Parkcrest: grupo chileno de Trash Metal, lança álbum “…and That Blue Will Turn to Red” pela Awakening Records

Formado em 2012, o Parkcrest é uma banda de Thrash Metal de Peñaflor, Chile. As composições dessas almas atormentadas são agressivas e melódicas, levando você a uma jornada psicológica sem retorno.

Em seu segundo álbum, o som dos chilenos Thrash maniacs se transformou em um soco sônico mais progressivo, rápido e agressivo. Amalgamação da velocidade bruta e selvagem de Kreator e Dark Angel com a musicalidade de força bruta do Anacrusis, “…and That Blue Will Turn to Red” é uma jornada psicológica para bater a cabeça e dar socos. 

Usando uma nova metodologia lírica em “…and That Blue Will Turn to Red”, o Parkcrest discute ódio, ressentimento, crise mental e emocional. Cheio de peças instrumentais de cortar o coração, refrões frenéticos, percussão punitiva e solos altos. Este álbum é para se ouvir no volume máximo!

Tracklist:
01 – Impossible to Hide
02 – Darkest Fear
03 – Punished in Life
04 – Possessed by God
05 – Midnight Chasm
06 – Dwelling of the Moonlights
07 – Hatred ‘till Die
08 – Tired and Guilty
09 – …and That Blue Will Turn to Red

“…and That Blue Will Turn to Red”, será lançado em 06 de junho de 2020 pela Awakening Records.

Parkcrest é formado por:
Javier Salgado – Vocal/Guitarra
Diego Armijo – Guitarra
Cristoffer Pinto – Baixo
Nicolás Villanueva – Batería

Mais informações:
https://www.facebook.com/ParkcrestOficial/
https://www.youtube.com/user/ParkcrestOficial

Unleash The Archers: grupo de Modern Power Metal lançará novo álbum “Abyss”, via Napalm Records

Menos de um ano após o lançamento do EP “Explorers”, o quarteto canadense de Power Metal Melódico Unleash The Archers está de volta com uma nova obra-prima de 10 faixas na forma de seu quinto álbum, “Abyss”. Levantado pelos vocais urgentes e de tirar o fôlego da vocalista Brittney Slayes, no “Abyss”, a banda se recoloca como uma força metálica inegável e inigualável com seu álbum mais forte até hoje.

Colossal, de parar o coração e pesado como o inferno, ao mesmo tempo em que explora uma aura notável de sensibilidade pop viciante, “Abyss” prova ainda as composições indeléveis e os talentos técnicos de Unleash The Archers – não apenas reforçando o quão alto uma banda moderna pode subir na atmosfera do Power Metal, mas introduzindo uma matriz desenfreada de diversos elementos sônicos na dobra. Preparado para deixar sua marca em meio a uma nova geração de álbuns épicos de metal, os ouvintes estarão ansiosos para repetir alguns segundos depois de seu final satisfatório.

Confira um novo teaser da faixa-título do álbum “Abyss” e fique ligado para mais novas músicas e vídeos em breve!

“Abyss” está programado para ser lançado pela Napalm Records em 21 de agosto de 2020 e, a partir de hoje, está disponível para pré-venda em formato CD, bem como em formato de vinil gatefold 2LP em preto original, edição limitada em vermelho / amarelo (limitado a 300 cópias) ) e amarelo de edição limitada (limitado a 100 cópias). Também está disponível um formato Deluxe Earbook de edição limitada – a única edição incluindo versões instrumentais de cada faixa e versões alternativas bônus (também incluídas em um stand-alone de 7 ”, disponível apenas no formato Earbook). O álbum estará disponível para pré-venda digital em meio de junho.

Tracklist:
1 – Waking Dream
2 – Abyss
3 – Through Stars
4 – Legacy
5 – Return To Me
6 – Soulbound
7 – Faster Than Light
8 – The Wind That Shapes The Land
9 – Carry The Flame (participação do guitarrista Andrew Kingsley nos vocais)
10 – Afterlife (Orquestração de Francesco Ferrini)

