apoio
Bispo Filho – Bateria
 
Assessoria de imprensa: rockfreeday@gmail.com
 
Mais informações:

Basttardos: lançado o novo álbum “Nós Somos O Bando”

basttardos

O Basttardos lançou, no dia 18 de Outubro de 2019, seu mais recente álbum intitulado “Nós Somos O Bando”. Produzido por Alex Campos – também autor de todas as canções -, o disco foi gravado, mixado e masterizado no estúdio “Fil Buc Productions”, Rio de Janeiro. Quem assina a capa é Aurélio Lara.

O trabalho ainda conta com as Participações Especiais de Breno & Theo Campos, filhos de Alex Campos; além do guitarrista Luciano Granja, conhecido músico no cenário nacional por integrar diversos grupos de sucesso, entre eles, os Engenheiros do Hawaii.

Em Setembro deste ano, foi divulgado como prévia o lyric video do single “Livrai-nos do Mal”, que pode ser visto através deste link:

Sucessor do disco “O Último Expresso”, de 2015, “Nós Somos O Bando” é o terceiro registro de estúdio do “Basttardos”, e faz parte de uma trilogia, iniciada em 2013 pelo debut “Dois Contra O Mundo”. O álbum já está disponível em CD Físico e nas plataformas digitais.

Tracklist:
01 – Nós Somos O Bando
02 – Livrai-nos do Mal Part. Breno & Theo Campos
03 – O Coveiro
04 – Ela é Junkie
05 – Fuck Off!
06 – Silêncio Após A Morte Part. Luciano Granja
07 – Homem do Campo

 

Ouça Nós Somos o Bando via Spotify: 

 

Mais informações:
+55 21 99202-1922 (Whatsapp)

 

Seu Juvenal: grupo anuncia novo disco “Brincando com Ódio”

Seu Juvenal 2019

Com recursos do edital Funcult, o sucessor do elogiado “Rock Errado” de 2015 começa a ser gravado em Novembro no renomado estúdio Sonastério em Nova Lima/MG

“Brincando com ódio será um disco dos dias de hoje. Essa época onde o amor é menos popular.”É assim que o baterista Renato Zaca define, em linhas gerais, “Brincando com Ódio”, o novo álbum de estúdio do grupo mineiro de Rock errado Seu Juvenal.

“Brincando com Ódio” será sucessor do elogiado “Rock Errado” de 2015 e reunirá oito músicas. Todas as faixas serão gravadas ao vivo, a partir de Novembro, no estúdio Sonastério em Nova Lima/MG, um dos maiores estúdios em qualidade sonora e área construída do Brasil, por onde já passaram artistas renomados como Skank, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Seu Jorge, Criolo, Iza, Gal Costa, entre muitos outros.

“Brincando com Ódio” será financiado com recursos do Funcult, edital de fomento à produção artística e cultural do Fundo Municipal de Cultura de Ouro Preto/MG, do qual o Seu Juvenal foi vencedor.

Para o guitarrista Edson Zacca, “Brincando com Ódio” pretende consolidar uma busca sonora que vem desde o primeiro álbum do Seu Juvenal, “Guitarra de Pau Seco” de 2004.

“Optamos por gravar ao vivo em estúdio pois desde nosso primeiro álbum a intenção era produzir um disco que chegasse mais próximo possível da forma como o Seu Juvenal soa ao vivo. E uma grande referência para esse novo trabalho será nossa primeiro demo tape lançada em 1997, “Cyberjecas no Sertão da Farinha Podre”, cujas bases foram gravadas ao vivo em estúdio e que nos soa muito bem até hoje, passados 20 anos. Escolhemos também o Sonastério por ser um estúdio grande, plural em termos de tecnologia analógica, nos possibilitando uma gama de opções. Vamos atrás de uma sonoridade crua, punk, madura e verdadeira, que não se esconde atrás de plug-ins ou afinadores. Brincando com Ódio será um disco que mostrará uma banda real.”

“Brincando com Ódio” será lançado no primeiro semestre de 2020 tanto no formato físico (CD Digipack) como para todas as plataformas digitais de música. A capa será mais uma vez assinada pelo talentosíssimo artista plástico brasileiro Dinho Bento, responsável pela arte da capa do disco anterior “Rock Errado”.

Enquanto o novo álbum não é lançado, assista o videoclipe de “O Pior Cego”, o mais recente single do Seu Juvenal lançado no início do ano.

Além do guitarrista Edson Zacca e do baterista Renato Zaca, o Seu Juvenal também é formado pelo baixista Fabiano Minimim e pelo vocalista Bruno Bastos.

Mais Informações:
www.seujuvenal.com.br
www.facebook.com/seujuvenalmg
www.twitter.com/seujuvenalmg
www.soundcloud.com/seujuvenal
www.youtube.com/seujuvenalmg

 

Dirty Rats: grupo australiano apresenta nome e data de lançamento do novo disco “End in Tears”

Dirti

O grupo de Rock australiano Dirty Rats, está pronto para lançar o seu segundo álbum, “End in Tears”, e a data marcada para o lançamento foi a sexta-feira 13 de dezembro deste ano.

“End in Tears” apresenta 13 novas composições de puro Rock and Roll, os compositores Beovich/Rich, variam entre os hinos de Rock, canções para encher a cara de bebida e até alguns Blues da velha escola, apenas para agitar um pouco as coisas. Então, não tenha medo de Freddy, e comemore com 13 músicas de Hard Rock australiano nas veias.

O álbum será lançado apenas um ano após o incrível primeiro álbum “Rock N Roll. O Rock N Roll”, que recebeu ótimas críticas da imprensa especializada de todo o mundo. Confira algumas delas abaixo:

“Com o jogo de abertura ‘Not Alone’, tudo está claro, inevitavelmente se pensa no início do ROSE TATTOO. Mas AC / DC e THE ANGELS vêm no decorrer da temporada várias vezes em mente”  PowerMetal.de

“Tomando suas pistas da pátria óbvia pedras de toque de Rose Tattoo e AC / DC, eles misturam essas influências e outras em uma explosão brutal e sem barreiras, que abrange 9 faixas de hard rock de primeira linha.De frente aos vocais poderosos de Wayne Rich, o backup vem na forma de uma formação clássica de guitarra-baixo-bateria, com riffs sujos de Chooka, baixo de quatro cordas de Jamie Beovich e bateria chocante, cortesia de Andy ”  Rock And Roll Traffic

Dirty Rats é uma banda de Rock australiana muito ativa na cena desde os pubs de Melbourne, nos meados e final dos anos 80. Tocando em celeiros de cerveja e clubes da capital do país Victoria. Nos últimos 30 anos, a banda desenvolveu um som tipicamente Hard Rock australiano, pense no AC/DC, Rose Tattoo. Mas ouça atentamente influências de MC5, Motorhead e até mesmo algum Punk Rock podem ser notadas. Desenvolveram uma base de fãs leais na Austrália e no exterior, com base em seu primeiro álbum aclamado pela crítica, “Rock n Roll”, e shows de alta energia, pouco dinheiro, pouco reconhecimento da indústria, mas puramente pelo prazer de tocar “bolas ao som”. parede ” Rock.

Após numerosas mudanças na formação, o grupo segue estável e com uma peça mais enxuto, Jamie Beovich (baixo) Wayne (Richie Rat) Rich (vocal), Anthony (Chooka) Chapple (guitarra) e Andy Thomson na bateria. O Dirty Rats é uma banda magra e explosiva de 4 peças, lançando algumas das melhores novas guitarras de Rock, com um sabor único dos anos 80, que você ouvirá hoje.

Links relacionados:

Direito De Defesa: participe do projeto Palco Aberto para a banda tocar com Pitty em sua “Turnê Matriz”

Direito de Defesa _ Daniela Barros Fotografia @danielabarrosrj (12)

No dia 26 de outubro Pitty fará um show no Rio de Janeiro e convidará uma banda local para tocar de acordo com a indicação de fãs. Para isso, a cantora com o patrocínio da TNT Energy Drinks lançou o projeto Palco Aberto que funcionará como um termômetro dessas indicações.

Se você é fã da Direito De Defesa e deseja vê-la no palco da “Turnê Matriz” da Pitty, digite #PALCOABERTO e #PITTYNORIODEJANEIRO nos comentários de fotos, vídeos e tudo que for relacionado ao Direito De Defesa em suas redes sociais. Quanto mais você comentar, mais aumenta as chances de a banda carioca receber o convite, participe!

 
Confira vídeos da Direito de Defesa no Canal do YouTube:
 
Escute o álbum “Cultura da Impunidade”, lançado em 2019, pelas plataformas digitais:
 
E em muitas outras.
 
Confira o vídeo ao vivo da música “Bala Perdida”:

 

Visite o site da Direito de Defesa:
 
Shows:
(85) 9.9690-7536

Venuz: grupo convida fãs para gravação de clipe no Rio de Janeiro

Venuz - Pedro Salles (3)

Evento acontecerá no Garage, com bandas Nebulosa e Slivers

Em noite de cabaré, a Venuz convida os cariocas para uma noite especial, com gravação de clipe e comemoração do aniversário da vocalista. A festa acontece n’O Pecado Mora Ao Lado, no dia 18 de outubro (sexta-feira), às 21h. O local é decorado com temática vintage, e é localizado no “Garage”, na Praça da Bandeira. O evento também contará com a presença das bandas Nebulosa e Slivers. Os ingressos custam 10 reais.

A gravação do clipe é certa, mas a música que será gravada é uma surpresa para os fãs. Formada apenas por mulheres, a Venuz traz para o palco letras com temáticas feministas e uma performance enérgica. A banda traz como influências musicais ícones como Hole, Pitty, Rita Lee e The Runaways. No setlist, as canções do EP “RebELA” (2018) e a versão do funk “Quero que tu vá”, da Ananda. A Venuz é Aila Dap (voz), Renata Guterres (guitarra), Juliana Valente (bateria), Carol Vianna (baixo) e Valentinne (guitarra).

Quem também se apresenta é a banda Nebulosa, que lançou recentemente o disco de estreia, “Placebo Is My Drug Dealer”. Desde 2017 na estrada, a banda traz influências do punk, do post punk e do grunge. A banda é formada por Alex (vocalista), Xandee (guitarrista), PH (baterista) e Nery (baixista).

Subindo pela primeira vez em um palco, a Slivers toca as canções do EP “Outono”, lançado em maio deste ano. Com forte influência do grunge e do rock da década de 90, o grupo é formado por Tiago Grigor (voz e guitarra), Ronaldo Gallucci (guitarra), Igor Khawaja (bateria) e Rodrigo Rodrigues (baixo).

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

Serviço:
Venuz – Gravação de Clipe
Data: 18/10/2019 (sexta-feira)
Horário: 21h
Local: O Pecado Mora Ao Lado
Endereço: Rua Hilário Ribeiro, nº 196 – Praça da Bandeira
– Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$10

Curinga Roque: videoclipe de “Não Vá Embora” estreia hoje em programa de TV

Curinga ROque - Jukebox

O clipe “Não Vá Embora” da banda Curinga Roque, vem ganhando espaço em importantes veículos de divulgação. Lançado a pouco mais de três meses, o vídeo acaba de ser confirmado na grade do programa “Jukebox” do programa de TV fechada “Music Box Brasil”.

O videoclipe será oficialmente transmitido hoje (20/08), a partir das 19h na programação do Jukebox. Assinantes de TV a cabo, podem conferir pelos canais listados abaixo:

Oi TV: Canal 145 (Satélite SES-6)
Claro TV: Canal 123; Canal 623 (HD)
Nossa TV: Canal 51 (HD)
NET: Canal 123; Canal 623 (HD)
 
Essa será a estreia do Curinga Roque em um importante canal de TV fechado. Em breve a banda estará preparando anúncios sobre a novidade recém informada do show Acústico que está sendo preparado.
 
Formação:
Lucas Castro: Vocal
Eduardo Dau: Guitarra
Ricardo Terra: Bateria
Anderson Maimone: Baixo
 
Mais informações: