Wolf Among Us: grupo fecha ciclo de EP com lançamento do clipe de “Hardcore”

wolf

Duo lança material com imagens de turnê

Após o excelente lançamento do seu primeiro EP “Soul Shard” pelos selos Abraxas e Dinamite Records, a banda Wolf Among Us, liberou no dia 18 de Março o Clipe oficial da musica “Hardcore”. Todas as imagens foram capitadas nos últimos 10 dias da tour, quando a banda fez sua passagem nos estados do Paraná e de Santa Catarina. O clipe fecha o ciclo dos trabalhos em torno ao EP “Soul Shard”, que contou com 4 singles, 30 shows, 21 cidades e 4 estados durante o ano de 2019. 
 
Intitulado “Soul Shard”, o trabalho traz como tema central conflitos existenciais, onde cada música representa um questionamento comportamental da sociedade moderna. Além do conhecimento tácito, o trabalho também se inspira em séries televisivas como Rick Morty e Black Mirror, trazendo conceitos niilistas e existencialistas nas músicas, que parecem sempre cair na dualidade entre procurar significado ou aceitar todo ou qualquer destino por entender que nada tem propósito, se entregando aos prazeres carnais.   
 
O power-duo se prepara para entrar em estúdio e focar em um novo material, prometendo 3 novos singles para o final do primeiro semestre de 2020. 
 
Assista ao videoclipe de “Hardcore”:

Ouça o EP “Soul Shard”, pelo Spotyfy:

 

Mais informações:

Superchiadeira: grupo lança lyric vídeo e anuncia novo EP

Superchiadeira

A banda paulistana Superchiadeira traz duas novidades: o lyric vídeo da música “Máquina”, faixa do EP homônimo (2015, o primeiro registro), e o anúncio do lançamento do próximo registro, “Elétrica”, que chega às plataformas de streaming em abril pela Abraxas Records.

A produção audiovisual de “Máquina” é dinâmica e com a aura roqueira da canção, um tributo à energia que emana da guitarra e como o músico se relaciona com o instrumento, quando tocado à exaustão.

A produção é de Marcelo Kaskadura. O lyric vídeo também traz outros elementos ligados ao ofício do Rock, como carros, libido e máquinas.

“É o músico quem toca mas é o instrumento que o domina. Conforme o guitarrista vai tocando, sua energia aumenta e ele ‘acelera’ na intensidade. Ele também ‘acelera’ no pedal de wah wah, como se fosse o acelerador de um carro”, afirma o Superchiadeira.

Confira o lyric vídeo de “Máquina”:

O EP “Elétrica” conta com cinco musicais, o novo registro do Superchiadeira chegará em abril nas plataformas de streaming. O EP foi gravado em São Paulo no estúdio Mr. Som, captado e mixado pelos lendários Pompeu e Heros da banda Korzus.

Superchiadeira é uma banda de Rock Pesado de São Paulo/SP, com um som criado a partir do Blues, Rock Psicodélico setentista e uma pitada moderna de Stoner Rock, o trio formado por Akira (guitarra e vocal), Guima (baixo) e Rico (bateria) apresenta sua musica energética e pesada com composições guiadas pela guitarra e pelo groove.

As influências começam com Blues Rock de Hendrix, Black Sabbath até o Stoner Rock mais moderno do The Atomic Bitchwax, Nebula e Fu Manchu.

Links relacionados:
www.facebook.com/SuperchiadeiraFuzz
www.instagram.com/superchiadeira
https://twitter.com/superchiadeira

 

Villagers of Ioannina City: com seu Rock pesado e experimental, grupo lança novo lyric vídeo “Father Sun”

city

“Feche os olhos e sincronize”

Vindos da região norte da Grécia, os olímpicos de Rock experimental, Villagers Of Ioannina City, abrem o buraco alucinatório para a mais nova oferta atmosférica cativante – “Father Sun”. A faixa é acompanhada por um vídeo lírico emocionante que acaba de ser lançado pela Napalm Records.

“Father Sun” representa fortemente a mensagem essencial da Villagers Of Ioannina City – para proteger e desfrutar da mãe terra, dos rios sagrados e do sol dourado. A simbiose artística de formas e luz sublinha o lyric vídeo e a marca sonora da banda é sem igual.

O Villagers Of Ioannina City, comentou sobre “Father Sun”:
“Por muito tempo, a mãe Terra envia mensagens de que estamos completamente na trilha errada. Vamos ver esses dias estranhos como uma oportunidade para reconsiderar e imaginar qual deve ser nosso estilo de vida e o que realmente importa. É vital se reconectar com a Terra e começar a pensar globalmente. Devemos definir como prioridade a prosperidade de todos os seres humanos com respeito e em perfeita harmonia com a natureza. É mais claro agora do que nunca que estamos verdadeiramente conectados e que as ações de uma pessoa afetam todos nós. rapidamente como um vírus ou algo ruim se espalha sem conhecer fronteiras ou nações, o amor, a bondade, as boas vibrações e a paz podem se espalhar entre nós.Lavar o medo, perceber e abraçar a nossa unidade com tudo, agir de acordo e isso será o começo da mudança que você está esperando.”

Abrindo com conjurando melodias de gaita de foles sonoramente ascendentes, que lentamente se transformam em fortes riffs de guitarra, um turbilhão sonoro fora do transe instrumental e Alex ecoando uma forte cor vocal o levará direto à sua mistura musical explosiva. A síntese protuberante de ritmos, elementos folclóricos e paisagens sonoras em chamas coalescem com a atmosfera vibrante, porém explosiva.

O Villagers Of Ioannina City, prova que o Rock Pesado Psicodélico é um dos gêneros mais versáteis dos tempos modernos e irradiam com sua mistura única de Rock Pós, Kraut e Stoner, temperado por uma dose palpável de elementos folclóricos. Um mantra psicodélico para a nova era!

Confira o lyric vídeo de “Father Sun”:

A região de Epiro é famosa por sua paisagem de montanhas gigantescas e rios sagrados – e agora Rock Pesado experimental. O Villagers Of Ioannina City é profundamente influenciado pela natureza grega e pelos fenômenos cósmicos e infundem sua marca única de Rock Psicodélico pesado com instrumentos folclóricos, como gaitas de foles, flautas e didgeridoos. Seu segundo álbum, “Age of Aquarius”, lançado originalmente em setembro de 2019 – agora será reeditado pela Napalm Records. Epiro pode se tornar o improvável epicentro do universo do Rock Pesado: um mantra para a nova era!

Fornecendo mais provas da cena do Rock grego em expansão, está o documentário musical deste ano, “Greek Rock Revolution”. Onde o Villagers Of Ioannina City e seis outras bandas discutem sua música e a inspiração eterna para o movimento musical grego – uma situação social instável que aumenta a expressão artística.

Villagers Of Ioannina City é formado por: 
Alex – Vocal/Guitarra
Akis – Baixo
Aris – Bateria
Kostantis – Clarinete/Sopro
Kostas – Gaita de Fole

Links relacionados:
Facebook: https://www.facebook.com/villagersofioanninacity/
Instagram: https://www.instagram.com/villagersofioanninacity/

Corona Nimbus: grupo anuncia lançamento de full álbum em fevereiro

1234

Após o excelente lançamento dos singles “Path To Self” e “Beyond Chaos” com participação de Cris Botarelli (Far From Alaska), a banda promete lançar um intenso full álbum em fevereiro via o selo Electric Funeral Records.
 
O duo formado por Júlio Baros e Junior Vieira, xplora o conceito de dualidade expresso pelos integrantes, usando referências como o yin e yang, o velho e o novo, o pesado e o leve, calor do deserto e o frio das profundezas oceânicas, assim, trazendo à tona também através desses elementos, o lado mais íntimo, o desejo mais profundo e verdadeiro do ser humano.
 
Em seu primeiro disco autointitulado “Corona Nimbus” a banda de Teresina-PI, traz muito mais que boa música; são onze faixas de puro Rock, Metal, música alternativa e nuances de ritmos regionais e brasileiros, abordando a dualidade, o bem e o mal, a dádiva de se estar vivo, produzindo e se renovando a cada novo ciclo. A banda se materializa nas personalidades dos músicos que mostram em suas músicas a que vieram e que sabem bem o que estão fazendo!
 
Com excelente aceitação do público e midia especializada, Corona Nimbus, fez sua estréia em território nacional em grande estilo e já entra no páreo em 2020 como uma das grandes revelações da música nacional, e com um disco que com certeza irá integrar em listas de melhores do ano.
 
Confira o último trabalho lançado da banda “Beyond Chaos”:
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

Concrete Monkey: grupo anuncia lançamento de novo single

1234

O Concrete Monkey inicia o ano com lançamento de novo single para o mês de janeiro. A banda irá disponibilizar no dia 17, o terceiro e último single do álbum “High in Blue”,  previsto para ser distribuído em março. A faixa “Happy Loser” trará consigo a última parte da arte que integra o desenho da capa do álbum. 
 
Navegando entre o Grunge, Stoner, Sludge, Metal Alternativo e Hints de Psicodelia, o power-trio se lança no mercado com uma música carregada de criatividade e fluidez sonora que cativa com sua pegada freak e pesada. 
 
Concrete Monkey lançou no final de 2019 o single “Cursed Spit”  em todas as plataformas de streaming, faixa irá ganhar videoclipe ainda no primeiro trimestre de 2020.
 
Confira aqui o último single lançado “Cursed Spit”:

 

 

Concrete Monkey é formado por:
João Mantovani – Voz e Violão
Felipe Falci – Guitarra
Henrique Stella – Baixo
Vinicius Rodrigues – Bateria
 
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

Wolf Among Us: grupo toca ao lado dos italianos do Sangue em fevereiro

123456

Duo recebe banda internacional em Sorocaba

Após uma excelente turnê pelo Brasil, o duo Wolf Among Us abre 2020 tocando ao lado dos italianos do Sangue no dia 7 de fevereiro, em Sorocaba-SP, com a tour Slow Blood Caravan.
 
