Cigana: grupo se entrega à psicodelia no clipe “Existem Coisas Que Não Dá Pra Explicar”

Cigana-ECQNDPE 3

Faixa integra o álbum “Todos Os Nós”, lançado em 2019 pela Sagitta Records

Uma gama de sensações guia a sonoridade plural de “Todos Os Nós”, álbum de estreia que a banda paulista Cigana lançou em 2019 pela Sagitta Records. A faixa “Existem Coisas Que Não Dá Pra Explicar” é uma das mais intensas do trabalho, calcada em uma psicodelia ao mesmo tempo vibrante e melancólica, e acaba de ganhar um clipe que traduz esses diferentes espectros. Sob direção de Rafael Souza (Lavanderia Estúdio), o vídeo já está disponível no canal de YouTube da banda.lançamento

Assista a “Existem Coisas Que Não Dá Pra Explicar”:

Cigana mergulha no desconhecido neste clipe. O roteiro mescla momentos de introspecção, de cenários bucólicos acompanhando o quinteto, passando por fases da composição protagonizados pela vocalista e multi instrumentista Victoria Groppo, até desembocar na força de uma apresentação ao vivo, onde a canção ganha forma na coletividade. Tudo isso é guiado por uma música quase totalmente instrumental, com os vocais surgindo apenas no minuto final.

“Essa faixa ganhou um clipe por demonstrar um sentimento muito importante pra gente,  que é o êxtase. Aquela sensação que preenche o corpo, faz sentir a vida, de uma intensidade gradual, até se tornar gigantesca. E o pouco da letra que tem nela é uma reflexão, sob o efeito desse êxtase intenso e de como existem sentimentos inexplicáveis. Em resumo, acredito que essa música, pra todos nós da banda, carrega paz”, reflete Caique Redondano, autor da letra.

“Existem Coisas Que Não Dá Pra Explicar” aparece no álbum “Todos Os Nós” após o também single “Maldita, pt. 2”. Se a faixa anterior percorre um caminho de pedras, aqui se chega ao vazio. Da turbulência ao silêncio, a música entrega um olhar interior alheio ao que acontece do lado de fora, buscando calar o que aflige.

Ouça o álbum“Todos Os Nós”:

http://smarturl.it/CiganaTodosOsNos

“Essa música vem pra mostrar o lado introspectivo do álbum, um lado reflexivo e o êxtase quando se consegue expressar um sentimento em forma de arte. Ela foi durante muito tempo apenas instrumental, até que o Caique chegou com uma letra que, apesar de curta, falava o que precisava ser dito, como uma conclusão de toda a introspecção que antecede”, finaliza Victoria. Completam a formação da Cigana Matheus Pinheiro, Pedro Baptistella e Felipe Santos. O quinteto assina coletivamente a autoria de “Existem Coisas Que Não Dá Pra Explicar”.

Formada em 2014 em Limeira (SP), a banda tem em sua discografia os EPs “Sinestesia” (2014) e “A Torre” (2015). Eles lançaram também o single “Natureza”, pela Laboratório Fantasma dentro do projeto “Original’s Studio”, e trabalharam no álbum “Todos Os Nós” ao longo de três anos ao lado do produtor Cosmo Curiz. As canções vão do indie ao jazz passando pelo post-rock e pela MPB como uma viagem interna profunda e de autoconhecimento. O disco já está disponível nas principais plataformas de música pela Sagitta Records.

Ficha técnica:
Dirigido por: Rafael Souza do Lavanderia Estúdio
Compositores:
Victoria Groppo, Matheus Pinheiro, Caique Redondano, Pedro Baptistella e Felipe Santos
Intérprete: Cigana
Produzido por: Cosmo Curiz
Mixado por: Hugo Silva
Masterizado por: Rodrigo Deltoro
Gravado entre 2016 e 2019 em Limeira/SP nos estúdios DSTN Garage, CatPee Records e no home studio da banda
 
Letra:
Quando a paúra bate
Não é fácil de esconder
Existem coisas que não dá pra explicar
Olhar a volta para fora
Logo agora que eu fui perceber
Que eu me alterei
Esqueci de avisar
Que eu não durmo em casa hoje
Vou entre as ruas me achar
Só não me lembro se senti saudade alguma vez
Prefiro não pensar
 
Links relacionados:

Anúncios

Eve Desire: grupo tocará com grandes nomes do metal mundial em Içara

Poster - Eve Desire + Noturnall

Os nomes mais importantes do metal mundial tocam em Içara, no Colher de Chá, no dia 16 de novembro (sábado). A banda Noturnall, o baterista Mike Portnoy, o vocalista Edu Falaschi, realizam apresentação única em Santa Catarina, com a Redemption Tour. Também tocam na mesma noite a Eve Desire, que tocará as músicas do disco de estreia, Prelude do Singularity. Os ingressos do 1º lote custam entre 80 e 300 reais.

Um dos músicos mais importantes do metal mundial, o baterista Mike Portnoy (Dream Theater, Winery Dogs, Adrenaline Mob, Avenged Sevenfold), se une no palco com os brasileiros da Noturnall, em uma noite de celebração do metal. No repertório, os clássicos do Dream Theater e do Adrenaline Mob. O vocalista Edu Falaschi é o convidado especial da noite, com sua potente voz.

Comemorando o lançamento do disco de estreia, “Prelude to Singularity”, a Eve Desire tocará pela primeira vez em Santa Catarina. Desde 2012 na estrada, o grupo começou como cover de Nightwish e sob o nome de “Ever Dream”, realizaram mais de 100 shows no período de um ano. De lá pra cá, os músicos decidiram pela carreira autoral e lançaram as músicas “Vitruvia” e “Quantica”. No repertório do show, as canções inéditas do debut, reproduzidas com maestria por Arya Medeiros Cappia (voz), Wagner Cappia (teclado), Rafael Hernandes (bateria) e Vini Ramadoni (baixo).

Confira abaixo os horários das apresentações:
 
17h – Abertura da casa
19h – Eve Desire
20h – Noturnall
21h – Mike Portnoy
 
Noturnall, Mike Portnoy, Edu Falaschi e Eve Desire
Data: 16/11/2019 (sábado)
Horário: 17h (abertura da casa)
Local: Colher de Chá
Endereço: Rodovia Jorge Zanatta, s/nº – Pres. Vargas
– Içara/SC
Ingressos: R$80 (meia), R$90 (solidário), R$160 (inteira), R$200 (camarote solidário), R$300 (camarote inteira).
Classificação etária: 18 anos

Tandra: grupo acaba de liberar o single “Winter Days” do novo álbum “Time And Eternity”

Tandra -

Acaba de ser oficialmente liberado em todas as plataformas de Streaming, o primeiro single do novo álbum do Tandra. A faixa “Winter Days” já pode ser conferida no Spotify, Deezer, Apple Music, Tidal, Amazon, Music.Amazon e várias outras plataformas.

“Winter Days” antecipa o lançamento de “Time and Eternity” e mostra ao mundo, uma pequena parte desse aguardado primeiro álbum de uma das maiores revelações do Folk Metal brasileiro dos últimos anos.

A música carrega consigo uma produção impecável, arranjos progressivos e pesados, além da utilização de um instrumento exótico chamado “Hurdy Gurdy”, que é uma sanfona de cordas friccionadas e sonoramente, lembra o som de um violino com bordões. Uma faixa com uma atmosfera incrível e que irá agradar em cheio, todo e qualquer fã de música pesada.

Abaixo link para audição no Spotify:

 

Formação:
Felipe Franco – Baixo/Vocal
Christopher Knop – Guitarra/Vocal
Geferson Franco – Guitarra
Max Waltrick – Bateria
Felipe Ribeiro – Flauta
Carlos Linzmeyer – Acordeon
 
Mais Informações:

Tandra: grupo disponibiliza single “Open The Bar” para audição completa no YouTube

Tandra 02

Enquanto o primeiro álbum de estúdio é trabalhado e em fase final de produção, a banda Tandra apresenta oficialmente o primeiro single oficial de sua carreira.

Mesclando elementos diversos do Metal e incluindo instrumentos celtas, o grupo de Folk Metal brasileiro, vem se destacando por sua originalidade e conteúdos diferenciados. O álbum que ainda está mantido em segredo, muito em breve, irá ter informações divulgadas pelo grupo.

Enquanto você aguarda por esse lançamento, a música “Open The Bar”, pode ser conferida no canal oficial da banda no YouTube. A faixa apresentada, não será a mesma do disco, que foi regravada e terá uma masterização totalmente diferente dessa que estamos linkando abaixo. Confira:

Formação:
Felipe Franco – Vocal/Baixo
Christopher Knop – Guitarra/Vocal
Geferson Franco – Guitarra
Max Waltrick – Bateria
Felipe Ribeiro – Flauta
Carlos Linzmeyer – Acordeon/Baixo
 
Mais Informações:

Inanimalia: grupo revela detalhes do novo álbum que está a caminho

Inanimalia 01

Atenção fãs e seguidores da banda Inanimalia. O grupo oriundo de Ribeirão Preto e que apresenta em sua sonoridade elementos de Death e Groove Metal, confirma que o primeiro full da carreira está em fase final de produção.

Após apresentar oficialmente o disco “A Message” (2016), EP com três músicas, a banda se preocupou em elaborar novas músicas para adentrar em estúdio e dar início as gravações de seu o primeiro full.

Pontos importantes que os fãs precisam saber, a banda contratou os serviços do renomado produtor e músico Rômulo Felício (Necrofobia) que fez todas as captações e mixagem das músicas do novo álbum.

Ao todo serão 5 faixas inéditas e as estratégias para o lançamento do álbum aos poucos serão reveladas pela banda. A primeira informação confirmada é que, as faixas serão liberadas individualmente em primeiro momento e só após todas serem devidamente apresentadas, o registro compactado será liberado para apreciação na íntegra.

Falta muito pouco para a primeira faixa ganhar vida e oficialmente ser disponibilizada ao público. Fique ligado nas redes sociais da banda e não perca nenhuma informação.

Inanimalia é formado por:   
Alessandra Lodoli – (Vocal)
Rafael Cazuza – (Guitarra)
Thales Carosia – (Baixo)
Vagner Venâncio – (Bateria)
 
Mais informações:

Hammathaz: ouça o single “So It Comes” com produção de Thiago Bianchi

Hammathaz

A faixa fará parte do álbum de estreia do grupo que está sendo gravado no Estúdio Fusão

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira! Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio.

Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, entre outras. Mas em termos de estúdio o Hammathaz também acumula experiência. Sua discografia é formada por duas demo-tapes (“Antahkarana” de 2006 e “Downfall” de 2009), dois EPs (“Crawling” de 2011 e “Inner Walls” de 2013) e três singles (“Cursing” de 2010, “Enslaved” de 2012 e “So it Comes” de 2018).

“So It Comes”, o trabalho mais recente do Hammathaz em estúdio, é na verdade uma prévia do álbum de estreia da banda que é previsto para 2020 e está sendo gravado no Estúdio Fusão em Cotia/SP com produção de Thiago Bianchi (Noturnal/Shaman).

“So It Comes” é a síntese do desenvolvimento musical e identitário pelo qual o grupo passou durante essa uma década e meia de estrada: um diálogo contemporâneo entre o Thrash e o Death Metal que claramente idealiza o novo!

Hammathaz - So It Comes_Capa

De acordo com Anderson Andrade, baixista e membro fundador do Hammathaz, a proposta musical de “So It Comes” é uma consolidação, mas não um fim.

“Quando começamos a banda não tínhamos um caminho definido a ser seguido”, comenta o músico que é o único remanescente da formação original do Hammathaz. “As primeiras músicas foram nascendo de forma natural e elas espelhavam o que a maioria de nós ouvia na época, muito Classic Rock, Metal e Progressivo. A primeira demo tape do Hammathaz acabou soando como um Metal Progressivo, com músicas longas de até sete minutos. Com o passar do tempo passamos a estudar mais e ampliar nossas possibilidades musicais. Na verdade desde o início eu tinha um desejo de que a banda soasse mais pesada, e foi então que partimos por essa direção. O primeiro passo foi adotar os vocais guturais, e com a mudança de integrantes e entrada de novos músicos, priorizamos àqueles que tinham esse perfil. A partir de 2006 o Hammathaz já era uma banda que seguia pelo caminho que estamos hoje: afinação baixa, peso e agressividade. Mas apesar de ‘So It Comes’ representar o que eu sempre desejei para o Hammathaz em termos de sonoridade, ainda há muitas possibilidades em aberto para os próximos trabalhos”

Ainda de acordo com Anderson Andrade, a experiência nos palcos foi referencial para a evolução sonora da banda.

“A resposta do público nos shows durante esses anos todos e a troca de experiência com outras bandas que dividimos palco, nos ajudou muito nesse processo. Acredito que ainda há um pouco da nossa sonoridade inicial no que nos propomos fazer hoje e daqui em diante. O aspecto progressivo do som, por exemplo, pode ser mensurado pelas passagens mais técnicas que temos. Mas tirar um som pesado é o que fazemos melhor e a favor disso sempre tivemos a resposta do público nos shows”.

Para ouvir “So It Comes”, acesse:

Enquanto o disco de estreia não fica pronto, o Hammathaz continua fazendo o que mais gosta: tocar ao vivo! A banda, que além de Anderson Andrade também é formado por Thiago Pasqualini (vocal), Thales Stat (guitarra), Rodrigo Marietto (guitarra) e Lucas Santos (bateria), tem uma agenda de shows bastante movimentada para os próximos meses. Confira as datas

03/08 – Casa Rock – Campinas/SP
04/08 Casa de Cultura do Butantã – São Paulo/SP
17/08 Rock Bar Quartel – Boituva/SP
21/09 – Rock Nation – Sorocaba/SP
27/09 – Plebe Bar – Indaiatuba/SP
08/11 – Rio de Janeiro/RJ
08/12 – Brutal Fest – Sorocaba/SP
 
Mais informações sobre os shows e o disco de estreia do Hammathaz serão divulgadas em breve.
 
Mais Informações:
 
Press Release e Gestão Cultural:
Eliton Tomasi – Som do Darma
(15) 99134-3443
 
Informações para Imprensa:
Susi dos Santos – Som do Darma
(15) 99117-6613

Exylle: grupo apresenta novo single “Burn Your Leaders” em todas as plataformas digitais

Exilly - Single Burn Your Leaders

O Exylle acaba de apresentar oficialmente o single “Burn Your Leaders” em todas as plataformas digitais. A faixa estará presente no primeiro full da banda, que será lançado oficialmente em agosto de 2019.

Agora é possível escutar “Burn Your Leader” no Spotify (Link abaixo), Deezer, Itunes, Google Play, Napster, Tidal, Music Amazon, Amazon e várias outras plataformas.

 

O álbum “Exylle” será lançado pelo selo “Quiat” que irá disponibilizar o material em formato físico e digital. A previsão de liberação do material será entre os dias 20 há 25 de agosto.

Em breve mais detalhes sobre o primeiro full da banda de Thrash/Death estará sendo apresentada aos fãs e seguidores do Exylle.

Exylle é formado por:
Victor Hugo – (Vocal/Baixo)
Kevin Vieira – (Guitarra)
Johnny Bordignon – (Guitarra)
Vinicius Jiulkowski – (Bateria)
 
Mais informações: