Hellish War: assista o lyric vídeo de “Warbringer”, nova música do grupo com a participação de Chris Boltendahl

Hellish War_Wine Of Gods

A faixa faz parte do novo álbum da banda, “Wine Of Gods”, financiado pelo Proac Editais e lançado em Julho

“Wine Of Gods”, novo álbum de estúdio do Hellish War, já está disponível! O disco foi lançado no último dia 19 de Julho em um evento fechado para imprensa e convidados no Central Panelaço em São Paulo.

“Wine Of Gods” foi gravado no Omni Studio em Cosmópolis/SP e no Reverbera Studio em Santos/SP e mixado e masterizado no PiccoliStudio em Londres, Inglaterra, por Ricardo Piccoli, com quem a banda havia trabalhado em seu disco anterior, “Keep It Hellish”.

Dez faixas inéditas compõem esse novo trabalho do Hellish War: “Wine Of Gods”, “Trial By Fire”, “Falcon”, “Dawn Of The Brave”, “Devin”, “House On The Hill”, “Burning Wings”, “Paradox Empire”, “The Wanderer” e “Warbringer”.

A última citada, “Warbringer”, reserva uma participação muito especial: a do frontman do Grave Digger, Chris Boltendahl! O vocalista alemão, que na música divide os vocais com Bil Martins, comentou sobre sua participação.

“Estou orgulhoso de fazer parte do novo álbum da banda brasileira Hellish War. Eles soam como se fossem uma banda europeia dos anos 80, como numa mistura do velho Running Wild, Rage e Grave Digger. Os riffs e vocais poderiam ter sido compostos na Alemanha ou em qualquer outra parte da Europa. Os fãs vão se surpreender com a energia e o poder dessa banda! Eu os desejo tudo de bom e muito sucesso no futuro com seu novo álbum, Wine Of Gods”.

O Lyric Video oficial de “Warbringer” já está disponível no canal oficial do Hellish War no Youtube:

“Wine Of Gods” já está disponível em CD Digipack – com distribuição pela Anti Posers Records – e também em versão digital para todas as plataformas de música:
 
Google Play: http://bit.ly/2Yz8R2T

Wine Of Gods” também ganhará uma versão em vinil a ser lançada pela Abigail Records em Setembro.

Três shows de lançamento, em Campinas, Sorocaba e Santos, também estão programados para acontecer entre Agosto e Setembro.

Em Sorocaba a apresentação acontece no próximo dia 17 de Agosto no Parque dos Espanhóis (R. Dr. Campos Salles, s/n – Vila Assis) a partir das 19h. O Brave será a banda convidada na noite. Em Santos a apresentação acontece no dia 01 de Setembro no Boteco Valongo (R. São Bento, 43 – Centro) a partir das 18h. O Living Metal será a banda convidada na noite. Em ambas ocasiões os shows terão entrada franca.

Além de Bil Martins, completam a formação do Hellish War em “Wine Of Gods” os guitarristas Vulcano e Daniel Job, o baixista JR e o baterista Daniel Person.

“Wine Of Gods” foi integralmente financiado pelo Proac Editais, programa de investimento direto do Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Mais Informações:

Anúncios

Red Light DC: grupo mete o pé na porta com novo single “Fly Away”

Red Light DC - Credito de Marcia Oliveira (2)

O primeiro single da nova fase da Red Light DC é “Fly Away”. Com mais peso nos vocais e na guitarra, a música nasceu da vontade de extravasar. As influências de Alice in Chains e Soundgarden são latentes na música que sucede o álbum “Love, Alcohol And Other Drugs” (2018), com produção de Celo Oliveira.

“Esse novo trabalho traz influências mais pesadas, liberando toda energia, como uma aula de luta após um dia estressante”, define Renalvo Junior, guitarrista da Red Light DC. Enquanto a música busca a libertação, o lyric vídeo evoca a tensão e a dor da depressão.

Red Light DC - Fly Away.JPG

Ouça o single “Fly Away” no streaming: https://song.link/s/3jarXjcLs3k4M7EGNoOiFy

“A depressão é uma doença que atinge uma grande quantidade de pessoas. E os motivos podem ser estresse, relacionamentos destrutivos, pressão relacionadas ao dia a dia ou algum trauma. A depressão é algo tenso e cinzento. Na banda temos pessoas próximas com depressão, casos que já chegaram ao suicídio, e queríamos falar sobre esse assunto”, lamenta Ricardo Bruno, baixista.

Assista o lyric video “Fly Away”:

Para desestressar, para curtir, para pensar. O Rock da Red Light DC é sem rótulos, sem seguir nenhuma vertente.  Duas guitarras, uma bateria, um baixo e uma voz potente. Assim foi criada a Red Light DC, banda paulista que traz no currículo o disco “Love, Alcohol And Other Drugs” (2018). O trabalho de estreia também contou com o single “Scream”, lançado como lyric video e o videoclipe do single “Burn”.

“A Red Light DC traz canções que retratam o mundo visto pelo amor e pelo ódio, pelas ressacas e por pessoas que vivem na margem das grandes cidades”, explica Regis Lima, guitarrista.

A Red Light DC é formada por Ton Araujo (voz) e Alex Oliveira (bateria), além de Renalvo, Regis e Ricardo. A ficha técnica do single “Fly Away”, traz Jean Michel Designations Artwork (capa); Regis Lima (produção, mixagem e masterização); e Maria Catia (lyric video).

Mais informações:

The Cross: assista agora ao lyric vídeo de “Within My Flesh”, presente no tributo ao Novembers Doom

THE_CROSS_Lo_Res

Presentes no “Novembers Doom – A Brazilian Tribute” – divulgado recentemente – os baianos do The Cross divulgaram sua participação de um modo único.

A banda lançou em seu canal no YouTube um lyric vídeo para a faixa “Within My Flesh” mostrando, não só a brutalidade e o peso de sua versão, mas também a primazia do grupo pela qualidade de seus trabalhos, confira:

Em paralelo, está sendo promovido também o supracitado tributo aos norte-americanos do Novembers Doom lançado no dia 01/08/2019 em formato digital. O The Cross figurou ao lado de outros grandes nomes do cenário nacional como Amaduscias, Silentio Mortis, Dying Embrace, Under The Gray Sky, Dying Suffocation, Phantasma Nocturna e muito mais, ouça agora:

Produtores interessados em levar o The Cross para seus eventos escrevam para thecrossdoom@gmail.com e solicitem mais informações.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/thecrossdoom/
https://www.youtube.com/channel/UCAQmIpSnteUj6HDItI1oE_w
https://thecross.bandcamp.com/
https://soundcloud.com/the-cross-doom-metal
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/THECROSS/69

Broken & Boned: grupo é destaque na mídia internacional

broken

Bastou a Broken & Boned anunciar que trabalha em um novo single, que as atenções se voltaram ao que estão fazendo Rômulo Portela (vocal), Carlos Nava e Marcelo “Marshall” (guitarras), Lúcio de Paula (baixo) e André Cecim (bateria).

A notícia que já rodou em diversos sites, blogs e redes sociais pelo Brasil chegou ao exterior com publicações feitas pelo site Metal Temple, dirigido por profissionais dos EUA, Inglaterra, Israel, Grécia, Canadá e Brasil.

Veja aqui a nota divulgada:
 
O blog Heavy Vibe, que é sediado na Califórnia (EUA) também divulgou a nota da banda brasileira de Death Metal e, de quebra, ainda publicou a biografia oficial do grupo em sua plataforma.
 
Veja a postagem:
 
Reforçando o que está nas matérias, o single se chama “Fútil” e será lançado nas principais pistas de streaming até o final do ano. O quinteto de Marabá/PA trabalha nas sessões de gravação e produção da música no Legacy Studio, em Belém/PA, que é de propriedade do baterista.
 
Enquanto “Fútil” não chega, confira o lyric vídeo de “A Fable” que está presente no álbum “Hypocrisy Hymns” (2018).

 

Confira capa e track list de “Hypocrisy Hymns”, escolhido como um dos melhores álbuns de 2018

Broken & Boned

1.Peaceless/Hopeless
2.Transcending Faith
3.A Fable
4.Vengeance
5.Puz of a Sick World
6.False Divinity
7.Rebirth
8.Rage
 
Confira o álbum “Hypocrisy Hymns” pelas plataformas de streaming:
Spotify
Deezer
E em muitas outras.
 
Contato para shows:
+55.85.9.9690.7536
 
Links relacionados:
 
Assessoria Brauna Music Press:

Broken & Boned: grupo aumenta a dose de Death Metal em próximo single

brokenbonedmetal

O debut “Hypocrisy Hymns” lançado em 2018 pela Broken & Boned foi responsável pelo acesso da banda ao cenário nacional. Figurado em listas de melhores do ano, o álbum foi concebido por doses cavalares de peso e alternância de pegada, de onde se extraíram técnicas de Groove, que complementam a sonoridade Death Metal do quinteto de Marabá/PA.

Explorando mais caminhos, Rômulo Portela (vocal), Carlos Nava e Marcelo Marshall (guitarras), Lúcio de Paula (baixo) e André Cecim (bateria) decidem trabalhar em um novo single, que somará à identidade do grupo. A música se chama “Fútil” e já foi noticiada pela imprensa especializada, confira no link: http://braunamusicpress.com/broken-boned-prepara-novo-single.html.

A melodia que é uma das formas de expressão da Broken & Boned foi introduzida no primeiro álbum coerentemente, de forma que o equilíbrio entre peso e velocidade se mantivesse impecável. “Fútil”, que nasceu durante a composição do CD ficou de fora por não atender a este equilíbrio, pois a música possuía uma estrutura melódica muito maior que as demais.

Recentemente, o grupo resolveu desengavetar a música e fazer retrabalhos para inseri-la mais profundamente em sua proposta. “Não pudemos aproveitar essa música no ‘Hypocrisy Hymns’, mas tivemos ideia de a usarmos como single, só que agora estamos fazendo alguns retrabalhos em estúdio para podermos lançá-la”, disse Rômulo à Brauna Music Press.

A canção que nunca foi tocada, pelo menos ao vivo, em sua nova versão, já foi gravada e está sendo tratada no Legacy Studio, em Belém/PA. Terminada a produção, ela será lançada em todas as plataformas digitais no decorrer deste segundo semestre.

Confira o Lyric Vídeo de “A Fable”:

Ouça no streaming:
Spotify:
Deezer:
E em muitas outras.
 
Shows:
+55.85.9.9690.7536
 
Links relacionados:
 
Assessoria Brauna Music Press:

The Undead Manz: assista ao lyric vídeo de “Only Bad Men” e entenda o conceito criado para essa música

UNDEAD MANZ

Totalmente diferenciado de tudo que já se foi criado no Brasil, a banda The Undead Manz vem se destacando por vários elementos distintos nas elaborações de suas obras. Com dois álbuns lançados, os materiais apresentam uma banda que mescla em sua sonoridade, elementos modernos e que não são cabíveis a um rotulo ou estilo já difundido.

Além dessa elaboração criativa, os músicos vivem sob a alcunha de “Alter Egos” elaborados individualmente para cada um dos integrantes da banda. Outro ponto impactante sobre a obra da “The Undead Manz”, é sua genialidade em elaborar vídeos, clipes, teaser, lyrics, com qualidade impecável e que são capazes de sugar a atenção de seu espectador.

O segundo vídeo que foi liberado pela banda, lá no início de sua carreira, foi “Only Bad Men”, talvez um dos mais simples criados pelo grupo e divulgado aos seus fãs, mas não é a qualidade do vídeo que se destaca, mas sim, a letra dessa faixa que é algo atemporal, fictícia e obviamente, reflexiva para os dias atuais e como vivemos. Para que você entenda melhor, o vocalista Z, revelou os detalhes da faixa e as intenções que a mesma possuí: “O.B.M. retrata em sua temática “os homens que decidem/escolhem, por vontade própria, trilhar o caminho do Mal”, em especial, aqueles que detém algum poder de mudança e influência sobre a vida de alguém, ou de alguns. Logo de cara pensamos nos Governantes, entretanto, estes não são os únicos a dirigir nossas vidas; muitas outras pessoas dotadas deste poder, por vezes, permanecem nas sombras ditando suas vontades acima do bem comum, e permanecendo ocultas exatamente para manterem-se acima da sociedade. “Todo Homem é Mal, por natureza”, o que nos diferencia, entre si, de Mal ou Bons, são as oportunidades que a vida nos impõe, bem como as escolhas que tomamos diante destas oportunidades. O vídeo lírico não recebeu a mesma atenção que os demais, fato este que viria a ser “compensado” no excelente videoclipe, que foi trabalhado e planejado desde o início da banda. Uma curiosidade é que o videoclipe de O.B.M. teve sua produção iniciada, lá em 2016, muito embora tenha sido concluído e lançado apenas após “Fearless” e “The Death”, isso já no final do ano de 2018. Toda a ambientação de sua produção, O.B.M. dá-se nesta temática de “superiores jogando com nossas vidas”, escolhendo quem morre e quem vive, decidindo como nossas vidas poderão ser vividas, e no mais, entupindo a sociedade (acomodada e que aceita ser controlada) de placebos e pela velha política adotada por Cesar de “pão e circo”. É uma letra sombria e assustadora, pois representa uma realidade muito próxima”.

Confira o Lyric de “Only Bad Men”:

Formação:
Z – (Vocals/Guitarra)
Jaws – (Baixo)
A.K. – (Teclados)
Reactor – (Bateria)

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/undeadmanzoficial/
Instagram: https://www.instagram.com/undeadmanz/
Roadie Metal Press: http://roadie-metal.com/press/the-undead-manz-2/

 

Eduardo Pastore: músico lança EP “Wild Crowd” que mistura Rock, Grunge e Funk

pastore Foto EP - alta

Wild Crowd conta com quatro músicas de puro Rock e Grunge, gravadas com muito cuidado e dedicação, com DNA 100% brasiliense.

Eduardo Pastore é compositor e produtor musical brasiliense. Proprietário do New Orleans Studio, já tocou em projetos de gêneros variados, como Grunge, Indie, latin Rock e eletrônica. Em dezembro de 2017, concluiu o Master Certificate of Songwriting and Guitar na Berklee Institute of Music.

Seu primeiro EP, “Wild Crowd”, foi lançado na última sexta-feira (14). Pastore, em parceria com João Vitor (guitarra), Diego Promessas (bateria) e Bruno Amorim (baixo), três amigos e músicos com vasta experiência na cena musical brasiliense, apresentam um repertório autoral com raízes fincadas no Rock, Grunge e Funk.

“Não poderia deixar de agradecer a todas e todos que têm me acompanhado nessa jornada, faz um ano que comecei essa fase e esse EP não teria sentido sem o entusiasmo de vocês.” – afirma Eduardo.

“Wild Crowd” conta com 4 faixas marcadas por guitarras modernas e letras rápidas, que procuram dar voz aos diversos tipos de amor. Nas próximas 4 sextas-feiras serão lançados videoclipes para as cada uma das músicas do EP no canal do Youtube do músico.

O lyric vídeo da música “Wild Crowd”, faixa que dá nome ao EP, já pode ser conferido no link abaixo:

Escute agora “Wild Crowd”:

https://eduardopastore.hearnow.com/

Links relacionados: