Mayaen: grupo moderniza Rock Alternativo com “Down on Me”

 

mayaen - down

Duo experimenta e solta uma música que transita entre o Rock Garage, Stoner e Grunge

O duo Mayaen solta neste início de julho/2019 o single “Down on Me”, que assim como o EP de estreia, “Mudlord”, chega às plataformas de streaming com a chancela da Abraxas Records. Confira: https://sl.onerpm.com/1903136813.

Fábio Mazzeu (guitarra e vocais, Nove Zero Nove) e André Leal (bateria, Stone House on Fire e Carbo) novamente mostram criatividade e técnica, numa sonoridade que transita entre o Rock Garage, Stoner e Rock Alternativo. O single evidencia a experiência de ambos tanto de instrumentistas como de produtores.

“Down On Me” é impactante, e apesar de referências de bandas como Soundgarden ou Fu Manchu, são quase 4 minutos de um Rock único, com um esperto jogo de guitarras e bateria, que dão a sensação de movimento constante – sem bases. O peso explode no refrão e na enxurrada de riffs criados pelo Mayaen.

O single é apenas o primeiro de uma série de lançamentos de novas músicas ao longo do segundo semestre do ano. Álbum completo, mesmo, só em 2020. Já quanto ao próximo single, uma surpresa: terá a participação da Poliana Marques (ex-Duna, Brisa e Chama), vocalista da Polly Terror, cujo EP de estreia (abril/2019), o experimental e sombrio Speciel Fiend, também saiu pela Abraxas.

Mais informações:
Anúncios

Akasha Rock Fest: festival reúne novos nomes da cena independente na Lapa

Codinome Winchester por Sarah Outeiro 3

Codinome Winchester (MS), Little Room, Radio Front e EMET se apresentarão no La Esquina

A edição de abril do Akasha Rock Fest ocupa o La Esquina, na Lapa, no dia 14/04 (domingo) a partir das 17h30. As bandas Codinome Winchester (MS), Little Room, Radio Front e EMET se apresentarão no evento que contará também com exposições, flash tatoo e body piercing. Os ingressos variam entre R$ 10 e R$ 15.

A sul-matogrossense Codinome Winchester é sucesso nas plataformas de música digital com seu Rock Lisérgico e Psicodélico. O repertório do show trará canções do novo álbum “Reunião Entre Céu e Inferno”. A banda é Fillipe Saldanha (voz), Arthur Maximilliano (guitarra e teremim), Guilherme Napa (bateria), Luciano Armstrong (guitarra, backing vocal e sintetizador) e Thiago Souto (baixo).

Formada pelos irmãos Ana Júlia e Gabriel Braga, a banda de Indie Pop e Garage Rock Little Room vai apresentar as faixas do seu homônimo EP de estreia e composições inéditas que formarão um futuro lançamento do grupo.

A Radio Front sobe ao palco com Felipe Nova (voz), Bruno Moreira (guitarra), Yuri Correa (guitarra) e Leonardo Bourseau (bateria) e as canções de vibe Grunge e Stoner. A banda mostra o primeiro disco de inéditas, “Into the Rain”, que mistura diversos elementos do Rock Alternativo noventista. Com um estilo que mescla o Hard Rock e o Grunge, o quinteto carioca EMET (que significa “verdade”, em hebraico) apresenta canções autorais, como o single recém-lançado “Look In Your Eyes”.

Alaska

Serviço:
Akasha Rock Fest
Data: 14/04/2018 (domingo)
Horário: 17h30h
Local: La Esquina
Endereço: Avenida Mem de Sá, 61 – Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$ 10 | R$ 15
Classificação etária: 18 anos (acima de 16, acompanhado de responsável)

Lo Fi: grupo precursor do Rock Regressivo, lança duas músicas inéditas em fevereiro

lo fi

Single, que antecede o próximo disco, é um  tributo ao Rock underground dos anos 60 e 70

O 12º registro fonográfico do Lo Fi, que será lançado em 2019, agregará o passado, presente e futuro do power trio de Rock Regressivo de São José dos Campos (SP). O olhar atento às raízes e o cuidado por onde pisarão daqui pra frente é uma dinâmica corriqueira nas duas músicas que serão lançadas em formato de single virtual no próximo dia 8 de fevereiro, em parceria com o selos Abraxas, Laja Records e a Karasu Killer.

“Trouble” e “Magic Boy”, apesar de distintas, mostram a Lo Fi cada vez mais engajada no rótulo criado pela própria banda, o Rock Regressivo. Tem as partes psicodélicas em camadas, como ditam o manual do Rock Progressivo clássico, mas também tem a pulsação do Punk, a sujeira do Rock Garage e até mesmo a aura da cultura interiorana paulista, como uma espécie de referência indireta nesta sonoridade bastante autêntica.

A capa do single também remete ao contexto do gênero moldado pelo trio. Como conta o baixista Rogério, é uma homenagem a bandas das décadas de 1960 e 1970 “de um álbum só”, como Clear Blue Sky e Caravan. “A foto representa a banda conversando sobre bandas nada mainstream, lado C, D e E destas décadas, que são a nossa pira e responsáveis pela invenção do Rock Regressivo. Tinham o formato de jam banda, mas o virtuosismo era um Progressivo bem mais cru”.

O single é o primeiro lançamento da banda após as comemorações – em 2018 – de uma década de intensas atividades, seja devido à incrível marca de 11 álbuns em 10 anos ou pelos incontáveis shows, inclusive três turnês pelos Estados Unidos.

Mais informações:

Psycho Carnival: chega à 19ª edição com 26 bandas em 5 dias

Psycho Carnival cartaz oficial

Com bandas de sete países, entre atrações inéditas, nomes de peso e revelações do psychobilly e subgêneros, a edição 2018 do Psycho Carnival, em Curitiba (Paraná), é onde o rock dita as regras durante o período do carnaval. De 8 a 12 de fevereiro, o festival – que é o maior do estilo na América do Sul e um dos mais estabelecidos dentro do Brasil – levará 26 bandas ao Jokers Pub, divididas num pré-esquenta na quinta-feira, 8, na Festa de Esquenta da sexta, 9, e nas três noites seguintes, de sábado a segunda-feira. A realização é da Psychobilly Corporation.
 
O Psycho Carnival chega à 19ª edição e celebra 19 anos de festival, realizado de forma ininterrupta e que tornou Curitiba a capital sul-americana da cena Psychobilly, traz gente de diversas partes do mundo especialmente para este evento, além de palco obrigatório para qualquer banda do gênero. Nestas quase duas décadas, diversos nomes nasceram e celebraram o fim das atividades no Psycho Carnival.
 
Os paulistanos Flicts, apesar de veteranos, estralam as rédeas do seu altivo punk rock pela primeira vez no Psycho Carnival. Tocam na sexta-feira, 9, um show antes dos locais Sick Sick Sinners, o nome mais conhecido do psychobilly nacional e em constante turnês mundiais. Na mesma noite ainda tem a Crazy Horses (Londrina), o rei do rock garage O Lendário Chucrobilly Man (Curitiba), Skullbillies (Curitiba) e a Nausea Bomb, direto da França, outra estreante no fest.
 
Duas bandas debutam no Psycho Carnival no sábado, 10: Salidos de La Cripta, da Colômbia, referência do gênero no seu país e que já fez o show de abertura para nomes como Misfits e Voodoo Zombie; e, também internacional, o 13Bats, direto da Espanha cuja poderosa mistura de punk com psychobilly reverbera pelo mundo desde 2007. Nesta mesma noite tem o show de retorno do Frenetic Trio (Londrina), um dos principais nomes do psychobilly brasileiro, depois de 11 anos. Ainda tocam Klax (EUA), Mongo (Curitiba) e Footstep Surf Combo (Campinas).
 
A segunda banda colombiana desta edição se apresenta no domingo, 11: Psychopath Billy, com 10 anos de estrada e habilidosos músicos que buscam renovar o estilo. Também vai ter a estreia nos palcos do trio Spitfire Demons (São Paulo), o experiente Kingargoolas (Guarapuava) e Brown Vampire Catz (Londrina), além dos estreantes Cursed Bastards (EUA) e do aguardado retorno ao Psycho Carnival dos Catalépticos. Os curitibanos são vanguardistas da cena, iniciaram atividades lá em 1996, pararam por um tempo e retornaram com voracidade em 2017 com quatro shows sold-outs (um no Brasil e três nos Estados Unidos).
 
Da Suécia, Wild Rooster é a última entre as estreantes a se apresentar no 19ª Psycho Carnival, na segunda, 12, numa noite quente com, no mínimo, três nomes consagrados em nível mundial: The Mullet Monster Mafia – e o inigualável power surf music – de Piracicaba (SP) e os selvagens do Hillbilly Rawhide (Curitiba). Completam o lineup Tampa de Caixão (Joinville), Luisonz (Paraguai) e Voodoo Brothers (São Paulo).
 
“O grande diferencial do Psycho Carnival 2018 é a quantidade de bandas latinas, principalmente as duas colombianas que vem esse ano, Salidos de Lá Cripta e Psychopath Billy. O estilo está se desenvolvendo em todo o continente, Argentina tem uma cena, Chile, Paraguai e agora essa ótima surpresa da Colômbia”, comenta Vlad Urban, guitarrista e vocalista da banda Sick Sick Sinners e um dos organizadores do evento. Ele destaca que o Psycho Carnival tem uma atmosfera de encontro dos admiradores e bandas de todo mundo, que além das formações sulamericanas, terá as europeias e americanas.
 
Serviço:
Psycho Carnival 2018 em Curitiba
Data: de 8 a 12 de fevereiro de 2018
Local: Jokers Pub
Horário: a casa abre a partir das 20 horas
Endereço: Rua São Francisco, 164 – Centro, Curitiba/Pr
Valores de Ingressos*:
Pacote 4 noites: R$ 260,00
Pacote 3 noites: R$ 230,00
Ingresso Individual para 09/Fev/2018 (Noite do Esquenta): R$ 40,00
Ingresso Individual para 10/Fev/2018: R$ 75,00
Ingresso Individual para 11/Fev/2018: R$ 95,00
Ingresso Individual para 12/Fev/2018: R$ 75,00
 
*Ingressos Promocionais. É necessário que se leve 1 kg de alimento não perecível no dia/local do show
 
Por depósito bancário:
Conta Banco do Brasil
Titular: Juliana Ribeiro
Agência: 0056-6
Conta Poupança: 83970-1
Operação: 51
CPF: 224.119.648 70
 
Métodos de pagamento:
• Depósito em dinheiro por envelope nos caixas eletrônicos
• Depósito direto no caixa
• Transferência entre contas do Banco do Brasil
 
Enviar todos os dados para zombiesunion@gmail.com no corpo do e-mail, seguindo o seguinte formato:
• Nome completo:
• Data e hora do depósito:
• Valor do depósito:
• Nome completo dos acompanhantes, especificando o tipo e dia do ingresso:
• Tipo de depósito e dados do comprovante, que poderão ser:
 
Número do envelope
(depósito no caixa eletrônico)
 
Número do documento
(depósito direto no caixa)
 
Número da agência e conta de origem, e nome completo do titular da conta (transferência entre contas)
 
Obs: É obrigatório o envio de uma foto legível ou scanner do comprovante de deposito anexado ao e-mail.
 
Programação:
 
Quinta, 08/02, Pré-Esquenta
Luiz FireballI & The Goog Lookin’ Guys (Cwb)
Barbatanas (Cwb)
 
Sexta, 09/02, Festa do Esquenta
Sick Sick Sinners (Cwb)
Flicts (Sp)
Crazy Horses (Ldna)
Nausea Bomb (França)
O Lendário Chucrobilly Man (Cwb)
Skullbillies (Cwb)
 
Sábado, 10/02
Frenetic Trio (Londrina)
Klax (Usa)
Salidos de La Cripta (Colômbia)
13Bats (Espanha)
Mongo (Cwb)
Footstep Surf Combo (Campinas)
 
Domingo, 11/02
Os Catalépticos (Cwb)
Brown Vampire Catz (Ldna)
Cursed Bastards (Usa)
Kingargoolas (Guarapuava)
Psychopath Billy (Colombia)
Spitfire Demons (Sp)
 
Segunda, 12/02
Hillbilly Rawhide (Cwb)
The Mullet Monster Mafia (Piracicaba)
Wild Rooster (Suécia)
Tampa do Caixão (Joinville)
Luisonz (Paraguai)
Voodoo Brothers (Sp)
 
Mais informações:
55 (19) 99616-2999 (cel e whatsapp)