Começando com uma introdução acústica de sonho, acentuada pelos acentos esfumaçados da cantora Brittney Slayes, a abertura “Waking Dream” rapidamente se infiltra em uma colossal parede de som, preparando o cenário para a fuga auditiva que é o Abismo. Hinos poderosos, como a imensa faixa-título encapsulada em metal “Abyss” e o verme metálico “Through Stars” evocam elementos clássicos, mantendo uma abordagem totalmente inovadora e inovadora. Os guitarristas Andrew Kingsley e Grant Truesdell mudam de direção com trabalhos perversos em faixas estelares como “Legacy” (fãs de artistas como Devin Townsend e Astronoid, observe), enquanto Slayes mostra sua incrível diversidade vocal e abrange poderosos épicos como “Return To Me ”E“ O vento que molda a terra ”. O baterista Scott Buchanan faz progressos técnicos nos queimadores “Soulbound” e “Faster Than Light” – dando voltas e reviravoltas irritantes com seus colegas de banda. UNLEASH THE ARCHERS contorna o limite do Abismo com “Carry The Flame”, em tom de reminiscência, e termina com o conceito alto e recompensador de “Afterlife”.

Tematicamente, “Abyss” é a sequência direta do álbum de 2017 da banda, Apex. A vocalista Brittney Slayes explica sobre o conceito:

“Nosso protagonista, O Imortal, é despertado mais uma vez no início de nossa história, mas desta vez ele está em um lugar desconhecido: uma nave no espaço profundo. Ele vagueia sozinho por um tempo, refletindo sobre seus crimes, procurando seu novo mestre. Finalmente, ele o encontra e descobre que é o neto de Matriarca, nosso antagonista. O Imortal havia levado o pai do neto cerca de sessenta anos antes, para ser sacrificado pela Matriarca em um ritual para alcançar a imortalidade (os eventos da Apex) e agora o neto busca vingança contra a Matriarca com a ajuda de sua própria arma, The Immortal .

Este álbum é uma versão clássica do bem contra o mal, da luz contra as trevas, do neto contra a matriz, mas também usa o dispositivo literário ‘pessoa contra si’, em que o imortal está lutando com o bem e o mal dentro de si e deve decidir no final, se ele é simplesmente uma ferramenta para outros usarem, ou um homem com livre arbítrio e a capacidade de escolher seu próprio caminho; uma luta que eu acho que todo ser humano pode se relacionar. ”

“Abyss” foi mais uma vez projetado, mixado e masterizado por Jacob Hansen do Hansen Studios na Dinamarca (Volbeat, Delain, Amaranthe), com a produção do guitarrista Andrew Kingsley. Além disso, a faixa transcendente mais próxima, “Afterlife”, traz a participação de Francesco Ferrini, da orquestra sinfônica italiana Fleshgod Apocalypse. Os fãs vão notar que, ao contrário de “Apex”, “Abyss” incorpora uma dose pesada de sintetizador na mixagem e, pela primeira vez, todas as faixas foram escritas em sete cordas – aumentando a enorme extensão do som do álbum, à medida que explora o reino celestial .

Como mencionado, a edição Deluxe Earbook do Abyss apresenta duas faixas bônus – synthwave e versões Folk-Pop Góticas de “Abyss” e “Soulbound”, respectivamente. Isso é algo que Unleash the Archers nunca fez antes, transformando seus singles em algo completamente diferente!

Brittney Slayes acrescenta:
“Espero que vocês gostem de nossas interpretações alternativas de“ Abyss ”e“ Soulbound ”, porque eles honestamente mostram um lado de nós como músicos que provavelmente não poderíamos mostrar de outra forma. Todos nós ouvimos vários gêneros musicais diferentes, mas essas duas faixas bônus oferecem uma grande visão da música que estávamos ouvindo enquanto gravávamos o ‘Abyss’ … não apenas metal, mas synthwave, pop e até um pouco de country! “

Unleash the Archers é formado por:
Brittney Slayes – Vocal
Grant Truesdell – Guitarrra/Vocals
Andrew Kingsley – Guitarrra/Vocals/Synth
Scott Buchanan – Bateria

Links relacionados:
https://unleashthearchers.com/
https://www.facebook.com/UnleashTheArchers/
https://www.instagram.com/unleashthearchers/
https://twitter.com/unleasharchers
https://label.napalmrecords.com/unleash-the-archers

Odin’s Krieger Fest: realiza festival online com 15 atrações

Evento será transmitido pelo Facebook e terá apresentações exclusivas de bandas internacionais de Folk como Faun, Heidevolk e Rapalje

Enquanto o Brasil e o mundo do entretenimento aguarda condições adequadas de saúde pública para o retorno de shows, como a tão aguardada turnê da sensação do Folk Rock/Metal The Hu em dezembro (RJ, SP e Curitiba), o “Odin’s Krieger Fest” anuncia o Stay Home Edition! Sim, um festival online de bandas do cenário mundial Folk/Medieval dia 5 de junho, que será transmitido no Facebook do OKF (facebook.com/odinsfest).

A partir da 20h desta sexta-feira, o “Odin’s Krieger Fest – Stay Home Edition” trará apresentações exclusivas de 15 bandas, entre nacionais e internacionais. Cada atração será apresentada pelo DJ Rodrigo Branco.

O lineup está imperdível, inclusive com nomes já ovacionados nos saudosos (por pouco tempo!) Okfs. Tem as internacionais Faun (Alemanha), Heidevolk (Holanda), Rapalje (Holanda) e Triddana (Argentina), mais as brasileiras Confraria da Costa, Hugin Munin, Taberna Folk, Terra Celta, O Bardo e o Banjo, Mandala Folk, Lugh, Captain Cornelius, Oaklore, Eldhrimnir e Asterean.

O Stay Home Edition é totalmente gratuito. Durante a transmissão, o OKF manterá um QR CODE – https://picpay.me/odinskriegerfest – para, quem puder, ajudar com doações de qualquer valor. “Essa doação é muito importante para nós! Em todas edições do evento presencial nós recolhemos toneladas de alimentos para doação e, com esses alimentos, ajudamos diversas instituições que precisam muito. Em uma doação online temos a chance de alcançar mais pessoas e multiplicar esse esforço”, desta a produção.

Em contrapartida, o “Odin’s Krieger Fest – Stay Home Edition” realizará diversos sorteios entre os que puderam ajudar, como sorteio de ingressos para as próximas edições físicas, copos exclusivos, camisetas e muito mais!

Odin´s Krieger Fest 2020 – Stay Home Edition:
Evento: https://www.facebook.com/events/704354407061391
Data: 5 de junho de 2020 (sexta-feira)
Horário: a partir das 20h
Local: facebook.com/odinsfest

Kamelot: grupo lança vídeo ao vivo de “Sacrimony (Angel of Afterlife)” música presente no novo e impressionante álbum ao vivo “I Am The Empire – Live From The 013”

Uma experiência eletrizante de concerto com produção impressionante,
convidados muito especiais e extras exclusivos!

Os mestres do Symphonic Metal Kamelot, retornam com sua mais nova oferta, “I Am The Empire – Live From The 013”, a ser lançado em 14 de agosto de 2020, pela Napalm Records!

O majestoso álbum ao vivo/DVD/BluRay, gravado no lendário 013 em Tilburg, Holanda, consiste em vinte e uma músicas que tocam suas cordas do coração, fazem você querer bater a cabeça e dar um gostinho da grandeza do Kamelot ao vivo, com mais de 100 minutos de música ao vivo e vários extras exclusivos, incluindo entrevistas nos bastidores de todos os convidados, membros da banda e fãs.

Hoje, o Kamelot lançou o vídeo ao vivo de sua performance em “Sacrimony (Angel of Afterlife)” – com Alissa White-Gluz (Arch Enemy) e Elize Ryd (Amaranthe) – tiradas do álbum Silverthorn (2012), que marcou um dos os muitos destaques desta noite para lembrar para todos os fãs e músicos presentes. O single de sucesso começa com primeiras notas aventureiras e linhas vocais ameaçadoras, evocando a energia palpável e ininterrupta que está por vir. Esse épico auditivo sobe a novas alturas em sua encarnação viva.

Tommy Karevik, vocalista do Kamelot em “Sacrimony (Angel of Afterlife)”, comentou:

“Agora podemos anunciar com orgulho que o primeiro vídeo a ser lançado do projeto será“ Sacrimony (Angel of Afterlife) ”. A música marca o início de uma nova era, pois foi uma das principais músicas do Silverthorn, o primeiro álbum do Kamelot comigo como cantor. Aproveitem!”

Assista ao videoclipe de “Sacrimony (Angel of Afterlife)”:

14 de setembro de 2018 marcou um dos destaques da carreira de muito sucesso da Kamelot. A banda em torno do mentor Thomas Youngblood, conhecido por suas colaborações de alta classe, convidou o creme de la creme da cena metal sinfônica para comemorar a noite em Tilburg. Músicos convidados em destaque, como Alissa White-Gluz (Arch Enemy), Charlotte Wessels (Delain), Elize Ryd (Amaranthe) e Lauren Hart (Once Human) – só para citar alguns – fizeram desta noite em Tilburg uma noite inesquecível para recordar a todos fã e músico presente.

Este setlist de concertos apresenta o Kamelot em excelente forma – com uma mistura escolhida a dedo de clássicos do Kamelot e estreias ao vivo, complementadas por uma produção impressionante e mixadas e masterizadas por Sascha Paeth (Avantasia, Epica e mais)!

A lista de faixas escolhidas a dedo é a seguinte:
1. Transcendence (Intro)
2. Phantom Divine (Shadow Empire) feat. Lauren Hart
3. Rule The World
4. Insomnia
5. The Great Pandemonium
6. When The Lights are Down
7. My Confession – feat. Eklipse
8. Veil of Elysium
9. Under Grey Skies – feat. Charlotte Wessels (live premiere)
10. Ravenlight – feat. Sascha Paeth
11. End of Innocence
12. March of Mephisto – feat. Alissa White Gluz
13. Amnesiac 
14. Manus Dei
15. Sacrimony (Angel of Afterlife) – feat. Alissa White Gluz & Elize Ryd
16. Drum And Keys Solo
17. Here’s to the Fall
18. Forever
19. Burns to Embrace – with Children’s Choir including Thomas Youngblood’s son
20. Liar Liar (Wasteland Monarchy) – feat Alissa White Gluz
21. Ministrium (Shadow Key)

O guitarrista do Kamelot Thomas Youngblood, comentou sobre “I Am The Empire – Live From The 013”:

“Estamos muito satisfeitos em apresentar o nosso novo álbum / DVD / BluRay ao vivo ‘I Am The Empire – Live From The 013.’ Após vários eventos esgotados na Holanda, era adequado filmar esse evento no famoso local 013 de Tilburg. A cereja no topo do bolo estava recebendo todos os convidados especiais nesta noite histórica, era verdadeiramente divina. “

Alissa White-Gluz, do Arch Enemy, diz:

“Foi uma noite mágica naquela noite. Foi muito divertido tocar um set tão agradável com uma casa lotada de fãs que conheciam cada palavra de cada música ao lado da minha família e namorado Kam! ”

Comentário de Elize Ryd, do Amaranthe:

”Foi um momento histórico para eu participar dessa gravação ao vivo do DVD do Kamelot. Não vamos esquecer que foi com o Kamelot que comecei minha vida de turnê, e nós fizemos muitas turnês. Estou muito feliz por finalmente poder perpetuar a era do trabalho duro e da amizade com tanta qualidade. Um enorme agradecimento a toda a família KAMELOT por abraçar minha presença nesta noite muito especial “.

Charlotte Wessels, do Delain, acrescenta:

“Foi uma delícia absoluta tocar” Under Gray Skies “com o Kamelot ao vivo em 013 durante sua noite especial. Pareceu uma grande reunião de família. Obrigado por me incluir. Tenho certeza de que este DVD será uma lembrança maravilhosa para os Kamfans em todo o mundo !”

Uma vez que Lauren Hart, da Human, diz:

“O que uma MASTERPIECE !! Foi uma grande honra dividir o palco com tantas lendas e testemunhar este belo pedaço da história do Kamelot! ”

Kamelot é formado por:
Tommy Karevik – Vocal
Thomas Youngblood – Guitarra
Oliver Palotai – Teclados
Sean Tibbetts – Baixo
Alex Landenburg – Bateria

Links relacionados:
http://www.kamelot.com/
https://www.facebook.com/kamelotofficial/
https://www.instagram.com/kamelotofficial/
https://twitter.com/KamelotOfficial

Chaosfear: grupo divulga primeiro single oficial de novo álbum!

Depois de liberar o teaser para a pesadíssima faixa “A New Life Ahead”, gravado em isolamento social devido a pandemia do #COVID19 como aperitivo para novo álbum “Be The Light In Dark Days”, o ChaosFear tem o prazer em divulgar o primeiro single oficial completo desse novo trabalho.

A faixa homônima foi escolhida por ser extremamente agressiva, moderna e densa, representando muito bem a essência da banda nessa nova etapa da carreira. Contando com as participações especiais de Murillo Leite (Genocídio) e Letícia Helena, amiga de longa data da banda e cantora do circuito de Rock/Metal em São Paulo, nas vozes adicionais, ficou evidente que a banda não só absorveu novas influências como, também, evoluiu muito musicalmente saindo da zona de conforto!

Confira o single “Be The Light In Dark Days”:

“Muito porrada! Tem, além da agressividade inerente ao ChaosFear, as presenças dos nossos amigos Murillo Leite e Letícia Helena deixando a música ainda mais grandiosa!”, comentou Fábio Moysés (bateria).

“Essa faixa é uma obra que foi concebida em ambiente virtual, mesmo frente às adversidades. Musicalmente falando, não só a faixa “Be The Light In Dark Day”, mas o álbum todo, é maduro, coeso, pesado, agressivo, denso e cheio de melodia”, comentou Marco Nunes (baixista/produtor).

“Eu e meu irmão Edu Boccomino (guitarra), fizemos o esqueleto dessa música no final de 2014. Foi o primeiro material que produzimos depois da pausa na carreira da banda em 2012/2013. Ela tem riffs super agressivos, refrão bem alto astral e um final tétrico bem ao estilo Celtic Frost. A letra sala sobre um período muito difícil em minha vida, mais precisamente de 2014 a 2019, cheio de agonia, desespero e incertezas. Não foi nada fácil, e “ser a luz nos dias de escuridão” acabou sendo o mais importante para a minha superação.”, comentou Fernando Boccomino (vocal/guitarra).

“Fiquei muito lisonjeado pelo convite, pois o Chaosfear é uma banda em constante evolução musical e são amigos de longa data. Eles queriam uma camada mais densa de vocal e acredito que eu consegui entregar o que eles imaginaram para contribuir para a massa poderosa que “Be The Light In Dark Days” possui. O que ouvi deste álbum até o momento o credencia facilmente para ser um dos melhores de 2020!” comentou Murillo Leite (Genocídio) sobre sua participação na faixa.

“Be The Light In Dark Days”, cuja data de lançamento é 11 de junho, foi gravado/mixado no Estúdio Tori Studios, de propriedade de Marco Nunes (baixista/produtor), masterizado pelo renomado produtor/músico Paula Anhaia e contou com a arte de capa pelo designer gráfico Jean Santiago.

Esse tão aguardado álbum de retorno conterá 7 faixas densas e melancólicas alternando passagens ora sombrias e cadenciadas, ora velozes, agressivas e cheias de ‘punch’, com uma produção robusta e moderna dando ênfase ao mais puro peso e técnica característicos da carreira do quarteto.

As estruturas da cena Thrash Metal brasileira e mundial serão totalmente revigoradas e elevadas a níveis nunca anteriormente atingidos com tal exuberância.

Tracklist:
1- Be The Light In Dark Days
2- A New Life Ahead
3- Cold
4- From No Past
5- Mindshut
6- The Hand That Wrecks The World
7- The Alliance

“A New Life Ahead” (Teaser #1):

Se prepare, pois um revigorado, criativo, majestoso e extremamente pesado ChaosFear invadirá o mundo de forma impactante em “Be The Light In Dark Days”!

Confira também os singles que precedem “Be The Light In Dark Days”:

“Global Atrocity”:

“Path 21”:

The Alliance”:

“Whose Fist Is This Anyway” (cover do Prong):

Ouça ChaosFear pelo streaming:
Spotify: https://open.spotify.com/artist/3V3WFlj68xP2Zf1TqYI7dB
Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/116022
iTunes: https://itunes.apple.com/us/artist/chaosfear/252364461
Amazon: https://music.amazon.com.br/artists/B0015LQGWY/chaosfear
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC9o3bESzAsVdQLzjpgT_lZQ

Chaosfear é formado por:
Fernado Boccomino – Vocal/Guitarra
Eduardo Boccomino – Guitarra Solo
Marco Nunes – Baixo/Teclados/Backing Vocal
Fabio Moysés – Bateria/Backing Vocal

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/chaosfear
Instagram: https://www.instagram.com/chaosfearband

Póstuma: encontre o EP “Moralis” nas principais plataformas digitais, saiba como!

O EP de estreia dos paulistas do Póstuma, intitulado “Moralis”, está disponível e muito fácil de ser encontrado.

Com 4 faixas do mais puro Melodic Death Metal, com temas que abordam mitologia e filosofia grega, junto a um questionamento sobre honradez, virtude e talvez uma ode à arte e a tragédia, o trabalho está disponível dentre os principais serviços de streaming e download do mundo, confira a lista completa abaixo – aproveite e siga o artista em sua plataforma mais utilizada:

Spotify: https://open.spotify.com/album/1ImQZrJIQTGZE7GTtjimij
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/135115572
iTunes: https://music.apple.com/br/album/moralis-ep/1503641597
YouTube Music: https://music.youtube.com/playlist?list=OLAK5uy_lUqb57zoWfZFaw5SX64xbeZWrcohuSoNU
Tidal: https://listen.tidal.com/album/133381310
Yandex Music: https://music.yandex.com/album/10080471
Amazon: https://amzn.to/2yMPLus
Google Play: https://bit.ly/2M9nlOf

Imprensa interessada em resenhar este álbum, ou entrevistar o Póstuma, entre em contato com a Sangue Frio Produções pelo e-mail contato@sanguefrioproducoes.com, Solicite o press kit e tenha seu trabalho amplamente divulgado em nossas redes sociais.

Contato para shows:
E-mail: postumadm@gmail.com
WhatsApp/Telegram: (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links relacionados:
https://www.facebook.com/PostumaDeath/
https://www.instagram.com/postumaoficial/
https://www.youtube.com/channel/UCVzgevbj2a0BPUNT6WCqpDw
https://postuma.bandcamp.com/
https://open.spotify.com/artist/4Ud8fkSdlXXkwhoW26TkdM
https://www.deezer.com/artist/87697432
http://sanguefrioproducoes.com/artistas/POSTUMA/79

Crashkill: álbum “Consumed by Biomechanics” na Extreme Sound Records

O primeiro álbum completo da banda cearense Crashkill “Consumed by Biomechanics”, que é promovido pelos singles e lyric videos de “Chaos Was Created” e “Artificial Intelligence”, é distribuído pela Extreme Sound Records, selo e distribuidora que, dentre outros nomes, tem em sua relação bandas como Unleashed (SUE), Krisiun (BRA), Bloodbath (SUE) e outras.

A Crashkill lançou fisicamente este full length no início de maio de 2020 e conseguiu superar a expectativa do fã que acompanha o grupo desde o EP “Hate Zone” (2017). “Consumed by Biomechanics” não só representa a técnica, a energia e a afirmação da banda em um terreno mais versátil, como contribui para a qualidade e diversidade do cenário Thrash Metal do Brasil.

O álbum pode ser solicitado através do site da Extreme Sound Records https://extremesound.loja2.com.br, mas também está disponível pelo Whatsapp +55 (19) 9 9662-7363. Por depósito bancário, dependendo do valor da compra, serão oferecidos descontos de 05% a 10%. Outra forma de pagamento é por cartão de crédito, consulte as bandeiras no site e entre em contato com o Caio Blues de segunda à sexta-feira, no horário comercial das 08h00 às 18h00.

Confira o lyric vídeo de “Chaos Was Created”:

Confira o lyric video de “Artificial Intelligence”:

Confira capa e relação de músicas de “Consumed by Biomechanics”:

1 – Disconnect: Humanity
2 – Chaos Was Created
3 – Artificial Intelligence
4 – Digital Conflict
5 – Consumed by Biomechanics
6 – This Is Crashkill
7 – Year of Darkness
8 – Modern Genocide
9 – Killing Peace (Remastered)

Crashkill é formado por:
Renato Ferreira – Vocal
Jean Pinheiro – Guitarra
Valter “DoomRiff” – Guitarra
Fernando Gonçalves – Baixo
Buson “Drummer” – Bateria

Links relacionados Extreme Sound Records:
Facebook: https://www.facebook.com/extremesoundrecords
Instagram: https://www.instagram.com/extremesoundrecords
Twitter: https://twitter.com/RecordsExtreme
E-mail: extremesounddistro@gmail.com

Links relacionados Crashkill:
Brauna Music Press: http://braunamusicpress.com/clientes/crashkill
Facebook: https://www.facebook.com/crashkill
Instagram: https://www.instagram.com/crashkillthrash
Soundcloud: https://soundcloud.com/crashkillofficial
Bandcamp: https://crashkill.bandcamp.com/releases
YouTube: https://bit.ly/2Xy2ElQ
Spotify: https://spoti.fi/39UFvwE