A banda que lançou seu primeiro EP “Soul Shard” em outubro de 2019 via os selos Abraxas (BRA) e Dinamate Records (USA/BRA) no formato no digital, CD e K7, em breve lançará novo clipe com imagens da última tour e música inéditas ainda no primeiro semestre de 2020.
 
O Stoner Rock é o ponto de partida da banda, mas sem deixar de explorar alternativas diversificadas usando bases que vão do Grunge ao Psicodélico, e algumas vezes até se encontram com a música pop.  

 

Visualização da imagem

Apoio: Abraxas | Doom Nation | Fuzzrious

O Stoner Rock é o ponto de partida da banda, mas sem deixar de explorar alternativas diversificadas usando bases que vão do grunge ao psicodélico, e algumas vezes até se encontram com a música pop.  
 
O último trabalho do Wolf Among Us contém seis músicas, entre elas uma intro, registro foi produzido pela própria banda. O trabalho traz como tema central conflitos existenciais, onde cada música representa um questionamento comportamental da sociedade moderna. Além do conhecimento tácito, o registro também se inspira em séries televisivas como Rick Morty e Black Mirror, trazendo conceitos niilistas e existencialistas nas músicas, que parecem sempre cair na dualidade entre procurar significado ou aceitar todo ou qualquer destino por entender que nada tem propósito, se entregando aos prazeres carnais.
 
Confira “Soul Shard”:
Mais informações:
Phone: +55 21 996292220

 

 

 

 

 

Desert Crows: sensação do Stoner nacional, grupo realiza turnê pelo Sul e Sudeste

Desert Crows

Vacation Tour passa por oito cidades para divulgar o elogiado debut “Age of Despair”

Seis meses após a primeira passagem por São Paulo, a banda de Stoner Rock Desert Crows, de Goiânia, anuncia mais uma turnê, dessa vez passando por Santa Catarina, além do retornando a São Paulo – capital, ABC e região metropolitana.

A tour acontece entre os dias 9 a 19 de janeiro. A rota do power trio é Joinville, Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, São Paulo, Santo André e Mogi das Cruzes.

A tour, que conta com o apoio da Cerveja Asturia, tio Bak e Monstro Discos, começa em Joinville (9/1), onde tocam no Texas Bar, junto aos conterrâneos da Horney Band.

Em Florianópolis, no dia seguinte (10/1), o role é no Taliesyn Rock Bar, no Bruxa Verde Fest. No sábado (11/1) tocam em Balneário Camboriú, no Mercado Pirata, e no domingo (12/1), em Blumenau.

Na semana seguinte, a Desert Crows viaja a São Paulo. Na capital, tocam dias 16 e 17 (Casa do Mancha e Whiplash Bar, respectivamente). Dia 18/1 é a vez de Santo André, no tradicional 74 Club, e encerram a turnê no dia 19/1 em Mogi das Cruzes, no Overdrive.

6ad156dd-9289-4881-831e-466eb41f336c

“Age of Despair” foi gravado no Estúdio Resistência e traz oito faixas de Stoner tradicional, com uma produção moderna, envolvidas por uma avalanche de riffs pesados e viajantes, com batidas certeiras e empolgantes.

O disco coleciona elogios da imprensa nacional. O renomado site Collectors Room opinou que se trata de “um dos grandes debuts gravados por uma banda brasileira nos últimos anos”, além de mencionar a “linda capa criada pelo ilustrador Cristiano Suarez” (sim, o mesmo do polêmico pôster da cancelada turnê do Dead Kennedys pelo país). O resenhista, o editor Ricardo Selling, ainda destacou três músicas: “‘Loose Me’ e seu DNA tipicamente Tony Iommi, o Doom chapado da cadenciada e longa ‘Sweet Liar Love’ e a música que dá nome ao disco, que derrama uma enxurrada de riffs na cabeça do ouvinte’.

Também passou boa impressão ao site Headbangers News, que apontou a pegada “muito Rock n Roll” do disco. “Os Desert Crows compuseram uma obra característica da juventude de seus integrantes, cheia de energia, distorções mais agressivas e riffs grudentos que vão pegar de jeito os headbangers que realmente amam o estilo”, comenta a resenha.

O álbum ainda apareceu em diversas lista de Melhores do Ano na imprensa nacional, inclusive citado como o melhor lançamento nacional de 2019 pelo crítico musical Regis Tadeu.

Ouça o álbum “Age of Despair”:

http://ditto.fm/desertcrowsageofdespair

Desert Crows é formado por:
Vitor Mercez – Vacal/Guitarra
Raul Martins – Baixo
Pedro Henrique – Bateria
Mais informações: