“Pegando Fogo Online Festival”: pretende reunir o que há de mais relevante na cena musical contemporânea do Triângulo Mineiro

Iniciativa do Vitrola Ambiente Cultural, o festival terá transmissão live-streaming pelo Youtube durante três domingos

Fundado em 2011 na cidade de Araguari/MG, o Vitrola Ambiente Cultural é uma das principais casas noturnas do Triângulo Mineiro. O espaço surgiu da necessidade de fomentar a música e outras linguagens artísticas na cidade. Até aqui, mais de 200 atrações da região, do Brasil e até mesmo internacionais já pisaram no palco do Vitrola, inclusive artistas de grande popularidade como Sérgio Britto (Titãs), Badaui (CPM22), Tico Santa Cruz (Detonautas) e Marcão (Charlie Brown Jr.).

Fechado desde Março de 2020 devido a pandemia de covid-19, o Vitrola Ambiente Cultural teve que se reinventar durante esse período. Uma das formas foi a realização e transmissão de “Lives” exclusivas. Porém, nenhum projeto anterior foi tão promissor como o “Pegando Fogo Online Festival”.

O “Pegando Fogo” é um festival periódico realizado pelo Vitrola e que tem por objetivo divulgar e potencializar a criação musical autoral da região e de todo país. Na impossibilidade da realização presencial do “Pegando Fogo” – que é o único espaço de música autoral em Araguari – o festival ganha então agora sua versão online.

O “Pegando Fogo Online Festival” será realizado em três domingos diferentes e vai reunir três atrações por dia de festival, todos artistas do Triângulo Mineiro.

As datas e atrações são:
23 de Maio – André Salomão, Berilo e Douglas Alessi
30 de Maio – Luiz Salgado, O Eremita e Uganga
06 de Junho – Trem das Gerais, Canábicos e Black Pantera
As transmissões acontecerão sempre a partir das 18h exclusivamente pelo canal do Vitrola no Youtube: http://youtube.com/vitrolaambientecultural

“A ideia do Pegando Fogo sempre foi juntar diferentes estilos, ao invés de fazer eventos para gêneros específicos. E a programação do Online Festival mostra bem isso. Tem um pouco de tudo: música regional, MPB, Blues, Pop Rock, Rock pesado, Hip Hop e Reggae, todos juntos no palco do Vitrola para celebrar a música autoral do Triângulo Mineiro e levar conteúdo de qualidade para o público da casa e de todo país”, declarou Marco Paulo Henriques, sócio proprietário do Vitrola Ambiente Cultural e um dos organizadores do “Pegando Fogo Online Festival”.

Conheça um pouco de cada atração do “Pegando Fogo Online Festival”:


André Salomão
Cantor, compositor e arte-educador. André Salomão é idealizador do curso “Destrave seu Canto” e já lançou dois álbuns autorais, “Planos e Muros” e “Desaguar”, que reúnem toda a pluralidade de referências do músico dentro da MPB.
https://www.facebook.com/andresalomaooficial
https://www.instagram.com/andresalomao/

Berilo
Formada por Isa Pimenta, Cláudio Rocha e Paulo Machado, a Berilo se classifica como uma banda de New Rock de Minas Gerais que fala das emoções e do psique humano. O trio lançou no ano passado seu mais recente trabalho, o EP “Inner Space”, que inclui cinco faixas, entre elas “Silence”, que conta com a participação de Rappin’ Hood, e “Satellite” cujo videoclipe tem feito bastante sucesso no Youtube.
https://www.facebook.com/oficialberilo
https://www.instagram.com/oficialberilo

Douglas Alessi

Douglas Alessi é cantor, compositor, violonista e ficou conhecido em todo país após sua participação no The Voice Brasil da Rede Globo.
Inspirado por artistas como Bryan Adams, Bob Dylan, Neil Young, Johnny Cash e Freddie Mercury, Douglas conta com vários singles e cinco álbuns lançados nas plataformas digitais, dois autointitulados, além de “Despedida”, “Deixa Acontecer” e “Vem Cá”.
https://www.facebook.com/douglasalessi
https://www.instagram.com/douglasalessi

Luiz Salgado
Natural de Patos de Minas e hoje residindo em Araguari, Luiz Salgado é, como ele mesmo descreve, artista, cantadô, violeiro, violonista, compositor e artista educador. Convivendo diretamente com o Cerrado Mineiro, Luiz Salgado levanta bandeiras ecológicas por meio de um trabalho musical moderno, porém influenciado, principalmente, pelas festas populares como Folias de Reis e Congado. O músico possui quatro álbuns já lançados, “Dois Mares” (2013), “Caçador de Lua” (2014), “Sina de Cantadô” (2015) e “Quanto mais meus óio chora, mais o mar quebra na praia” (2016).
https://www.facebook.com/luizsalgadooficial
https://www.instagram.com/luizsalgadooficial

O Eremita
Beat’s Rimas & Derivados! Poesia, Música & Resistência! Vouglas “O Eremita” se define como “viciado em musicalidades alternativas”. Atua como Mc/Toaster e Dj, sempre transitando pelo submundo sonoro. O Eremita agrega em seus sons os valores da cultura hip hop original, a musicalidade do reggae e a busca pelo conhecimento. O músico possui três trabalhos lançados, os EPs “Caminhando além das Montanhas de concreto” e “Palavras em Movimento”, ambos lançados como artista solo, e o EP “Beats Rimas e Derivados Vol.1” lançado com o coletivo 3Dfato.
https://www.facebook.com/eremitaroots
https://www.instagram.com/eremitaroots

Uganga
O Uganga é um dos grupos mais expressivos e relevantes do rock pesado brasileiro. Acumula mais de 25 anos de carreira, lançou cinco álbuns de estúdio, um disco ao vivo gravado na Alemanha e um DVD. Já realizou shows por quase todas as regiões do Brasil, participou dos mais importantes festivais e fez duas turnês europeias que juntas somam 28 shows em 13 países. Seu mais recente trabalho, “Servus”, lançado em março de 2019, é, sem dúvidas, o mais bem-sucedido do grupo mineiro até aqui. Além de ter sido financiado por dois relevantes prêmios, entre eles um internacional (Wacken Foundation da Alemanha), “Servus” foi indicado entre os “Melhores Álbuns de 2019” por mais de 20 veículos especializados!
https://www.facebook.com/ugangaband
https://www.instagram.com/uganga

Trem das Gerais
Formada por uma família de músicos de Araguari, o grupo Trem da Gerais há 24 anos vem celebrando a música regional mineira por todo Brasil. Seu público considera-os como “um grupo defensor da cultura popular e do Cerrado Mineiro”, uma vez que suas canções exaltam temas como a cultura, preservação do Cerrado e as lutas cotidianas de seu povo. Na carreira possuem passagens por grandes festivais e dois álbuns lançados: “Cantos Gerais” e “Embornal de Cantoria”.
https://www.facebook.com/GrupoTremDasGerais

Canábicos
Entre as bandas do triângulo mineiro, o Canábicos é certamente uma das mais produtivas e criativas. O grupo foi formado em 2013 pelo guitarrista Murcego González e pelo vocalista Clandestino, e até aqui já lançou cinco discos: “La Bomba” (2013), “Reféns da Pátria” (2014), “Alienígenas” (2015), “Intenso” (2017) e “Canábicos V” (2020). Hard/Classic Rock dos bons com referências que vão de Beatles à Black Sabbath, ou de Rolling Stones à Led Zeppelin, cantados no bom e velho português.
https://www.facebook.com/oscanabicos
https://www.instagram.com/canabicos/

Black Pantera
Com nome inspirado no revolucionário Partido dos Panteras Negras norte-americano, o Black Pantera é uma banda brasileira de crossover formada em Uberaba/MG no ano de 2014. Composta desde o início por Charles Gama (guitarra/vocal), Chaene da Gama (baixo) e Rodrigo “Pancho” Augusto (bateria), todos negros, em suas letras a banda aborda temas como política, racismo e discriminação. Influenciados por Bad Brains, Rage Against the Machine, Tupac, Motörhead, James Brown, entre outros, já se apresentaram em festivais como o Afropunk e o Download Festival, além de terem aberto shows e tocado com bandas como System of a Down, Slayer, O Rappa e Sepultura. Possuem dois álbuns lançados: “Project Black Pantera” (2015) e “Agressão” (2019).
https://www.facebook.com/BlackPanteraoficial
https://www.instagram.com/blackpanteraoficial

O “Pegando Fogo Online Festival” é realizado com recursos da Lei Federal N 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc, Edital n.16/2020 da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais – SECULT.

Mais Informações:
https://www.facebook.com/vitrolaambientecultural
https://www.instagram.com/vitrolaambientecultural
http://youtube.com/vitrolaambientecultural

Roadie Crew – Online Festival: vai ter muito Heavy Metal no carnaval de 2021 com mais uma edição do festival

Victorizer, King Bird, Uganga, Pentacrostic e Malvada são algumas atrações da décima-primeira edição do principal festival online de metal do Brasil

A revista Roadie Crew, em parceria com a produtora Som do Darma, apresentam nesta sexta-feira, dia 12 de Fevereiro, às 19h30, a décima-primeira edição do “Roadie Crew – Online Festival”.

O evento online, realizado mensalmente, dá continuidade à sua missão de celebrar e promover o trabalho das bandas brasileiras e fortalecer a cena do Heavy Metal nacional, sempre com transmissão “Streaming-Live” exclusiva pelo canal oficial da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv

Até aqui, mais de 150 bandas já passaram pelo festival, e centenas de outros grupos aguardam para se apresentarem em futuras edições. Isso tem tornado evidente que o Brasil tem, atualmente, quantitativa e qualitativamente, uma das melhores cenas de Heavy Metal do mundo, com todo respeito ao passado histórico das cenas de países como Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha, Suécia, Noruega, entre outros.

Essa décima-primeira edição, referente ao mês de Fevereiro, em meio ao carnaval de 2021, traz 16 bandas, todas apresentando conteúdo exclusivo e inédito. Os vídeos, um por banda, continuam sendo produzidos pelos músicos em suas casas, entretanto, com as medidas de flexibilização e reabertura gradual da economia, algumas bandas passaram a registrar seus vídeos ao vivo em estúdio.

As bandas confirmadas para esta edição são: Victorizer, King Bird, Uganga, Malvada, Pentacrostic, Endigna, Kiko Shred, Jaeder Menossi Interestellar Experience, Crashkill, Vikram, Ode Insone, Bella Utopia, Baga, Revengin, Póstuma e Disnney Hell.

A apresentação do festival fica por conta de Eliton Tomasi da Som do Darma. Os músicos de algumas das bandas participantes estarão online interagindo com o público durante a transmissão pelo Youtube.

Acesse www.youtube.com/roadiecrewmagtv e se inscreva em nosso canal. Ative o sininho para receber todas as atualizações.

Serviço:
“Roadie Crew – Online Festival” – 11ª Edição
Data: 12 de Fevereiro de 2021
Horário: 19h30
Local: Canal da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv
Bandas: Victorizer, King Bird, Uganga, Malvada, Pentacrostic, Endigna, Kiko Shred, Jaeder Menossi Interestellar Experience, Crashkill, Vikram, Ode Insone, Bella Utopia, Baga, Revengin, Póstuma e Disnney Hell.
Horários No Exterior (Time Zone): February 12th – 05:30 pm – Lima, Quito, Bogotá, Monterrey Time | February 12th – 06:30 pm – Santiago, La Paz, Asuncion, Havana, New York Time | February 12th – 07:30 pm – Buenos Aires, Montevideo Time | February 12th – 11:30 pm – London Time | February 13th – 12:30 am – CET and Johannesburg Time | February 13th – 01:30 am – Moscow Time | February 13th – 02:30 am – Dubai Time | February 13th – 05:00 am – New Delhi Time | February 13th – 06:30 am – Hong Kong Time | February 13th – 7:30 am – Tokyo Time | February 13th – 8:30 am – Sidney Time

Mais Informações:
www.roadiecrew.com.br
www.somdodarma.com.br
https://www.facebook.com/events/1800464883454626 (Evento Facebook)

Uganga: já disponível novo vídeo para “Lobotomia”

A regravação desse clássico da icônica banda paulista de Crossover é uma homenagem às vítimas do “holocausto brasileiro”

O quinto álbum de estúdio do Uganga, “Servus”, lançado em Março de 2019, é, sem dúvidas, o mais bem-sucedido trabalho do grupo mineiro até aqui! Afinal, além de ter sido financiado por dois relevantes prêmios – o Wacken Foundation e a PMIC de Uberlândia – “Servus” só recebeu elogios da imprensa especializada e foi indicado entre os “Melhores Álbuns de 2019” por mais de 20 veículos, inclusive recentemente para o Prêmio Dynamite 2020 na categoria “Melhor Lançamento de Heavy Metal”.

Faz parte do tracklist de “Servus” uma regravação da música “Lobotomia” da banda de mesmo nome, uma das mais icônicas da cena Crossover de São Paulo.

De acordo com o vocalista do Uganga, Manu Joker, a ideia da regravação é uma homenagem à cena Punk e às vítimas do que ficou conhecido como “holocausto brasileiro”.

“Durante uma parte considerável do século XX, uma colônia em Barbacena/MG serviu como depósito para os “indesejáveis” durante o governo militar. Pessoas tímidas, analfabetas ou alcoólatras poderiam ser enviadas via trem para esse inferno na terra, vivendo em condições totalmente desumanas e à revelia do estado e da constituição. Mortes por frio, fome e choques elétricos eram diárias e cadáveres eram vendidos em esquemas lucrativos de corrupção. Isso gerou um fenômeno chamado “Holocausto Brasileiro” retratado inicialmente em matérias jornalísticas e depois no livro de mesmo nome escrito por Daniela Arbex. Em 1987, a banda de crossover Lobotomia lançou seu álbum de estreia autointitulado e a faixa de abertura, com o mesmo nome, chamava a atenção para essa história entre os punks e headbangers brasileiros. Em 2019, o Uganga homenageou às vítimas dessa tragédia e a cena punk nacional com uma versão desse clássico no nosso álbum “Servus”. Em 2020, tragédias como essas ainda são relativizadas no Brasil”,explicou Joker.

O Uganga recentemente registrou um vídeo para a música “Lobotomia”. Para assistir, acesse:

Entre outras novidades, o Uganga gravou recentemente uma versão para “Mandatory Suicide” que vai sair no “Brazil Painted Blood – The Brazilian Tribute To Slayer” a ser lançado em breve pela gravadora Armadillo Records. Essa versão contará com as participações especiais do DJ Eremita e de Thais Amaral, vocalista da banda Endigna. O Uganga também está em processo de composição de algumas novas músicas que farão parte de um novo EP que a banda promete para 2021.

Além de Manu Joker, o Uganga atualmente também é formado por Christian Franco (guitarra), Lucas Carcaça (guitarra), Raphael Franco (baixo) e Marco Henriques (bateria).

Para ouvir “Servus” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2FHmUHi  
Deezer: https://bit.ly/2FJFVZO  
Google Play: http://bit.ly/2uF1UM8
iTunes: https://apple.co/2WFuVmZ  
Amazon: https://amzn.to/2UceKAX  
Youtube: http://bit.ly/2YDaMjr

Assista também o videoclipe da faixa título no Youtube:

A versão física em digipack de “Servus” está à venda pela Incêndio Shop http://bit.ly/2JXLI3i e também pela Die Hard http://bit.ly/2OE55wL

Mais Informações:
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: grupo realiza primeira Live neste sábado

A apresentação acontece no Vitrola Ambiente Cultural em Araguari/MG e será transmitida ao vivo pelo Youtube a partir das 21h

O quinto álbum de estúdio do Uganga, “Servus”, lançado em Março de 2019, é, sem dúvidas, o mais bem-sucedido trabalho do grupo mineiro até aqui! Afinal, além de ter sido financiado por dois relevantes prêmios – o Wacken Foundation e a PMIC de Uberlândia – “Servus” foi indicado entre os “Melhores Álbuns de 2019” por mais de 20 veículos de comunicação!

“Incrível” (Collectors Room); “Servus é daqueles álbuns que merecem ser colocados em um dos pedestais dos grandes trabalhos já lançados por bandas brasileiras.” (Heavynroll); “Um trabalho de primeira linha, feito por uma das maiores bandas do Heavy Metal na atualidade.” (Galeria Musical); “Impecável” (Mondo Pop); “E se existiam dúvidas de que o Uganga é um nome diferenciado, não só no cenário nacional, mas sem paralelo no mundo em termos de identidade musical, “Servus” as dizimará!” (Gaveta de Bagunças). É o que dizem algumas das resenhas sobre o disco.
E se não bastasse, o vocalista do Uganga, Manu “Joker” Henriques, foi eleito o 7º “Melhor Vocalista do Brasil de 2019”,
na votação realizada entre os leitores da revista Roadie Crew.

Infelizmente o Uganga teve que adiar uma cheíssima agenda de shows devido a pandemia pelo novo coronavírus, mas já adaptado ao novo cenário, a banda realiza neste sábado, dia 18 de Julho, a partir das 21h, sua primeira Live. A apresentação será realizada no Vitrola Ambiente Cultural em Araguari/MG e transmitida ao vivo pelo canal do bar no Youtube: www.youtube.com/VitrolaAC

“Ficar parado é chato, mas algo pequeno perto de tudo o que representa essa pandemia”, diz o lendário vocalista Manu Joker. “Só vamos mensurar isso mais adiante e ficar reclamando nunca foi a nossa. As Lives são uma opção interessante nesse momento e queremos que a do Uganga seja especial. No trabalho em conjunto com o Lucas Roza (Mundo da Lua Estúdio) e o pessoal do Vitrola, tenho certeza que vamos tirar um áudio foda, pois o papo aqui é Rock pesado. A ideia também é usar multicam e na parte musical teremos como sempre algumas boas surpresas. Estamos indo na pegada de show, na pilha e na energia boa e esperamos contar com todos aqueles que nos apoiam nesse sábado.”

Para ouvir “Servus” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2FHmUHi  
Deezer: https://bit.ly/2FJFVZO  
Google Play: http://bit.ly/2uF1UM8
iTunes: https://apple.co/2WFuVmZ  
Amazon: https://amzn.to/2UceKAX  
Youtube: http://bit.ly/2YDaMjr

Assista também o videoclipe da faixa título no Youtube:

A versão física em digipack de “Servus” está à venda pela Incêndio Shop: http://bit.ly/2JXLI3i e também pela Die Hard: http://bit.ly/2OE55wL

Mais Informações:
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: já disponível lyric vídeo de “7 Dedos (Seu Fim)”, mais uma música de “Servus”, novo álbum da banda indicado entre os “Melhores de 2019” por mais de 20 veículos de comunicação

Foto Uganga

“Servus” foi financiado pelo Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada pelos produtores do Wacken Open Air

O quinto álbum de estúdio do Uganga, “Servus”, lançado em Março de 2019, é, sem dúvidas, o mais bem-sucedido trabalho do grupo mineiro até aqui! Afinal, além de ter sido financiado por dois relevantes prêmios – o Wacken Foundation e a PMIC de Uberlândia – “Servus” foi indicado entre os “Melhores Álbuns de 2019” por mais de 20 veículos de comunicação!

“Incrível” (Collectors Room); “Servus é daqueles álbuns que merecem ser colocados em um dos pedestais dos grandes trabalhos já lançados por bandas brasileiras.” (Heavynroll); “Um trabalho de primeira linha, feito por uma das maiores bandas do Heavy Metal na atualidade.” (Galeria Musical); “Impecável” (Mondo Pop); “E se existiam dúvidas de que o Uganga é um nome diferenciado, não só no cenário nacional, mas sem paralelo no mundo em termos de identidade musical, “Servus” as dizimará!” (Gaveta de Bagunças). É o que dizem algumas das resenhas sobre o disco.

E se não bastasse, o vocalista do Uganga, Manu “Joker” Henriques, foi eleito o 7º “Melhor Vocalista do Brasil de 2019”, na votação realizada entre os leitores da revista Roadie Crew.

Infelizmente o Uganga teve que adiar uma cheíssima agenda de shows devido a pandemia de coronavírus, entretanto, todas e todos que estão em isolamento em casa poderão conferir agora o novo lyric vídeo para “7 Dedos (Seu Fim)”, uma das faixas de “Servus”, e que conta com as participações especiais de Renato BT (John No Arms) e Fábio Marreco (Totem).

Visualização da imagem

Com imagens de shows da banda em mais de dez cidades de todo país, o resultado final em “7 Dedos (Seu Fim)” acabou sendo muito mais do que um simples lyric vídeo.

“Após o lançamento do videoclipe da faixa-título “Servus”, que mobilizou uma grande equipe, para “Sete Dedos (Seu Fim)” quisemos fazer algo em casa”, conta o baixista Raphael “Ras” Franco que é quem também assina a direção e edição do vídeo. “Apesar da letra de Sete Dedos contar a história muito interessante de um cangaceiro que veio fugido do sertão nordestino e acabou sendo morto aqui na região do sul de Goiás, esse lyric-video não tem uma ligação direta com a letra. Utilizei o nosso acervo de imagens que viemos coletando ao longo dos anos na estrada. São cenas de shows e bastidores de mais de dez cidades de todo país, inclusive algumas do Nordeste, como Recife, Mossoró, Campina Grande e João Pessoa. Ficamos muito satisfeitos com o resultado.”

O lyric vídeo de “7 Dedos (Seu Fim)” estreou na última quinta-feira, 19 de Março, na seção “Premiere” do site da revista Roadie Crew.

O lyric vídeo já está disponível também no canal oficial da banda no Youtube:

Para ouvir “Servus” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2FHmUHi
Deezer: https://bit.ly/2FJFVZO
Google Play: http://bit.ly/2uF1UM8
iTunes: https://apple.co/2WFuVmZ
Amazon: https://amzn.to/2UceKAX
Youtube: http://bit.ly/2YDaMjr

Assista também o videoclipe da faixa título no Youtube:

A versão física em digipack de “Servus” está à venda pela Incêndio Shop http://bit.ly/2JXLI3i e também pela Die Hard http://bit.ly/2OE55wL

Mais Informações:
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: grupo faz três shows no Chile em divulgação ao seu novo disco “Servus”

Uganga_Capa_Servus

Grupo se apresenta em Santiago, Puerto Montt e La Serena a partir deste sábado

O novo e quinto álbum de estúdio do Uganga, “Servus” foi lançado no último dia 29 de Março em formato CD-Digipack e também distribuído para todas as principais plataformas digitais.

O disco foi financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada pelos produtores do Wacken Open Air, e pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

Mesmo com pouco mais de 30 dias apenas de seu lançamento, “Servus” já tem sido apontado não só como o melhor trabalho do grupo até aqui, mas um dos lançamento mais importantes do ano!

“Com certeza vai ser um dos melhores álbuns do ano.” (Alquimia Rock); “Tecnicamente impecável”(Mondo Pop); “Certamente frequentará várias listas de melhores de 2019” (Combate Rock – UOL). É o que dizem as primeiras resenhas sobre o disco.

A turnê em divulgação a “Servus” teve início no próprio dia de lançamento do disco (29 de Março), quando Manu Joker Henriques (vocal), Thiago Soraggi (guitarra), Christian Franco (guitarra), Lucas “Carcaça” Simon (guitarra), Raphael “Ras” Franco (baixo) e Marco Henriques (bateria) apresentaram um pocket-show exclusivo só com músicas de “Servus” para imprensa e convidados no “Espaço Som” em São Paulo/SP. Logo depois o grupo fez um show ao lado do Rattus (Finlândia) em Uberlândia/MG e foi headliner do festival Tijucaös em Ituiutaba/MG. Eis que agora chegou a hora do grupo levar seu novo show para fora do país.

O Uganga, que já realizou duas turnês pela Europa, em 2010 e 2013, embarca agora nessa semana para o Chile onde realizará três shows: 18/05 em Santiago (Ex Mundo Magico), 20/05 em Puerto Montt (Kroovy Club) e 24/05 em La Serena (Sociedad de Artesanos). Nos três shows o Uganga dividirá o palco com outro grande nome brasileiro, o Attomica, além de grupos chilenos.

Santiago

“Finalmente chegou! Sempre tivemos muita vontade de ir pro Chile. Temos amigos e contato com músicos e produtores de lá e com certeza não haveria hora melhor pra rolar essa tour. Estamos com o disco recém lançado, com um novo integrante que se encaixou muito bem no grupo e estamos indo pra quebrar tudo em terras chilenas. Fiquem ligados que vamos postar o dia a dia do rolê em nosso Instagram.”, declarou o baterista Marco Henriques.

Mais informações sobre os shows do Uganga no Chile podem ser obtidos através da página oficial da produtora Mono Mandinga: http://monomandinga.com/

Para ouvir “Servus” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2FHmUHi
Deezer: https://bit.ly/2FJFVZO
Google Play: http://bit.ly/2uF1UM8
iTunes: https://apple.co/2WFuVmZ
Amazon: https://amzn.to/2UceKAX
Youtube: http://bit.ly/2YDaMjr

Assista também o videoclipe da faixa título no Youtube:

A versão física em digipack de “Servus” está a venda pela Incêndio Shop http://bit.ly/2JXLI3i e também pela Die Hard http://bit.ly/2OE55wL

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: “Servus” novo disco do grupo já disponível

Uganga_Capa_Servus

Produzido com recursos da fundação alemã “Wacken Foundation” e da “PMIC” Uberlândia, “Servus” foi lançado no último dia 29 de Março durante evento para jornalistas e convidados no “Espaço Som” em São Paulo

O Uganga é um dos grupos mais expressivos e relevantes do Rock Pesado brasileiro. Acumula mais de 25 anos de carreira, lançou quatros álbuns de estúdio e um disco ao vivo gravado na Alemanha. Já realizou shows por quase todas as regiões do Brasil, participou dos mais importantes festivais e fez duas turnês europeias que juntas somam 28 shows em 13 países.

Boa parte dessas produções do Uganga, sejam projetos de gravação ou circulação (turnês), têm recebido incentivo através de políticas públicas de cultura, comprovando a relevância do trabalho da banda, seja em seu sentido artístico ou sócio-cultural.

“Servus”, o quinto álbum de estúdio do grupo mineiro, não foge à regra. O disco foi financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air – o maior festival de Heavy Metal do planeta – e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todas as partes do globo, tendo nomes como o de Alice Cooper entre os doadores, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

“A parceria com o Wacken Foundation foi mais uma vitória da banda e equipe à custa de muito suor, estrada, planejamento e amor à camisa” – declarou o vocalista Manu Joker. “Trata-se do maior festival do planeta! Por sermos uma banda latino-americana tocando em um país como o Brasil e todas as suas dificuldades, essa ajuda financeira torna-se ainda mais bem-vinda. Mas só de ter o logo do Wacken no trabalho já nos deixou honrados. Se pessoas ligadas ao Wacken se interessaram por nós, então nosso trabalho está valendo a pena”.

“Servus” definitivamente vale a pena! O quinto disco de estúdio do Uganga foi gravado no estúdio Rock Lab em Goiânia/GO onde a banda registrou seu álbum anterior, o aclamado “Opressor”. Gustavo Vazquez e o próprio vocalista Manu Joker assinam a produção desse trabalho que significa a coalisão da identidade sonora que o grupo lapidou nos álbuns “Vol. 3” e “Opressor” com o aspecto mais experimental dos dois primeiros trabalhos, “Atitude Lótus” e “Na Trilha do Homem de Bem”.

“Se com os dois álbuns anteriores definimos a nossa sonoridade, Servus é um olhar adiante, para o futuro”, afirma Manu. “Mas também consigo ver elementos de todos os nossos outros discos nas novas músicas. Em Servus a banda se arriscou por caminhos onde ainda não foi. Não se trata de estudar o mercado ou seguir tendência. Música é algo muito sagrado para perder tempo com isso. Há mais de duas décadas fazemos peso e groove pois amamos esses dois mundos. Navegar por caminhos aparentemente distintos como o som extremo ou algo diametralmente oposto, nunca nos assustou”. 

“Servus” foi lançado no último dia 29 de Março em formato CD-Digipack e também distribuído para todas as principais plataformas digitais. Um evento fechado apenas para imprensa e convidados foi realizado no mesmo dia no “Espaço Som” em São Paulo. Manu Joker, Thiago Soraggi, Christian Franco, Lucas “Carcaça”, Raphael “Ras” Franco e Marco Henriques apresentaram um pocket-show exclusivo com músicas de “Servus” e outras novidades. No mesmo fim de semana o grupo gravou participações para diversos programas e no domingo esteve no Pegadas de Andreas Kisser na 89FM.

“Servus” reúne 13 faixas: “Anno Domini” (Intro), “Servus”, “Medo”, “O Abismo”, “Dawn”, “Imerso”, “7 Dedos”, “Couro Cru”, “Hienas”, “Lobotomia”, “Fim de Festa”, “E.L.A.” e “Depois de Hoje…”. O desenho da capa de “Servus” foi desenvolvido pelo artista pernambucano Wendell Araújo que já trabalhou com outras bandas de destaque como Ratos de Porão e Cólera.

Assista o videoclipe da faixa título no Youtube:

“Servus” está disponível em todas as plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/2FHmUHi
Deezer: https://bit.ly/2FJFVZO
Google Play: http://bit.ly/2uF1UM8
iTunes: https://apple.co/2WFuVmZ
Amazon: https://amzn.to/2UceKAX
Youtube: http://bit.ly/2YDaMjr

A versão física em digipack está a venda pela Incêndio Shop http://bit.ly/2JXLI3i e também pela Die Hard http://bit.ly/2OE55wL

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: divulgada data e detalhes do lançamento do novo disco “Servus”

Uganga_2018_Wacken Foundation

Produzido com recursos da fundação alemã “Wacken Foundation” e da “PMIC” Uberlândia, “Servus” será lançado no próximo dia 29 de Março durante evento para jornalistas e convidados no “Espaço Som” em São Paulo

O Uganga é um dos grupos mais expressivos e relevantes do Rock pesado brasileiro. Acumula mais de 25 anos de carreira, lançou quatros álbuns de estúdio e um disco ao vivo gravado na Alemanha. Já realizou shows por quase todas as regiões do Brasil, participou dos mais importantes festivais e fez duas turnês europeias que juntas somam 28 shows em 13 países.

Boa parte dessas produções do Uganga, sejam projetos de gravação ou circulação (turnês), têm recebido incentivo através de políticas públicas de cultura, comprovando a relevância do trabalho da banda, seja em seu sentido artístico/subjetivo ou sócio-cultural.

“Servus”, o quinto álbum de estúdio do grupo mineiro, não foge à regra. O disco foi financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air – o maior festival de Heavy Metal do planeta – e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todas as partes do globo, tendo nomes como o de Alice Cooper entre os doadores, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

“A parceria com o Wacken Foundation foi mais uma vitória da banda e equipe à custa de muito suor, estrada, planejamento e amor à camisa” – declarou o vocalista Manu Joker. “Trata-se do maior festival do planeta! Por sermos uma banda latino-americana tocando em um país como o Brasil e todas as suas dificuldades, essa ajuda financeira torna-se ainda mais bem-vinda. Mas só de ter o logo do Wacken no trabalho já nos deixou honrados. Se pessoas ligadas ao Wacken se interessaram por nós, então nosso trabalho está valendo a pena”.

“Servus” definitivamente vale a pena! O quinto disco de estúdio do Uganga foi gravado no estúdio Rock Lab em Goiânia/GO onde a banda registrou seu álbum anterior, o aclamado “Opressor”. Gustavo Vazquez e o próprio vocalista Manu Joker assinam a produção desse trabalho que significa a coalisão da identidade sonora que o grupo lapidou nos álbuns “Vol. 3” e “Opressor” com o aspecto mais experimental dos dois primeiros trabalhos, “Atitude Lótus” e “Na Trilha do Homem de Bem”.

“Se com os dois álbuns anteriores definimos a nossa sonoridade, Servus é um olhar adiante, para o futuro”, afirma Manu. “Mas também consigo ver elementos de todos os nossos outros discos nas novas músicas. Em Servus a banda se arriscou por caminhos onde ainda não foi. Não se trata de estudar o mercado ou seguir tendência. Música é algo muito sagrado para perder tempo com isso. Há mais de duas décadas fazemos peso e groove pois amamos esses dois mundos. Navegar por caminhos aparentemente distintos como o som extremo ou algo diametralmente oposto, nunca nos assustou.” 

“Servus” será lançado no próximo dia 29 de Março em formato CD-Digipack e também distribuído para todas as principais plataformas digitais. Um evento fechado apenas para imprensa e convidados será realizado no mesmo dia no “Espaço Som” em São Paulo. Manu Joker, Thiago Soraggi, Christian Franco, Lucas “Carcaça”, Raphael “Ras” Franco e Marco Henriques apresentarão um pocket-show exclusivo com músicas de “Servus” e outras novidades.

“Servus” reúne 13 faixas: “Anno Domini” (Intro), “Servus”, “Medo”, “O Abismo”, “Dawn”, “Imerso”, “7 Dedos”, “Couro Cru”, “Hienas”, “Lobotomia”, “Fim de Festa”, “E.L.A.” e “Depois de Hoje…”.
O desenho da capa de “Servus” foi desenvolvido pelo artista pernambucano Wendell Araújo que já trabalhou com outras bandas de destaque como Ratos de Porão e Cólera.

Assista o videoclipe da faixa título no Youtube:

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga: assista o novo videoclipe de “Servus”

Uganga_Capa_Servus

“Servus” é a faixa-título do novo álbum da banda que será lançado em Março

“Servus”, novo disco do Uganga, está quase pronto. Com produção de Gustavo Vazquez e do vocalista Manu “Joker”, o quinto álbum de estúdio do grupo mineiro, sucessor do aclamado “Opressor” (2014), está sendo financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air – o maior festival de Heavy Metal do mundo – e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todas as partes do mundo, tendo nomes como o de Alice Cooper entre os doadores, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

“Servus” vai reunir 13 faixas: “Anno Domini” (Intro), “Servus”, “Medo”, “O Abismo”, “Dawn”, “Imerso”, “7 Dedos”, “Couro Cru”, “Hienas”, “Lobotomia”, “Fim de Festa”, “E.L.A. (Elo)” e “Depois de Hoje…”.  O desenho da capa de “Servus” foi desenvolvida pelo artista pernambucano Wendell Araújo que já trabalhou com outras bandas de destaque como Ratos de Porão e Cólera.

“Servus” vai ser lançado em Março, mas o primeiro single do álbum já está disponível no formato de videoclipe. A música escolhida foi a faixa-título. Produzido por Eddie Shumway e Manu “Joker”, o videoclipe de “Servus” foi filmado em três diferentes locações na zona rural de Araguari, triângulo mineiro, próximo à divisa com o estado de Goiás.

Uganga_Servus_Music Video

“Servus é uma canção que trata de conflitos ideológicos, filosóficos. Trouxemos uma interpretação metafórica para o videoclipe, como numa situação de aprisionamento. Optamos por um roteiro que contasse uma história de busca. Busca por sabedoria e liberdade, eu diria. Por isso mesmo escolhemos uma locação de grandes dimensões, tanto para tornar a “busca” perceptível e abrangente como para mostrar o infinito das possibilidades”, declarou o diretor Eddie Shumway.

Repleto de cenas aéreas e panorâmicas, o videoclipe “Servus” contou com uma boa diversidade de equipamentos e movimentou uma grande equipe.

“Usamos imagens de drone em grande parte do vídeo – escolha certa para mostrar grandes cenários -, mas também usamos câmeras na mão, principalmente em momentos mais fechados e individuais. Contamos com o Icronio Souza e o Gabriel Cunha para pilotar o drone e Daniel Moreira nas câmeras de mão. Eu e o Manu Joker fizemos visitas às locações, planejamos todo o cronograma em função do clima e do tempo hábil. A fotografia não teve muito segredo também, levamos o clima em consideração, escolhemos um dia claro e organizamos tudo para tentar pegar os melhores momentos para cada cena. Foi uma tarefa intensa, tínhamos que aproveitar tudo sem pensar muitas vezes, mas, como sempre, nos divertimos e chegamos a um resultado que nos deixou satisfeitos”, acrescentou Shumway.

Assista o videoclipe “Servus” no Youtube:

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com

Uganga Oficinas Musicais: projeto de contrapartida do Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Uberlândia, acontece gratuitamente na cidade em Fevereiro

Uganga_2018_Wacken Foundation

“Servus”, novo disco do Uganga, está quase pronto. Com produção de Gustavo Vazquez e do vocalista Manu “Joker”, o quinto álbum de estúdio do grupo mineiro, sucessor do aclamado “Opressor” (2014), está sendo financiado por dois relevantes prêmios, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air – o maior festival de Heavy Metal do mundo – e que apoia projetos de Hard Rock e Heavy Metal de todos os continentes, tendo nomes como o de Alice Cooper entre os doadores, e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária.

Como contrapartida ao incentivo recebido pela PMIC de Uberlândia, os seis integrantes do Uganga realizam em Fevereiro uma série de oficinas musicais. Serão quatro oficinas gratuitas diferentes: Guitarra, Contrabaixo, Bateria e Estética/Métrica Vocal e Produção Musical. Todas serão ministradas pelos próprios integrantes do Uganga e baseadas nas experiências reais e bem-sucedidas vividas com a banda ao longo de mais de 20 anos de carreira.

As oficinas serão realizadas no Ovelha Negra Pub Bar (Av. Nicomedes Alves dos Santos, 115 – Uberlândia/MG) nas seguintes datas e horários:

16/02 das 14:00 às 15:00 – Guitarra com Christian Franco, Thiago Soraggi e Lucas “Carcaça”;

16/02 das 16:00 às 17:00 – Estética/Métrica Vocal e Produção Musical com Manu “Joker” Henriques

17/02 das 14:00 às 15:00 – Contrabaixo com Raphael “Ras” Franco;

17/02 das 16:00 às 17:00 – Bateria com Marco Henriques + Pocket-Show do Uganga.

uganga - oficinas musicais 2019

As oficinas são voltadas exclusivamente a quem reside em Uberlândia, músico ou não. É possível se inscrever através do email ugangamg@gmail.com ou pelo telefone e WhatsApp (34) 99265-2827. Para se inscrever basta informar nome completo, RG, CPF, endereço, telefone e a oficina desejada.

Essa é a segunda vez que o grupo realiza o projeto “Uganga Oficinas Musicais”. A primeira aconteceu em Fevereiro de 2017 como contrapartida do programa “Música Minas” da Secretaria de Cultura do Estado de Minas Gerais, no qual o Uganga também foi contemplado. As oficinas aconteceram no Vitrola Ambiente Cultural em Araguari/MG. Um vídeo com o resumo das oficinas está disponível no canal do Uganga no Youtube:

Entre outras novidades, o novo álbum “Servus” vai reunir 13 faixas: “Anno Domini” (Intro), “Servus”, “Medo”, “O Abismo”, “Dawn”, “Imerso”, “7 Dedos”, “Couro Cru”, “Hienas”, “Lobotomia”, “Fim de Festa”, “E.L.A. (Elo)” e “Depois de Hoje…”. O desenho da capa foi desenvolvida pelo artista pernambucano Wendell Araújo que já trabalhou com outras bandas de destaque como Ratos de Porão e Cólera.

Uganga_Capa_Servus

“Servus” vai ser lançado em Março em data a ser divulgada, mas no próximo dia 31 de Janeiro o grupo lança o primeiro single do álbum no formato de videoclipe. A música escolhida foi a faixa-título.

Dirigido por Eddie Shumway, o videoclipe de “Servus” foi filmado em três diferentes locações na zona rural de Araguari, triângulo mineiro, próximo à divisa com o estado de Goiás.

Assista o teaser do videoclipe “Servus”:

Mais Informações: 
www.uganga.com.br
www.facebook.com/ugangaband
www.youtube.com/ugangamg
www.twitter.com/uganga
www.instagram.com/uganga
www.wacken-foundation.com
www.uberlandia.mg.gov.br